Pular para o conteúdo principal

Moradora reclama de falta de médico e atendimento no hospital SESP de Rosário

Moradora de Rosário reclama de falta de médicos no hospital SESP de Rosário, a denunciante pediu para sua identidade ser preservada. Ela denunciou neste domingo, 29 às 23h que na Unidade de Saúde não tinha nenhum médico ou enfermeira para fazer o atendimento de sua filha, na qual tem apenas 6 meses de idade.

A mãe ficou revoltada ao ver sua filha passando mau (Vomitando e com Falta de Ar) em seus braços, sem poder fazer absolutamente nada. Com o desespero, a mãe resolveu ir até a sala de repouso dos médicos procurar ajuda para sua filha, só que chegando lá, não havia simplesmente nenhum médico.

Nervosa e desesperada ao ver sua filha passando mau, deslocou-se em seu próprio veículo rapidamente para a Clínica  Nossa Senhora do Rosário que presta atendimento Particular e também pelo SUS. Clínica na qual pertence a empresária e candidata a prefeitura de Rosário, Irlahi Linhares. Chegando na Clínica, a mãe encontrou a mesma situação: Sem Médicos!
Sem opção de um bom atendimento para sua filha, a mãe resolveria então leva-lá à cidades vizinhas na qual tem melhores recursos para atender a população em casos desse tipo. Citamos aqui algumas cidades na qual a população de Rosário procura atendimento médico: Morros, que já tem em sua sede uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA), e em Bacabeira.
Mas de acordo com a família, a criança não chegou a ser levada, pois teve uma breve melhora, voltando para sua casa sem atendimento médico. Segundo informações da família, a criança foi levada hoje 30,  a São Luis, chegando lá foi medicada e tratada por um pediatra, coisa que na cidade de Rosário infelizmente não tem.
A mãe da criança entrou em contato com blog, informou que está tudo bem com sua filha, mas está comedo da criança vir a piorar  novamente, e sem estrutura na cidade acontecer algo pior, não só com sua filha, mas como outras pessoas que precisam de um serviço de saúde digno e de qualidade. 

 Por R.C


Comentários

Soraya disse…
Isso é uma vergonha uma criança de apenas 6 meses, fica sem atendimento médico, isso já é cumulo do absurdo meu Deus.Cade os médicos do hospital SESP,prefeito Bimba, isso já vem acontecendo a muito tempo essa falta de médicos mas o prefeito e os vereadores não fazem nada para resolver este problema.
Os médicos do hospital SESP são tudo um bando ignorantes não respeita a população de Rosário, a nossa cidade está sem Saúde, sem prefeito, sem vereadores, sem médicos ela esta sem nada, a cidade de Rosário está abandonada.
FERREIRA disse…
O POVO TODO DE ROSÁRIO, JÁ ESTÁ SABENDO DESSE ACONTECIMENTO, O PREFEITO E OS VEREADORES SÃO UMA VERGONHA PARA NOSSA CIDADE,REALMENTE FATO ACONTECEU MESMO, JÁ PENSOU DEUS ME LIVRE UMA CRIANÇA DESSA DA UM CRISE E MORRE NO HOSPITAL DO SESP, COMO IRIA FICAR A POBRE DA MÃE.
UM PREFEITO QUE NÃO LIGA PARA SUA CIDADE, QUE ESTA REPLETA DE BURRACOS E UMA SAÚDE AONDE NEM MÉDICOS APARECEM PARA TRABALHAR,E UNS VEREADORES QUE NÃO FAZEM NADA PELO SEU POVO, TODOS INCOMPETENTES, NÃO FAZEM NADA PELA CIDADE DE ROSÁRIO. QUE DEUS NOS AJUDEM.
Anônimo disse…
olha omissão de socorro é crime, já que não tinha nenhum profissional no hospital nenhum médico ou enfermeira quem responde é a prefeitura de Rosário, ainda bem que não aconteceu nada com a criança, aonde está o Ministério público, para investiga as loucuras que anda acontecendo no município de Rosário,

Postagens mais visitadas deste blog

Em Rosário pura maldade: Empresária é perseguida pela prefeita Irlahi

A prefeita de Rosário Irlahi  Moraes, está perseguindo a empresária Lidiane Oliveira, onde a prefeita mandou construir um muro simplesmente para os frequentadores do seu estabelecimento que fica localizado na praça em frente a prefeitura que pertence a prefeita Irlahi, não frequente o estabelecimento da empresária fechando a passagem  do estabelecimento para ninguém passar  onde a empresária  vende sorvete em frente  a praça um desrespeito para o próximo que trabalha justo.

A empresária rosariense que vende sorvete está trabalhando honestamente e justamente para sustentar sua família e a prefeita ditadora Irlahi, além de não proporcionar geração de emprego e renda na cidade  através do concurso público, fica perseguindo as pessoas onde dona do empreendimento já acionou a prefeita Irlahi, na justiça onde a prefeita  se valoriza de bem público que é da população para realiza ganhos próprios. 
A praça da prefeitura de Rosário foi construída com emenda federal de 500 mil reais onde esse val…

TRAGÉDIA: Funcionário Rosariense terceirizado da Cemar morre eletrocutado em poste na cidade de Axixá.

Tragédia marca o começo do final de semana de setembro na cidade de Axixá. Onde foi registrado um acidente fatal de trabalho, no povoado Ruy Vaz, que aconteceu por volta das 16h00min, na sexta-feira (1º) com um funcionário de uma empresa terceirizada que presta serviço para Cemar na cidade de Rosário, que resultou na morte de um jovem identificado como José Anderson. O acidente de trabalho interrompeu os sonhos do jovem que era morador da cidade de Rosário. Segundo informações, o funcionário realizava um trabalho em uma rede baixa tensão, quando por motivos ainda desconhecidos recebeu uma descarga elétrica, ainda no poste que executava o serviço. José Anderson, era funcionário da empresa terceirizada há apenas uma semana. O gestor regional da Cemar, Demerson, que atende a região do Munim e lençóis maranhense, falou a imprensa localque os procedimentos foram feitos após o acidente. Sendorealizado a descida da vítima, depois o corpo foi encaminhado em uma ambulância para o hospital do mun…

Criança morre após negligência médica em Axixá

Uma  criança de   1 ano onze meses perdeu a vida na cidade de Axixá, após negligência médica a mãe Valeria Silva se deslocou até o hospital e Maternidade em Axixá nesta segunda-feira (19),   na busca de atendimento médico para seu filho que se chama Dierlison Ryan, a mãe estava desesperada quando chegou no hospital na hora ser atendida o médico de plantão olhou para criança e alegou que a criança estava era só com sono e para mãe não se preocupa, sendo que a criança estava chorando e mãe falou para o médico que seu filho estava sim passado mal mais médico voltou a dizer que era só sono uma omissão de socorro por parte do médico da cidade.
A mãe não foi atendida no hospital onde o profissional da saúde ser quer examinou a criança para ver se tinha algo a mãe acabou voltando para casa sem atendimento médico, com o seu filho quando chegou em sua casa a  criança não resistiu veio a óbito,  morrendo na casa em plena cama da mãe.

A prefeita de Axixá Sônia vem fazendo uma péssima gestão e se q…