Pular para o conteúdo principal

Prefeitos envolvidos com agiotagem terão seus nomes divulgados, garante Aluísio Mendes

Aluísio Mendes, secretário de Segurança
Pública do Maranhão (Foto: Zeca Soares/G1)
Secretário de Segurança afirmou que envolvidos serão penalizados.

O secretário estadual de Segurança Pública, Aluísio Mendes, garantiu que todos os gestores envolvidos com os crimes de agiotagem no Estado terão seu nomes divulgados. A informação foi dada na tarde desta terça-feira (15) em entrevista no programa Abrindo o Verbo, da Rádio Mirante AM. “Vocês irão se surpreender com resultado final das investigações”, disse o secretário. Além das práticas de agiotagem, o gestor também falou sobre investimentos no Corpo de Bombeiros e do combate a crimes como grilagem de terras.

Desde junho Mendes constituiu um grupo para investigar os crimes ligados à agiotagem no Estado. Elas surgiram como desdobramento das investigações do assassinato do jornalista Décio Sá. A polícia descobriu que os principais suspeitos na organização do crime teriam ligações com inúmeras prefeituras maranhenses. Na casa de um deles foram encontradas notas fiscais e documentos de várias prefeituras. Desde então as investigações foram aprofundadas e uma comissão de delegados e investigadores especialmente designada para apurar as informações.

Com estratégia para não prejudicar as investigações, os nomes dos gestores municipais que poderiam estar ligados a estas práticas são mantidos sob sigilo desde então. No entanto, Mendes garantiu que eles serão divulgados. “Nossa investigação está atrelada a critérios técnicos e não políticos, mas eles terão seus nomes divulgados sim. Não estamos vendo cor partidária e estamos investigando todos aqueles que tiveram seus nomes relacionados a esse tipo de crime. Vocês vão se surpreender com o resultado final das investigações e todas que se envolveram nessa prática que por anos dilapidou os cofres das prefeituras maranhenses serão devidamente penalizados”, afirmou.

Outro ponto destacado durante a entrevista foi a chamada grilagem de terras na capital maranhense. Sobre ao assunto, Aluísio garantiu o depoimento do deputado estadual Raimundo Cutrim, denunciado por uma família como suposto envolvido em pelo menos um caso de grilagem de terra. “O que acontece é que pelo fato dele ser deputado, legalmente possui algumas prerrogativas. Por isso, para ouvi-lo é preciso seguir alguns procedimentos e isto está sendo feito. Ele foi ouvido tanto por esta denúncia de grilagem, como no caso Décio Sá, porque teve seu nome citado pelo réu confesso do jornalista”, explicou.


Do G1 MA

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Em Rosário pura maldade: Empresária é perseguida pela prefeita Irlahi

A prefeita de Rosário Irlahi  Moraes, está perseguindo a empresária Lidiane Oliveira, onde a prefeita mandou construir um muro simplesmente para os frequentadores do seu estabelecimento que fica localizado na praça em frente a prefeitura que pertence a prefeita Irlahi, não frequente o estabelecimento da empresária fechando a passagem  do estabelecimento para ninguém passar  onde a empresária  vende sorvete em frente  a praça um desrespeito para o próximo que trabalha justo.

A empresária rosariense que vende sorvete está trabalhando honestamente e justamente para sustentar sua família e a prefeita ditadora Irlahi, além de não proporcionar geração de emprego e renda na cidade  através do concurso público, fica perseguindo as pessoas onde dona do empreendimento já acionou a prefeita Irlahi, na justiça onde a prefeita  se valoriza de bem público que é da população para realiza ganhos próprios. 
A praça da prefeitura de Rosário foi construída com emenda federal de 500 mil reais onde esse val…

TRAGÉDIA: Funcionário Rosariense terceirizado da Cemar morre eletrocutado em poste na cidade de Axixá.

Tragédia marca o começo do final de semana de setembro na cidade de Axixá. Onde foi registrado um acidente fatal de trabalho, no povoado Ruy Vaz, que aconteceu por volta das 16h00min, na sexta-feira (1º) com um funcionário de uma empresa terceirizada que presta serviço para Cemar na cidade de Rosário, que resultou na morte de um jovem identificado como José Anderson. O acidente de trabalho interrompeu os sonhos do jovem que era morador da cidade de Rosário. Segundo informações, o funcionário realizava um trabalho em uma rede baixa tensão, quando por motivos ainda desconhecidos recebeu uma descarga elétrica, ainda no poste que executava o serviço. José Anderson, era funcionário da empresa terceirizada há apenas uma semana. O gestor regional da Cemar, Demerson, que atende a região do Munim e lençóis maranhense, falou a imprensa localque os procedimentos foram feitos após o acidente. Sendorealizado a descida da vítima, depois o corpo foi encaminhado em uma ambulância para o hospital do mun…

Criança morre após negligência médica em Axixá

Uma  criança de   1 ano onze meses perdeu a vida na cidade de Axixá, após negligência médica a mãe Valeria Silva se deslocou até o hospital e Maternidade em Axixá nesta segunda-feira (19),   na busca de atendimento médico para seu filho que se chama Dierlison Ryan, a mãe estava desesperada quando chegou no hospital na hora ser atendida o médico de plantão olhou para criança e alegou que a criança estava era só com sono e para mãe não se preocupa, sendo que a criança estava chorando e mãe falou para o médico que seu filho estava sim passado mal mais médico voltou a dizer que era só sono uma omissão de socorro por parte do médico da cidade.
A mãe não foi atendida no hospital onde o profissional da saúde ser quer examinou a criança para ver se tinha algo a mãe acabou voltando para casa sem atendimento médico, com o seu filho quando chegou em sua casa a  criança não resistiu veio a óbito,  morrendo na casa em plena cama da mãe.

A prefeita de Axixá Sônia vem fazendo uma péssima gestão e se q…