Pular para o conteúdo principal

Prefeita de Rosário mentiu para os eleitores e acabou com o carnaval, diz vereador

Vereador Sandro Marinho. [Foto: Reprodução/Facebook]
O vereador Sandro Marinho (PSD) está cobrando da prefeita de Rosário, Irlahi Linhares (PMDB), o cumprimento de algumas propostas apresentadas durante a campanha eleitoral e tidas como emergenciais, mas que ainda não se tornaram realidade, embora já tenham se passado 30 dias da posse da nova chefa do Executivo municipal.
 
Na sessão extraordinária da última segunda-feira, Sandro lembrou que é seu dever fiscalizar “a implantação e execução das ações sugeridas pela gestora municipal” e destaca algumas medidas que foram prometidas na campanha, mas não cumpridas: a ajuda de custo da prefeitura para facilitar o cidadão rosariense na emissão de sua primeira habilitação para carros e motos; e o incentivo às manifestações populares do município.
 
O líder do PSD na Câmara, afirmou que será incansável na cobrança do cumprimento da promessa de campanha que encantou o eleitorado de Rosário.
 
“A prefeita [Irlahi] enganou o eleitor com falsas promessas de campanha. Ela disse que iria doar as carteiras de motoristas para carros e motos, porém, mandou a Policia Militar prender todas as motos, e ainda obrigou os condutores a pagarem taxa de transporte no valor R$ 300. A população está revoltada porque está se sentindo enganada pela nova prefeita já que não foi feito nenhum tipo de educação para o trânsito”, informou Marinho.
 
Sandro cobrou ainda uma explicação da prefeita para a demissão de funcionários da limpeza pública com 20 anos de trabalho e pediu informações sobre uma empresa de Cachoeira Grande que estaria prestando serviço para a prefeitura de Rosário. “Queremos saber por que os funcionários foram demitidos? E se a contratação dessa empresa tem haver com a tal situação de emergência decretada pela prefeita para contratar sem licitação?” Questionou o parlamentar ao BLOG DO UDES FILHO.
 
Ainda de acordo com o vereador rosariense, a prefeita Irlahi usa a desculpa das dívidas na prefeitura para decretar situação de emergência com um único objetivo de contratar sem licitação. “É uma vergonha, e o pior de tudo é que a nova prefeita já demonstrou a que veio, ou seja, decretou estado de emergência apenas com um único objetivo de contratar sem licitação, além disso, está mandando apreender motos porque os condutores estão sem equipamentos, no entanto, durante a campanha os mesmo motoqueiros que tiveram suas motos apreendidas participavam de carreatas e comício com ela, sem capacete, sem camisa, e de chinelo”, completou.
 
Marinho encerrou suas críticas à Irlahi, comentando a não realização do tradicional carnaval rosariense. “A prefeita Irlahi descartou o carnaval, mas interessante é que durante a campanha ela pediu ao povo para não votar em ‘crente’, pois, segundo ela, eles iriam acabar com as tradições culturais de Rosário. Irlahi não é crente, mas acabou com a festa popular”, concluiu
 
OUTRO LADO

O blog procurou a prefeita Irlahi Linhares para comentar as denúncias, mas até o fechamento desta edição ela não havia sido localizada para falar sobre o assunto.
 
 
 
 
 

Comentários

Anônimo disse…
Uma das melhores coisa de Rosário que é o carnaval , aí vem essa prefeita Irlhaí e acaba com nosso carnaval. O povo tem mesmo é que sofrer por votar numa vaca dessa.
Anônimo disse…
Essa administração vai ser uma lástima. É meu povo acho bom agente ir se acostumando que vai ser 4 anos só de taca.
Anônimo disse…
Evangélicos da prefeitura acha que carnaval, dançar , pular e sambar é pecado. É melhor não misturar é melhor não misturar. Coisando demônio é acabar com a festa do povo
Anônimo disse…
A prefeita ainda vai levar esporro e puxão de orelha do pai porque vai diminuir o faturamento com a venda de cerveja. kkkkkkkkk
Anônimo disse…
E por falar nisso a família da prefeita vende em Rosário e região a mistura explosiva que mata mais jovens no Brasil, GASOLINA mais CERVEJA!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
Não é a tôa que eles tambem tem HOSPITAL!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
Anônimo disse…
Rosario sem carnaval.? Que tristeza !, AFFF!,

Postagens mais visitadas deste blog

Em Rosário pura maldade: Empresária é perseguida pela prefeita Irlahi

A prefeita de Rosário Irlahi  Moraes, está perseguindo a empresária Lidiane Oliveira, onde a prefeita mandou construir um muro simplesmente para os frequentadores do seu estabelecimento que fica localizado na praça em frente a prefeitura que pertence a prefeita Irlahi, não frequente o estabelecimento da empresária fechando a passagem  do estabelecimento para ninguém passar  onde a empresária  vende sorvete em frente  a praça um desrespeito para o próximo que trabalha justo.

A empresária rosariense que vende sorvete está trabalhando honestamente e justamente para sustentar sua família e a prefeita ditadora Irlahi, além de não proporcionar geração de emprego e renda na cidade  através do concurso público, fica perseguindo as pessoas onde dona do empreendimento já acionou a prefeita Irlahi, na justiça onde a prefeita  se valoriza de bem público que é da população para realiza ganhos próprios. 
A praça da prefeitura de Rosário foi construída com emenda federal de 500 mil reais onde esse val…

TRAGÉDIA: Funcionário Rosariense terceirizado da Cemar morre eletrocutado em poste na cidade de Axixá.

Tragédia marca o começo do final de semana de setembro na cidade de Axixá. Onde foi registrado um acidente fatal de trabalho, no povoado Ruy Vaz, que aconteceu por volta das 16h00min, na sexta-feira (1º) com um funcionário de uma empresa terceirizada que presta serviço para Cemar na cidade de Rosário, que resultou na morte de um jovem identificado como José Anderson. O acidente de trabalho interrompeu os sonhos do jovem que era morador da cidade de Rosário. Segundo informações, o funcionário realizava um trabalho em uma rede baixa tensão, quando por motivos ainda desconhecidos recebeu uma descarga elétrica, ainda no poste que executava o serviço. José Anderson, era funcionário da empresa terceirizada há apenas uma semana. O gestor regional da Cemar, Demerson, que atende a região do Munim e lençóis maranhense, falou a imprensa localque os procedimentos foram feitos após o acidente. Sendorealizado a descida da vítima, depois o corpo foi encaminhado em uma ambulância para o hospital do mun…

Criança morre após negligência médica em Axixá

Uma  criança de   1 ano onze meses perdeu a vida na cidade de Axixá, após negligência médica a mãe Valeria Silva se deslocou até o hospital e Maternidade em Axixá nesta segunda-feira (19),   na busca de atendimento médico para seu filho que se chama Dierlison Ryan, a mãe estava desesperada quando chegou no hospital na hora ser atendida o médico de plantão olhou para criança e alegou que a criança estava era só com sono e para mãe não se preocupa, sendo que a criança estava chorando e mãe falou para o médico que seu filho estava sim passado mal mais médico voltou a dizer que era só sono uma omissão de socorro por parte do médico da cidade.
A mãe não foi atendida no hospital onde o profissional da saúde ser quer examinou a criança para ver se tinha algo a mãe acabou voltando para casa sem atendimento médico, com o seu filho quando chegou em sua casa a  criança não resistiu veio a óbito,  morrendo na casa em plena cama da mãe.

A prefeita de Axixá Sônia vem fazendo uma péssima gestão e se q…