Pular para o conteúdo principal

Roberto Rocha diz que sua candidatura é única no PSB

vice-prefeito de São Luís, Roberto Rocha (PSB),

Vice-prefeito de São Luís disse desconhecer qualquer interesse do ex-governador José Reinaldo de disputar a vaga: “Nunca ouvi dele”.
O vice-prefeito de São Luís, Roberto Rocha (PSB), reafirmou ontem, em entrevista a O Estado, a determinação de disputar a eleição de 2014 como candidato a senador do partido e disse desconhecer qualquer crise interna com o ex-governador José Reinaldo Tavares (PSB), porque este sequer tenciona concorrer à vaga que será aberta no Senado com o fim do mandato de Epitácio Cafeteira (PTB).
Segundo o socialista, além de nunca ter ouvido do próprio ex-governador um manifestação de interesse na candidatura, o seu desempenho pessoal em 2010 - Rocha teve mais de 600 mil votos também quando disputava uma das duas vagas de senador - o credencia a tentar mais uma vez eleger-se para o posto.
"Não há nenhuma razão pra eu poder mudar o rumo. Caminhando pelo Maranhão, estamos percebendo um desejo, um sentimento de que haja uma mudança também na representação do Maranhão no Senado. Eu nunca ouvi dele [José Reinaldo] interesse em ser candidato. Na realidade, eu nunca ouvi dele essa manifestação de vontade. Mas, se houver, é legítima. No PSB, não temos nenhuma controvérsia", destacou.
Ainda de acordo com Roberto Rocha, ele não abrirá mão da candidatura - "Mesmo que isso seja necessário para a união das oposições" - porque, avalia, desde 2002 ele vem se dedicando a fazer gestos pela unidade do campo oposicionista.
"Eu já fiz todos os gestos que alguém pode fazer para unir as oposições no Maranhão. Desde 2002 eu venho fazendo só isso: gestos de convergência, em favor do coletivo, gestos em favor da unidade. Então, eu acho que chegou a minha vez de disputar. Eu disputei na eleição passada e tive quase 700 mil votos, numa coligação em que meu partido tinha dois candidatos. Então, é natural que eu pleiteie agora", completou.
Direito - Essa é segunda vez em menos de um mês que Roberto Rocha posiciona-se publicamente sobre o interesse pela vaga ao Senado - o que tem gerado uma espécie de mal-estar na banda da oposição que vê a movimentação como um açodamento. No fim de fevereiro, por exemplo, o vice-prefeito fez uma espécie de lançamento da pré-candidatura ao cargo, no seu escritório pessoal, com a participação, inclusive da deputada estadual Eliziane Gama (PPS).
Um dia depois da declaração de Rocha, outra proeminente figura do PSB, o prefeito de Sana
Inês, Ribamar Alves, reforçou o clima de racha entre os aliados. Ao comentar os espaços da legenda na administração da capital, Alves mostrou mágoa com Edivaldo Holanda Júnior (PTC), o PCdoB e o PDT. "O responsável pela eleição dele [Edivaldo Holanda Júnior] fui eu. Tirei o PSB de dentro da Casa do Castelo, levei para o Edivaldo, comprei a briga,e na hora cadê o espaço do partido? Não tem. Zero”, desabafou.

Comentários

Anônimo disse…
É Roseana! É Roseana! Não voto mais na oposição, pois, são uns bandos de bananas!

Postagens mais visitadas deste blog

Em Rosário pura maldade: Empresária é perseguida pela prefeita Irlahi

A prefeita de Rosário Irlahi  Moraes, está perseguindo a empresária Lidiane Oliveira, onde a prefeita mandou construir um muro simplesmente para os frequentadores do seu estabelecimento que fica localizado na praça em frente a prefeitura que pertence a prefeita Irlahi, não frequente o estabelecimento da empresária fechando a passagem  do estabelecimento para ninguém passar  onde a empresária  vende sorvete em frente  a praça um desrespeito para o próximo que trabalha justo.

A empresária rosariense que vende sorvete está trabalhando honestamente e justamente para sustentar sua família e a prefeita ditadora Irlahi, além de não proporcionar geração de emprego e renda na cidade  através do concurso público, fica perseguindo as pessoas onde dona do empreendimento já acionou a prefeita Irlahi, na justiça onde a prefeita  se valoriza de bem público que é da população para realiza ganhos próprios. 
A praça da prefeitura de Rosário foi construída com emenda federal de 500 mil reais onde esse val…

TRAGÉDIA: Funcionário Rosariense terceirizado da Cemar morre eletrocutado em poste na cidade de Axixá.

Tragédia marca o começo do final de semana de setembro na cidade de Axixá. Onde foi registrado um acidente fatal de trabalho, no povoado Ruy Vaz, que aconteceu por volta das 16h00min, na sexta-feira (1º) com um funcionário de uma empresa terceirizada que presta serviço para Cemar na cidade de Rosário, que resultou na morte de um jovem identificado como José Anderson. O acidente de trabalho interrompeu os sonhos do jovem que era morador da cidade de Rosário. Segundo informações, o funcionário realizava um trabalho em uma rede baixa tensão, quando por motivos ainda desconhecidos recebeu uma descarga elétrica, ainda no poste que executava o serviço. José Anderson, era funcionário da empresa terceirizada há apenas uma semana. O gestor regional da Cemar, Demerson, que atende a região do Munim e lençóis maranhense, falou a imprensa localque os procedimentos foram feitos após o acidente. Sendorealizado a descida da vítima, depois o corpo foi encaminhado em uma ambulância para o hospital do mun…

Prefeita de Rosário compra caixões para enterrar toda a população da cidade

A prefeita de Rosário Irlahi Moraes, não  investe na saúde da cidade onde no hospital SESP não tem uma agulha e agora a gestora  pretende  enterrar toda população da cidade literalmente lançando um mau agouro aos Rosariense.
De acordo como mostra o contrato  a prefeita Irlahi, determinou a compra de mais de R$ 280 mil em caixões para defunto,  com a fornecedora Deusimar R. Ferreira, nome de fantasia Pax Nossa Senhora do Rosário. O caso deve gera polêmica e revolta onde a prefeita Irlahi pretende enterrar toda a população como mostra o contrato com a fornecedora.
O caso é parecido com o da ex-prefeita de Bom Jardim, Lidiane Leite, que ficou famosa com o título de prefeita ostentação. Lidiane foi condenada por gastar R$ 130 mil em urnas funerárias… Veja o contrato abaixo: