Pular para o conteúdo principal

Suspensão das obras da refinaria premium em Bacabeira contraria Sarney, Roseana e Lobão

Caiu como uma bomba no gabinete da presidência do Senado a notícia de que a presidente da Petrobras, Maria das Graças Foster, decidiu suspender a construção de refinarias no Maranhão e no Ceará.

O presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), não esconde a contrariedade com essa decisão. Isso porque a construção dessas refinarias tinha sido prometida pelo ex-presidente Lula.

Além de Sarney, a governadora do Maranhão, Roseana Sarney, e o ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, foram surpreendidos pela notícia.

Avaliação feita no gabinete do presidente Sarney é de que puxaram o tapete do ministro Lobão com essa decisão de adiar as obras das duas refinarias.
 
A notícia também foi mal recebida pelo governador do Ceará, Cid Gomes. (Blog do Gerson Camarotti, no G1)

Deputado vai requerer informações à Petrobras sobre situação das obras da Refinaria Premium

O deputado Eduardo Braide (PMN) informou ontem, em pronunciamento na Assembleia Legislativa, que vai apresentar requerimento solicitando à presidente da Petrobrás, Graça Foster, informações sobre a real situação do cronograma de obras da Refinaria Premium, de Bacabeira, para a qual, segundo ele, foi aceso o sinal amarelo.

O parlamentar quer ter certeza se os trabalhadores que estão no processo de qualificação e os que vão se qualificar daqui para frente vão ter oportunidade de trabalhar na Refinaria. “A Refinaria é de interesse do Estado, é de interesse do ministro maranhense das Minas e Energias, e tenho certeza de que todo o povo do Maranhão”, acrescentou. Braide quer que a Petrobrás diga, de forma clara, o que vai acontecer com o cronograma de execução da obra. “Para que tenhamos certeza de que ela será concluída. Precisamos ter certeza para dizer ao Maranhão que a obra será realmente finalizada”.

Preocupado, Braide lembrou obras federais que estão empacadas no Maranhão, como a BR-135 e o Aeroporto Internacional Cunha Machado. O deputado referiu-se ao anúncio da presidente da Petrobrás, Graça Foster, de que a obra da refinaria foi colocada no rol dos projetos em avaliação.

Para Braide, tal declaração significa um entrave no planejamento; significa que o cronograma não será mais executado no prazo previsto quando se dizia, inicialmente, que a Refinaria entraria em operação no ano de 2016. “A Petrobrás avisa, agora, que o projeto não será concluído antes de 2017”, afirmou.

O deputado entende que algumas situações precisam ser levadas em consideração. Primeiro, a questão do valor investido na qualificação dos trabalhadores da região e de todo o Estado para que sejam absorvidos pela Refinaria. Segundo, a importância que a Refinaria tem para o Maranhão e para todo o Brasil, uma vez que por meio das Refinarias Premium I e II, esta última no município de Abreu Lima, em Pernambuco, tidas como principal conquista para que o Brasil se torne autossuficiente na produção de derivados de petróleo.

“Precisamos ter certeza de que não haveremos de ter prejuízos, não só em relação aos investimentos que já foram anunciados e que mudaram a realidade daquela região, mas também em relação à expectativa criada entre os moradores de fazer parte de obra tão grandiosa”, finalizou.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Em Rosário pura maldade: Empresária é perseguida pela prefeita Irlahi

A prefeita de Rosário Irlahi  Moraes, está perseguindo a empresária Lidiane Oliveira, onde a prefeita mandou construir um muro simplesmente para os frequentadores do seu estabelecimento que fica localizado na praça em frente a prefeitura que pertence a prefeita Irlahi, não frequente o estabelecimento da empresária fechando a passagem  do estabelecimento para ninguém passar  onde a empresária  vende sorvete em frente  a praça um desrespeito para o próximo que trabalha justo.

A empresária rosariense que vende sorvete está trabalhando honestamente e justamente para sustentar sua família e a prefeita ditadora Irlahi, além de não proporcionar geração de emprego e renda na cidade  através do concurso público, fica perseguindo as pessoas onde dona do empreendimento já acionou a prefeita Irlahi, na justiça onde a prefeita  se valoriza de bem público que é da população para realiza ganhos próprios. 
A praça da prefeitura de Rosário foi construída com emenda federal de 500 mil reais onde esse val…

TRAGÉDIA: Funcionário Rosariense terceirizado da Cemar morre eletrocutado em poste na cidade de Axixá.

Tragédia marca o começo do final de semana de setembro na cidade de Axixá. Onde foi registrado um acidente fatal de trabalho, no povoado Ruy Vaz, que aconteceu por volta das 16h00min, na sexta-feira (1º) com um funcionário de uma empresa terceirizada que presta serviço para Cemar na cidade de Rosário, que resultou na morte de um jovem identificado como José Anderson. O acidente de trabalho interrompeu os sonhos do jovem que era morador da cidade de Rosário. Segundo informações, o funcionário realizava um trabalho em uma rede baixa tensão, quando por motivos ainda desconhecidos recebeu uma descarga elétrica, ainda no poste que executava o serviço. José Anderson, era funcionário da empresa terceirizada há apenas uma semana. O gestor regional da Cemar, Demerson, que atende a região do Munim e lençóis maranhense, falou a imprensa localque os procedimentos foram feitos após o acidente. Sendorealizado a descida da vítima, depois o corpo foi encaminhado em uma ambulância para o hospital do mun…

Prefeita de Rosário compra caixões para enterrar toda a população da cidade

A prefeita de Rosário Irlahi Moraes, não  investe na saúde da cidade onde no hospital SESP não tem uma agulha e agora a gestora  pretende  enterrar toda população da cidade literalmente lançando um mau agouro aos Rosariense.
De acordo como mostra o contrato  a prefeita Irlahi, determinou a compra de mais de R$ 280 mil em caixões para defunto,  com a fornecedora Deusimar R. Ferreira, nome de fantasia Pax Nossa Senhora do Rosário. O caso deve gera polêmica e revolta onde a prefeita Irlahi pretende enterrar toda a população como mostra o contrato com a fornecedora.
O caso é parecido com o da ex-prefeita de Bom Jardim, Lidiane Leite, que ficou famosa com o título de prefeita ostentação. Lidiane foi condenada por gastar R$ 130 mil em urnas funerárias… Veja o contrato abaixo: