Pular para o conteúdo principal

Sobrevivente diz que seguranças de boate barraram a fuga

Portal R7
 
O estudante de medicina Murilo de Toledo Tiecher estava na boate Kiss, em Santa Maria (RS), na madrugada deste domingo (27). Ele escreveu em uma rede social que os seguranças dificultaram a saída dos clientes logo que o fogo começou.
 
Ao menos 245 pessoas morreram e outras 48 permaneciam hospitalizadas até o início desta tarde. Murilo ainda disse que as pessoas só conseguiram deixar o local depois que derrubaram os funcionários, que insistiam em cobrar as comandas.
 
— Eu fui uns dos 50 primeiros a sair. No inicio do tumulto, tentaram segurar as portas, com os seguranças, e manter as pessoas ali pra que não saíssem da boate. Não sei se pensaram que era uma briga e não queriam que saíssem sem pagar.
 
Murilo ainda contou que quando conseguiu chegar ao lado de fora ajudou outras vítimas.
 
— [Nós] ajudávamos quem ainda estava preso lá dentro, puxamos muita gente pra fora até os bombeiros chegarem. O sentimento de impotência foi forte.
 
A suspeita é de que as chamas começaram durante uma apresentação pirotécnica. Uma foto publicada por um DJ que se apresentaria na casa mostra os fogos que podem ter causado o incêndio.
 
Para a polícia, a falta de saídas de emergência e de extintores de incêndio fez com que mais pessoas morressem. O delegado Sandro Meinerz esteve no local e falou, em entrevista à rádio Guaíba, sobre os problemas que os clientes tiveram.
 
— É um acesso muito pequeno. Havia muita gente lá dentro. A porta virou um funil e eles tiveram dificuldade para sair. As pessoas, na hora do pânico, usam de todas suas forças para sair e muita gente acabou morrendo por causa disso.
 
O governador do Rio Grande do Sul, Tarso Genro, lamentou o acontecido em um vídeo publicado na internet momentos antes de embarcar para Santa Maria acompanhado da ministra Maria do Rosário, da Secretaria de Direitos Humanos.
 
— Recebemos hoje pela manhã esta notícia terrível de uma tragédia gravíssima na cidade de Santa Maria. Em luto ao Rio Grande, em luto ao Brasil, em luto à cidade, neste momento estou me dirigindo para lá para acompanhar o trabalho da Brigada Militar, dos bombeiros, da Polícia Civil, do Instituto Geral de Perícias. Também para compartilhar o luto da cidade, que é um luto de todo o Rio Grande, de todo o nosso País.
 
A presidente Dilma Rousseff antecipou o retorno de uma viagem ao Chile para ir a Santa Maria neste domingo. Ela colocou à disposição do Estado toda a estrutura do governo federal para prestar atendimento às vítimas.
 
Os corpos das vítimas fatais foram levados para o Centro Desportivo Municipal. Alguns deles puderem ser identificados visualmente pelos parentes ou porque estavam com documentos, mas outros vão precisar de outros recursos para o reconhecimento.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Em Rosário pura maldade: Empresária é perseguida pela prefeita Irlahi

A prefeita de Rosário Irlahi  Moraes, está perseguindo a empresária Lidiane Oliveira, onde a prefeita mandou construir um muro simplesmente para os frequentadores do seu estabelecimento que fica localizado na praça em frente a prefeitura que pertence a prefeita Irlahi, não frequente o estabelecimento da empresária fechando a passagem  do estabelecimento para ninguém passar  onde a empresária  vende sorvete em frente  a praça um desrespeito para o próximo que trabalha justo.

A empresária rosariense que vende sorvete está trabalhando honestamente e justamente para sustentar sua família e a prefeita ditadora Irlahi, além de não proporcionar geração de emprego e renda na cidade  através do concurso público, fica perseguindo as pessoas onde dona do empreendimento já acionou a prefeita Irlahi, na justiça onde a prefeita  se valoriza de bem público que é da população para realiza ganhos próprios. 
A praça da prefeitura de Rosário foi construída com emenda federal de 500 mil reais onde esse val…

TRAGÉDIA: Funcionário Rosariense terceirizado da Cemar morre eletrocutado em poste na cidade de Axixá.

Tragédia marca o começo do final de semana de setembro na cidade de Axixá. Onde foi registrado um acidente fatal de trabalho, no povoado Ruy Vaz, que aconteceu por volta das 16h00min, na sexta-feira (1º) com um funcionário de uma empresa terceirizada que presta serviço para Cemar na cidade de Rosário, que resultou na morte de um jovem identificado como José Anderson. O acidente de trabalho interrompeu os sonhos do jovem que era morador da cidade de Rosário. Segundo informações, o funcionário realizava um trabalho em uma rede baixa tensão, quando por motivos ainda desconhecidos recebeu uma descarga elétrica, ainda no poste que executava o serviço. José Anderson, era funcionário da empresa terceirizada há apenas uma semana. O gestor regional da Cemar, Demerson, que atende a região do Munim e lençóis maranhense, falou a imprensa localque os procedimentos foram feitos após o acidente. Sendorealizado a descida da vítima, depois o corpo foi encaminhado em uma ambulância para o hospital do mun…

Prefeita de Rosário compra caixões para enterrar toda a população da cidade

A prefeita de Rosário Irlahi Moraes, não  investe na saúde da cidade onde no hospital SESP não tem uma agulha e agora a gestora  pretende  enterrar toda população da cidade literalmente lançando um mau agouro aos Rosariense.
De acordo como mostra o contrato  a prefeita Irlahi, determinou a compra de mais de R$ 280 mil em caixões para defunto,  com a fornecedora Deusimar R. Ferreira, nome de fantasia Pax Nossa Senhora do Rosário. O caso deve gera polêmica e revolta onde a prefeita Irlahi pretende enterrar toda a população como mostra o contrato com a fornecedora.
O caso é parecido com o da ex-prefeita de Bom Jardim, Lidiane Leite, que ficou famosa com o título de prefeita ostentação. Lidiane foi condenada por gastar R$ 130 mil em urnas funerárias… Veja o contrato abaixo: