Pular para o conteúdo principal

Ministro Paulo Passos confirma à governadora Roseana obra de duplicação da BR-135

Governadora Roseana durante encontro com ministro Paulo Passos
Rosário-MA: A governadora Roseana Sarney recebeu do ministro dos Transportes, Paulo Sérgio Passos, nesta segunda-feira (24), a confirmação da execução da obra de duplicação da BR-135, trecho de 28 quilômetros entre Estiva e Bacabeira. O encontro ocorreu no Palácio dos Leões, onde o ministro também se reuniu com o vice-governador Washington Luiz Oliveira; deputados federais e estaduais, entre eles o presidente da Assembléia Legislativa, Arnaldo Melo; senador Edison Lobão Filho; e secretários de Estado. O diretor-geral do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), Jorge Fraxe, também participou da reunião.
“Essa é uma obra muito importante para o Maranhão e o ministro está aqui para tranqüilizar a todos nós, garantindo que a duplicação começará no ano que vem, possibilitando que o estado continue vivendo esse momento de franco crescimento econômico”, declarou a governadora. O ministro assegurou a realização do trabalho. “Todos podem ficar tranquilos que nós vamos promover as complementações e informações que se fazem necessárias no projeto e, eu já disse e afirmo: passado o período da chuva nós vamos começar as obras de duplicação da BR-135, entre Estiva e Bacabeira”, afirmou o ministro.
Paulo Passos observou que o Maranhão vive um momento positivo, de crescimento, de boas expectativas e disse saber o significado da instalação da Refinaria Premium I e o que ela vai trazer em termos de desdobramento para a economia do estado. “Para que isso possa ocorrer de forma tranqüila, o estado tem que contar com uma rodovia em boas condições, duplicada, que der suporte. Nós temos consciência disso. O povo do Maranhão, as autoridades políticas do estado podem ter certeza que vamos complementar as informações que faltam para que o projeto seja executado”, reforçou.
O ministro veio ao Maranhão explicar o porquê do cancelamento da licitação para execução da obra. Ele informou que o edital foi cancelado por apresentar problemas no projeto e que, neste momento, o Dnit e o Ministério cuidam em complementar as informações técnicas indispensáveis para que se possa levar adiante o projeto sem nenhum transtorno.
“Quando falo isso me refiro às questões especiais do solo onde vai ocorrer a duplicação. Nós verificamos, há algum tempo, que o projeto existente não tinha em seu conteúdo as informações no nível de detalhe que é necessário. Hoje, no entendimento que tivemos, o Dnit já adotou essa providência junto a empresa construtora, e serão iniciadas as perfurações ao longo do eixo da rodovia de modo que possamos desencadear o processo licitatório com total segurança”, relatou Passos.
O ministro disse que o Governo Federal sabe da importância da duplicação da BR. “Nós sabemos o alto fluxo de veículos que trafega diariamente na região. Nós temos informações das estatísticas de acidentes que ocorrem na rodovia. Cumpre a nós, como é do nosso dever e estamos cientes disso, tocar a obra na maior velocidade possível para que ela comece efetivamente e ocorra sem paralisação”, enfatizou.
 Passos informou que o projeto de duplicação é prioritário para o governo e que está incluído entre as obras selecionadas para integrar o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). A duplicação da BR-135 é uma obra de engenharia com vários desafios técnicos, devido às condições geológicas do terreno e da maciça ocupação da faixa de domínio do traçado da rodovia por diversos tipos de interferência, tais como adutoras, instalações elétricas, cabeamento óptico, além da existência de 18Km de uma ferrovia instalada ao longo do acostamento da estrada.

Compromisso
O secretário de Estado de Infraestrutura, Max Barros, ressaltou que a presença do ministro no Maranhão mostra o compromisso do Governo Federal, do Ministério do Transporte e do Dnit, para que essa obra seja efetivamente executada. “Foi uma reunião bastante proveitosa com a participação do poder Executivo e Legislativo, na qual houve uma verdadeira sabatina ao ministro e ao diretor do Dnit e a posição do governo foi questionar a suspensão e o cancelamento do edital sem antes ponderar com o Governo do Estado quais os motivos que levaram a este cancelamento”, destacou o secretário.
Segundo Barros, com a garantia do Ministério o momento agora é de ação. “Nós estamos trabalhamos agora uma agenda positiva para poder minorar os transtornos dada a importância da BR-135. A presença do ministro aqui, dando explicação à população, mostra o compromisso firme de que a obra será realizada”, enfatizou Max Barros.

Secom

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Em Rosário pura maldade: Empresária é perseguida pela prefeita Irlahi

A prefeita de Rosário Irlahi  Moraes, está perseguindo a empresária Lidiane Oliveira, onde a prefeita mandou construir um muro simplesmente para os frequentadores do seu estabelecimento que fica localizado na praça em frente a prefeitura que pertence a prefeita Irlahi, não frequente o estabelecimento da empresária fechando a passagem  do estabelecimento para ninguém passar  onde a empresária  vende sorvete em frente  a praça um desrespeito para o próximo que trabalha justo.

A empresária rosariense que vende sorvete está trabalhando honestamente e justamente para sustentar sua família e a prefeita ditadora Irlahi, além de não proporcionar geração de emprego e renda na cidade  através do concurso público, fica perseguindo as pessoas onde dona do empreendimento já acionou a prefeita Irlahi, na justiça onde a prefeita  se valoriza de bem público que é da população para realiza ganhos próprios. 
A praça da prefeitura de Rosário foi construída com emenda federal de 500 mil reais onde esse val…

TRAGÉDIA: Funcionário Rosariense terceirizado da Cemar morre eletrocutado em poste na cidade de Axixá.

Tragédia marca o começo do final de semana de setembro na cidade de Axixá. Onde foi registrado um acidente fatal de trabalho, no povoado Ruy Vaz, que aconteceu por volta das 16h00min, na sexta-feira (1º) com um funcionário de uma empresa terceirizada que presta serviço para Cemar na cidade de Rosário, que resultou na morte de um jovem identificado como José Anderson. O acidente de trabalho interrompeu os sonhos do jovem que era morador da cidade de Rosário. Segundo informações, o funcionário realizava um trabalho em uma rede baixa tensão, quando por motivos ainda desconhecidos recebeu uma descarga elétrica, ainda no poste que executava o serviço. José Anderson, era funcionário da empresa terceirizada há apenas uma semana. O gestor regional da Cemar, Demerson, que atende a região do Munim e lençóis maranhense, falou a imprensa localque os procedimentos foram feitos após o acidente. Sendorealizado a descida da vítima, depois o corpo foi encaminhado em uma ambulância para o hospital do mun…

Prefeita de Rosário compra caixões para enterrar toda a população da cidade

A prefeita de Rosário Irlahi Moraes, não  investe na saúde da cidade onde no hospital SESP não tem uma agulha e agora a gestora  pretende  enterrar toda população da cidade literalmente lançando um mau agouro aos Rosariense.
De acordo como mostra o contrato  a prefeita Irlahi, determinou a compra de mais de R$ 280 mil em caixões para defunto,  com a fornecedora Deusimar R. Ferreira, nome de fantasia Pax Nossa Senhora do Rosário. O caso deve gera polêmica e revolta onde a prefeita Irlahi pretende enterrar toda a população como mostra o contrato com a fornecedora.
O caso é parecido com o da ex-prefeita de Bom Jardim, Lidiane Leite, que ficou famosa com o título de prefeita ostentação. Lidiane foi condenada por gastar R$ 130 mil em urnas funerárias… Veja o contrato abaixo: