Pular para o conteúdo principal

Agente de Saúde cobra transparência e aplicação correta de recursos públicos


Confira na íntegra: o texto publicado em uma rede social na Internet:

Senhora prefeita Irlahi Moraes, POR FAVOR, nos dê explicações a respeito do pagamento dos profissionais do Programa Saúde da Família, referente ao mês de maio, que foi repassado ao município de Rosário, pelo governo federal, no dia 18 de junho de 2013. É sabido que este dinheiro não pode ser usado para outro fim a não ser o de pagar despesas do programa PSF. Caso seja feito de outra forma seria improbidade administrativa. 

Como não criticar uma gestão feita desta forma? Sem nenhum respeito aos profissionais, as condições precárias, que é bem verdade, já vem de outras gestões sim, mas pelo menos o pagamento é garantido pelo governo federal mensalmente. Outro questionamento: O que está sendo feito ou o que será feito, com o dinheiro que deveria ser para pagar alguns profissionais , e que estes não existem em alguns postos de saúde do PSF???? É isso mesmo, como exemplo temos a equipe da SEDE, do Curral Velho e da Bacural que não tiverão médicos no mês de junho, isso só como um pequeno exemplo, porque sabemos que existem muitos mais profissionais cadastrados no CNES em determinados meses, e que este não prestaram serviço algum às equipes que estão cadastradas. Cabe a senhora Prefeita, a Secretária Municipal de Saúde, Mauricéa Rodrigues Lopes responder a esses questionamento e a muitos outros que nos faz não acreditar até hoje nesta gestão que disse que faria diferente de todas as outras gestões que já passaram, e que na verdade está fazendo bem pior.

Quero só ver como será desenvolvido o PPA, porque até hoje nunca houve de fato a restruturação do Conselho de Saúde, e não venha com conversas fiadas de que não estamos (conselheiros), dando condições para que isso aconteça, já que deixamos tudo na direção de uma pessoa escolhida pela própria secretária de saúde.

COMO NÃO CRITICAR UM GOVERNO QUE NÃO PENSA PRIMEIRAMENTE NO POVO? VOCÊ DIZIA SABER DOS PROBLEMAS DE ROSÁRIO E PROMETEU RESOLVÉ-LOS, E AGORA NÃO CONSEGUI NEM DEIXAR QUE OS PROGRAMAS PAGOS PELO GOVERNO FEDERAL, PRESTEM SERVIÇOS DE QUALIDADE AO POVO. NÓS NÃO PRECISAMOS DE FESTA, PRECISAMOS NESTE MOMENTO É DE CONDIÇÕES PARA TRATAR A SAÚDE DO POVO, QUE NÃO TEM CONDIÇÕES DE PROCURAR RECURSOS BÁSICOS EM OUTRO MUNICÍPIO. QUER CALAR A NOSSA BOCA OU OUVIR UM ELOGIO, POIS COLOQUE O SESP PARA FUNCIONAR DE VERDADE E USE O DINHEIRO DOS PROGRAMAS FEDERAIS DA ÁREA DA SAÚDE, COMO DE FATO DEVEM SER USADOS...IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA É CRIME.


Por  Rosário Notícias e Kátia Oliveira (agente comunitária de Saúde)

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Em Rosário pura maldade: Empresária é perseguida pela prefeita Irlahi

A prefeita de Rosário Irlahi  Moraes, está perseguindo a empresária Lidiane Oliveira, onde a prefeita mandou construir um muro simplesmente para os frequentadores do seu estabelecimento que fica localizado na praça em frente a prefeitura que pertence a prefeita Irlahi, não frequente o estabelecimento da empresária fechando a passagem  do estabelecimento para ninguém passar  onde a empresária  vende sorvete em frente  a praça um desrespeito para o próximo que trabalha justo.

A empresária rosariense que vende sorvete está trabalhando honestamente e justamente para sustentar sua família e a prefeita ditadora Irlahi, além de não proporcionar geração de emprego e renda na cidade  através do concurso público, fica perseguindo as pessoas onde dona do empreendimento já acionou a prefeita Irlahi, na justiça onde a prefeita  se valoriza de bem público que é da população para realiza ganhos próprios. 
A praça da prefeitura de Rosário foi construída com emenda federal de 500 mil reais onde esse val…

TRAGÉDIA: Funcionário Rosariense terceirizado da Cemar morre eletrocutado em poste na cidade de Axixá.

Tragédia marca o começo do final de semana de setembro na cidade de Axixá. Onde foi registrado um acidente fatal de trabalho, no povoado Ruy Vaz, que aconteceu por volta das 16h00min, na sexta-feira (1º) com um funcionário de uma empresa terceirizada que presta serviço para Cemar na cidade de Rosário, que resultou na morte de um jovem identificado como José Anderson. O acidente de trabalho interrompeu os sonhos do jovem que era morador da cidade de Rosário. Segundo informações, o funcionário realizava um trabalho em uma rede baixa tensão, quando por motivos ainda desconhecidos recebeu uma descarga elétrica, ainda no poste que executava o serviço. José Anderson, era funcionário da empresa terceirizada há apenas uma semana. O gestor regional da Cemar, Demerson, que atende a região do Munim e lençóis maranhense, falou a imprensa localque os procedimentos foram feitos após o acidente. Sendorealizado a descida da vítima, depois o corpo foi encaminhado em uma ambulância para o hospital do mun…

Prefeita de Rosário compra caixões para enterrar toda a população da cidade

A prefeita de Rosário Irlahi Moraes, não  investe na saúde da cidade onde no hospital SESP não tem uma agulha e agora a gestora  pretende  enterrar toda população da cidade literalmente lançando um mau agouro aos Rosariense.
De acordo como mostra o contrato  a prefeita Irlahi, determinou a compra de mais de R$ 280 mil em caixões para defunto,  com a fornecedora Deusimar R. Ferreira, nome de fantasia Pax Nossa Senhora do Rosário. O caso deve gera polêmica e revolta onde a prefeita Irlahi pretende enterrar toda a população como mostra o contrato com a fornecedora.
O caso é parecido com o da ex-prefeita de Bom Jardim, Lidiane Leite, que ficou famosa com o título de prefeita ostentação. Lidiane foi condenada por gastar R$ 130 mil em urnas funerárias… Veja o contrato abaixo: