Pular para o conteúdo principal

Prefeitura de Rosário Decreta Estado de Emergência na Saúde e Infraestrutura


Pela acessoria de Comunicação da Prefeitura de Rosário São Simão Notícias
 
A Prefeitura Municipal de Rosário-MA, através da prefeita municipal Irlahi Linhares (PMDB) decretou situação de emergência no município nos serviços de infraestrutura e saúde pelos próximos noventa dias.

A motivação principal surgiu pelo fato de que gestor anterior do município não cumpriu a determinação do artigo 156 da Constituição Estadual, ou seja, não repassou informações quanto aos compromissos do município, à sua real situação administrativo-financeira, ao quadro de pessoal, entre outras. Além disso, os relatórios das Secretarias de Infraestrutura e Saúde, constataram o verdadeiro quadro de caos das secretarias, hospitais, postos de saúde, entre outros prédios públicos, configurando nenhuma condição de uso.

Segundo os decretos nº 40/2013 e 41/2013 a administração foi surpreendida com inadimplência na execução das obras e prestação de contas de convênios e programa sociais firmados ao Governo Federal, inclusão no cadastro de inadimplentes – Cadin, risco de bloqueio das parcelas de recursos da saúde, educação e fundo de participação do Município – FPM. Condições precárias de limpeza pública, com lixo e esgoto a céu aberto, trazendo risco à saúde da população, também são itens citados.

Também foi constatado que inexiste qualquer arquivo e informação sobre programas, execução orçamentária, folha de pagamento, quadro de pessoal, compromissos administrativos e financeiros, entre outros dados necessários ao bom funcionamento do serviço público.

E a partir desse difícil quadro, a gestão municipal atual decidiu tomar medidas enérgicas, prontas e eficazes para a solução dos problemas ante a iminência para a descontinuidade dos serviços, com graves riscos de dano à vida, à saúde, segurança das pessoas, ordem pública e ao patrimônio público federal.

“Infelizmente chegamos a essa situação, que muito nos preocupa, e por isso da nossa ação de decretar estado de emergência nas áreas de saúde e infraestrura. Esperamos, com essas ações, dar celeridade e resolver os problemas que infelizmente encontramos em nosso município” – declarou a prefeita Irlahi Linhares.




Comentários

Anônimo disse…
dESCULPA PARA CONTRATAR SEM LICITAÇÃO.
Anônimo disse…
prefeita vamos acabar com discupas e vamos trabalhar. na campanha a senhora dizia que a prefeitura tava um caos e ia trabalhar pra ajeitar tudo. A senhora ta vendo problamas e não sabe resover? sua equipe é incompetente?agora usa discupa do caos pra não fazer nada? por favor prefeita irlahi nós elejemos a senhora para trabalhar. a senhora vai querer fazer da prefeitura escritorio de adivogado e juizaes para pprojetar decretos e não fazer nada? ASSIM É FACIL NÉ?

Postagens mais visitadas deste blog

Em Rosário pura maldade: Empresária é perseguida pela prefeita Irlahi

A prefeita de Rosário Irlahi  Moraes, está perseguindo a empresária Lidiane Oliveira, onde a prefeita mandou construir um muro simplesmente para os frequentadores do seu estabelecimento que fica localizado na praça em frente a prefeitura que pertence a prefeita Irlahi, não frequente o estabelecimento da empresária fechando a passagem  do estabelecimento para ninguém passar  onde a empresária  vende sorvete em frente  a praça um desrespeito para o próximo que trabalha justo.

A empresária rosariense que vende sorvete está trabalhando honestamente e justamente para sustentar sua família e a prefeita ditadora Irlahi, além de não proporcionar geração de emprego e renda na cidade  através do concurso público, fica perseguindo as pessoas onde dona do empreendimento já acionou a prefeita Irlahi, na justiça onde a prefeita  se valoriza de bem público que é da população para realiza ganhos próprios. 
A praça da prefeitura de Rosário foi construída com emenda federal de 500 mil reais onde esse val…

TRAGÉDIA: Funcionário Rosariense terceirizado da Cemar morre eletrocutado em poste na cidade de Axixá.

Tragédia marca o começo do final de semana de setembro na cidade de Axixá. Onde foi registrado um acidente fatal de trabalho, no povoado Ruy Vaz, que aconteceu por volta das 16h00min, na sexta-feira (1º) com um funcionário de uma empresa terceirizada que presta serviço para Cemar na cidade de Rosário, que resultou na morte de um jovem identificado como José Anderson. O acidente de trabalho interrompeu os sonhos do jovem que era morador da cidade de Rosário. Segundo informações, o funcionário realizava um trabalho em uma rede baixa tensão, quando por motivos ainda desconhecidos recebeu uma descarga elétrica, ainda no poste que executava o serviço. José Anderson, era funcionário da empresa terceirizada há apenas uma semana. O gestor regional da Cemar, Demerson, que atende a região do Munim e lençóis maranhense, falou a imprensa localque os procedimentos foram feitos após o acidente. Sendorealizado a descida da vítima, depois o corpo foi encaminhado em uma ambulância para o hospital do mun…

Prefeita de Rosário compra caixões para enterrar toda a população da cidade

A prefeita de Rosário Irlahi Moraes, não  investe na saúde da cidade onde no hospital SESP não tem uma agulha e agora a gestora  pretende  enterrar toda população da cidade literalmente lançando um mau agouro aos Rosariense.
De acordo como mostra o contrato  a prefeita Irlahi, determinou a compra de mais de R$ 280 mil em caixões para defunto,  com a fornecedora Deusimar R. Ferreira, nome de fantasia Pax Nossa Senhora do Rosário. O caso deve gera polêmica e revolta onde a prefeita Irlahi pretende enterrar toda a população como mostra o contrato com a fornecedora.
O caso é parecido com o da ex-prefeita de Bom Jardim, Lidiane Leite, que ficou famosa com o título de prefeita ostentação. Lidiane foi condenada por gastar R$ 130 mil em urnas funerárias… Veja o contrato abaixo: