Pular para o conteúdo principal

Vereadores visitam o SESP e constatam o descaso com a saúde em Rosário.

ENFERMARIA DE INTERNAÇÃO
CENTRO CIRÚRGICO FECHADO



Um verdadeiro descaso na saúde pública da cidade de Rosário foi constatado na manhã desta quarta-feira (03), por alguns vereadores da cidade, quando em visita surpresa a Unidade Mista de Saúde do município, tiveram o desprazer de ver o quanto a população rosariense está padecendo por falta de saúde.

Os vereadores Léo Cavalcante (PTB); Jardson Frazão (PP); Sandro Marinho (PSD); Francimar Oliveira, o Preto (PP); Josias Santos (PMDB); Valdemar do Sindicato (PRP); Jorge do Bingo (PTdoB) e Agenor Brandão (PV), foram os parlamentares rosarienses que realizaram a vistoria no hospital SESP, em decorrência à grande e constante denuncia e reclamação que a sociedade vem fazendo deste setor público.


A fiscalização “In Loco” e surpresa dos vereadores ao hospital, só mostra a preocupação dos mesmos em querer ver o SESP funcionando como anteriormente, realizando consultas médicas, exames laboratoriais, raios-X, ultrassonografias, atendimentos odontológicos, atendimento de urgência/emergência, cirurgias e partos. Para eles, é lamentável que não nasça mais filhos da cidade, por falta de um centro cirúrgico.


Logo na chega dos parlamentares ao hospital, foi possível ver, claramente, a superlotação de pacientes em busca de atendimento médico. Mas, o caso mais grave e sério de todos ainda está por vir.

Lamentavelmente, em uma visão geral da atual situação da Unidade Mista de Rosário (SESP) e de acordo com o que foi apreciado pelos vereadores, infelizmente, não existe nenhuma condição estrutural e higiênica para a continuidade dos atendimentos à pacientes no hospital. As fotos mostram claramente, que nada está devidamente certo ou funcionando como deveria. Faltam medicamentos, atendimentos, alimentação adequada aos pacientes, materiais e condições mínimas de higiene para garantir a saúde de um individuo.

Durante a visita foram constatadas várias irregularidades e, dentre as tais, citaremos algumas delas:


- Banheiros imundos e sem menores condições de uso;


- Bebedouros sujos, quebrados e compartilhamento de um mesmo copo para todos os pacientes;


- Portas arrancadas e quebradas; macas sem colchões, abandonadas e enferrujadas;


- Equipamentos da sala de parto enferrujados, com Líquido cirúrgico ainda sugador em um incipiente, provavelmente, do ano passado;


- Centro cirúrgico fechado, sujo e com equipamentos sem condições segurança de higiene;


- Sala da enfermaria de internação sem garantia de higiene no preparo dos medicamentos;


- Gabinetes odontológicos ainda guardados nas caixas;


- Dispensa da cozinha vazia, onde foi constatado que faltam alimentos aos pacientes, como arroz, farinha, macarrão, leite, biscoitos etc...;


- Ambulâncias abandonadas, sucateadas e largadas ao leu;


- Pedra da capela mortuária ainda suja de sangue de uma vítima de execução que ocorreu há oito dias;


- Sala de Raios-X que não está funcionando, e muitas outras irregularidades.


Depois de toda a vistoria feita, um médico da casa fez questão de receber os vereadores em uma sala para conversarem. Dr. Manoel Reis disse que ficou muito feliz em ver a atitude dos parlamentares rosarienses, tentando buscar soluções para resolver os problemas na saúde do município, principalmente, do hospital SESP. Ele disse ainda que a gestão pública e os recursos devem ser bem gerenciados, o que contribuiria para o bom andamento das coisas.


Durante a conversa com os parlamentares, Dr. Manoel Reis citou três item que, para ele, são fundamentais para a saúde: Qualidade, segurança e competência. Segundo ele, de todos o terceiro é mais importante. Para um bom entendedor meia palavra basta...


Diante de tudo o que viram e ouviram, os vereadores deverão elaborar um relatório baseado em fotos, relatos, depoimentos colhidos, e encaminhá-lo ao Ministério Público Estadual para que avalie a situação do hospital público da cidade de Rosário e se pronuncie sobre o caso.







Comentários

Anônimo disse…
É alguns dos vereadores citados já estão em suas 2ª ou terceiro mandato e nunca tinha visti ou ouvido falar q os mesmo foram ao sesp fazer visitas ou verificarem algumas irregularidades...fato que este hoje estão indo, mas contrariando as suas caracteristicas, de estarem sempre do lado de prefeitos corruptos, olnde se vendiam por bacatelas ou mesmo uma boa grana, ms como nao estão mamando na peta da "vaca" querem q a atual prefeita os chamem para o seu lado...axo dificil isso acontecer... ms fiquem tentando talvz vcs consigam...rsrsrsrsr...lembrando que, quando o ex-prefeito estava no mandato, vcs brandão, jardson e companhia, nao tinham tempo de ir ao hos´pital SESP... e refresquem a memoria... o SESP, fecho, alias foi interditado pela vigilancia sanitária, ainda na gestão passada senhores vereadores...atuantes e sem vergonhas...espero que o povo de rosário...saibam de verdade a partir das proximnas eleições colocarem pessoas verdadeiramente com posturas, de caráterm na camara municipal de rosário para poderem nos representar e nao essa maioria de corja sem vergonha...analfabetos nos representando, alguns nao sabem nem esreverem seu proprio nome...ate ms breve....
Anônimo disse…
esse blog e o bacabeira em foco unicos que tem a voz do povo.
Giovani dos Santos disse…
Sou rosariense moro aqui e sou eleitor de Rosário, portanto tenho o direito de falar.
Rapaz, não adianta nais a desculpa dos erros da gestão anterior, pois já se passaram mais de 3 meses e isso é tempo suficiente até para se montar um hospital, quanto mais botar um existente para funcionar. O que a população clama é pelo SESP que está pronto e que só precisa da vontade da prefeita para funcionar. E o que está faltando para o hospital funcionar? É claro que não está faltando recursos, nem dinheiro, nem instalações, pois o SESP sempre funcionou. O que está faltando é vergonha na cara! A prefeita Irlahí que tanto falou de Saúde durante a campenha entrega isso aí para a povo , esse terror aí que mais parece um açougue e não um hospital. Tem sangue aí da semana passada que nem foi limpo!!! Enquanto o hospital estiver nessas condições é prudente que quem nele estiver se proteja com máscaras e luvas para evitar contaminação. Nós todos que votamos (e mesmo que não votamos) na atual prefeita estamos envergonhados com a situação de nosso município, principalmente essa questão da Saúde Isso tudo é uma VERGONHA e LAMENTÁVEL!!!

Anônimo disse…
Uma vergonha Irlahi!
Uma vergonha Bimba!
Uma vergonha Dr Ivaldo ladrão nunca fizeram nada por Rosário isso tudo é culpa de vcs e da atual gestora que não faz nada sú rouba.

Postagens mais visitadas deste blog

Em Rosário pura maldade: Empresária é perseguida pela prefeita Irlahi

A prefeita de Rosário Irlahi  Moraes, está perseguindo a empresária Lidiane Oliveira, onde a prefeita mandou construir um muro simplesmente para os frequentadores do seu estabelecimento que fica localizado na praça em frente a prefeitura que pertence a prefeita Irlahi, não frequente o estabelecimento da empresária fechando a passagem  do estabelecimento para ninguém passar  onde a empresária  vende sorvete em frente  a praça um desrespeito para o próximo que trabalha justo.

A empresária rosariense que vende sorvete está trabalhando honestamente e justamente para sustentar sua família e a prefeita ditadora Irlahi, além de não proporcionar geração de emprego e renda na cidade  através do concurso público, fica perseguindo as pessoas onde dona do empreendimento já acionou a prefeita Irlahi, na justiça onde a prefeita  se valoriza de bem público que é da população para realiza ganhos próprios. 
A praça da prefeitura de Rosário foi construída com emenda federal de 500 mil reais onde esse val…

TRAGÉDIA: Funcionário Rosariense terceirizado da Cemar morre eletrocutado em poste na cidade de Axixá.

Tragédia marca o começo do final de semana de setembro na cidade de Axixá. Onde foi registrado um acidente fatal de trabalho, no povoado Ruy Vaz, que aconteceu por volta das 16h00min, na sexta-feira (1º) com um funcionário de uma empresa terceirizada que presta serviço para Cemar na cidade de Rosário, que resultou na morte de um jovem identificado como José Anderson. O acidente de trabalho interrompeu os sonhos do jovem que era morador da cidade de Rosário. Segundo informações, o funcionário realizava um trabalho em uma rede baixa tensão, quando por motivos ainda desconhecidos recebeu uma descarga elétrica, ainda no poste que executava o serviço. José Anderson, era funcionário da empresa terceirizada há apenas uma semana. O gestor regional da Cemar, Demerson, que atende a região do Munim e lençóis maranhense, falou a imprensa localque os procedimentos foram feitos após o acidente. Sendorealizado a descida da vítima, depois o corpo foi encaminhado em uma ambulância para o hospital do mun…

Criança morre após negligência médica em Axixá

Uma  criança de   1 ano onze meses perdeu a vida na cidade de Axixá, após negligência médica a mãe Valeria Silva se deslocou até o hospital e Maternidade em Axixá nesta segunda-feira (19),   na busca de atendimento médico para seu filho que se chama Dierlison Ryan, a mãe estava desesperada quando chegou no hospital na hora ser atendida o médico de plantão olhou para criança e alegou que a criança estava era só com sono e para mãe não se preocupa, sendo que a criança estava chorando e mãe falou para o médico que seu filho estava sim passado mal mais médico voltou a dizer que era só sono uma omissão de socorro por parte do médico da cidade.
A mãe não foi atendida no hospital onde o profissional da saúde ser quer examinou a criança para ver se tinha algo a mãe acabou voltando para casa sem atendimento médico, com o seu filho quando chegou em sua casa a  criança não resistiu veio a óbito,  morrendo na casa em plena cama da mãe.

A prefeita de Axixá Sônia vem fazendo uma péssima gestão e se q…