Pular para o conteúdo principal

Sampaio empata em casa por 1 x 1, mas segue líder na Série C

Tricolor saiu perdendo para o Luverdense (MT), no Castelão, mas empatou com Arlindo Maracanã.

O Sampaio Corrêa termina a 5ª rodada na liderança isolada do grupo A do Campeonato Brasileiro da Série C, mas com o Luverdense (MT) aparecendo claramente no retrovisor. Na noite de ontem, no Castelão, o time boliviano ficou apenas no empate por 1 x 1 com o vice-líder Verdão do Norte. A equipe do atacante Pimentinha soma 14 pontos contra 11 da equipe do Mato Grosso.
Washington abriu o marcador para o Luverdense e Arlindo Maracanã deixou tudo igual. Os gols saíram durante a primeira etapa.
O Sampaio volta a campo contra o Cuiabá (MT), domingo, às 17h, no Estádio Presidente Dutra, na capital mato-grossense. O Luverdense na próxima rodada também jogará fora de casa contra o CRB, no mesmo dia, às 16h, no estádio Rei Pelé, em Maceió (AL).
A partida começou com o Luverdense tomando a iniciativa no jogo, enquanto o Sampaio parecia sonolento na partida e pecando muito na marcação. O time tricolor parecia não conseguir se encontrar dentro de campo.
Melhor em campo, o Verdão do Norte quase abriu o placar aos 20 minutos. Rafael Tavaresrecebeu em profundidade e, na saída do goleiro, chutou por cobertura e a bola passou rente a trave. Dois minutos depois o Sampaio respondeu com Arlindo Maracanã acertando à trave de Gabriel Leite.
De tanto insistir, aos 25 minutos, o Luverdense saiu rápido com Samuel, que cruzou para Washington completar de cabeça e abrir o placar: 1 x 0.
Após o gol sofrido, o time Tricolor acordou na partida e passou a atacar a equipe do Verdão do Norte, que se encolheu no seu campo. Aos 28 minutos, a bola sobrou para Arlindo Maracanã dentro da área, que chutou forte, longe do alcance do goleiro Gabriel Leite, deixando tudo igual: 1 x 1.
A equipe do Sampaio ainda tentou a virada na partida ainda no primeiro tempo, mas não conseguiu furar a defesa do Luverdense.
Etapa final - No segundo tempo, o domínio foi amplo do Sampaio, que tentou buscar a virada, enquanto o Luverdense se preocupou em gastar o tempo e segurar o empate fora de casa. A equipe Tricolor ainda reclamou a não marcação de dois pênaltis.
O jogo seguiu até o fim com o Sampaio atacando e o Luverdense tentando o contra-ataque. Apesar do domínio do Tricolor, o Verdão do Norte conseguiu arrancar o importante resultado fora de casa.
Com o resultado, o Sampaio chega a sua sexta partida na Série C invicto com quatro vitórias e dois empates. Já o Luverdense, em seis jogos tem três vitórias, dois empates e uma derrota.
Sampaio 1
Rodrigo Ramos; Denílson (Tote), Mimica, Paulo Sérgio e Deca; Robson Simplício (Jonas), Arlindo Maracanã, André Beleza (Edgar) e Cleitinho; Pimentinha e Tiago Cavalcanti
Técnico – Flávio Araújo
Luverdense 1
Gabriel Leite, Raul Prata, Zé Roberto, Luís Eduardo e Samuel; Júlio Terceiro, Gilson, Washington (Max Carrasco) e Rafael Tavares; Ney Mineiro (Tatu) e Misael (Marcelo Maciel)
Técnico - Júnior Barbosa
Data - 24/07/2013 //Horário - 20h // Estádio - Castelão// Cidade - São Luís (MA) // Árbitro - Edmar Campos da Encarnação (AM) // Assistentes - Thiago Gomes Brigido (CE) e Carolina Romanholi Melo (CE) // Quarto Árbitro - Paulo S. Santos Moreira (MA).

Por O Estado do Maranhão

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Em Rosário pura maldade: Empresária é perseguida pela prefeita Irlahi

A prefeita de Rosário Irlahi  Moraes, está perseguindo a empresária Lidiane Oliveira, onde a prefeita mandou construir um muro simplesmente para os frequentadores do seu estabelecimento que fica localizado na praça em frente a prefeitura que pertence a prefeita Irlahi, não frequente o estabelecimento da empresária fechando a passagem  do estabelecimento para ninguém passar  onde a empresária  vende sorvete em frente  a praça um desrespeito para o próximo que trabalha justo.

A empresária rosariense que vende sorvete está trabalhando honestamente e justamente para sustentar sua família e a prefeita ditadora Irlahi, além de não proporcionar geração de emprego e renda na cidade  através do concurso público, fica perseguindo as pessoas onde dona do empreendimento já acionou a prefeita Irlahi, na justiça onde a prefeita  se valoriza de bem público que é da população para realiza ganhos próprios. 
A praça da prefeitura de Rosário foi construída com emenda federal de 500 mil reais onde esse val…

TRAGÉDIA: Funcionário Rosariense terceirizado da Cemar morre eletrocutado em poste na cidade de Axixá.

Tragédia marca o começo do final de semana de setembro na cidade de Axixá. Onde foi registrado um acidente fatal de trabalho, no povoado Ruy Vaz, que aconteceu por volta das 16h00min, na sexta-feira (1º) com um funcionário de uma empresa terceirizada que presta serviço para Cemar na cidade de Rosário, que resultou na morte de um jovem identificado como José Anderson. O acidente de trabalho interrompeu os sonhos do jovem que era morador da cidade de Rosário. Segundo informações, o funcionário realizava um trabalho em uma rede baixa tensão, quando por motivos ainda desconhecidos recebeu uma descarga elétrica, ainda no poste que executava o serviço. José Anderson, era funcionário da empresa terceirizada há apenas uma semana. O gestor regional da Cemar, Demerson, que atende a região do Munim e lençóis maranhense, falou a imprensa localque os procedimentos foram feitos após o acidente. Sendorealizado a descida da vítima, depois o corpo foi encaminhado em uma ambulância para o hospital do mun…

Criança morre após negligência médica em Axixá

Uma  criança de   1 ano onze meses perdeu a vida na cidade de Axixá, após negligência médica a mãe Valeria Silva se deslocou até o hospital e Maternidade em Axixá nesta segunda-feira (19),   na busca de atendimento médico para seu filho que se chama Dierlison Ryan, a mãe estava desesperada quando chegou no hospital na hora ser atendida o médico de plantão olhou para criança e alegou que a criança estava era só com sono e para mãe não se preocupa, sendo que a criança estava chorando e mãe falou para o médico que seu filho estava sim passado mal mais médico voltou a dizer que era só sono uma omissão de socorro por parte do médico da cidade.
A mãe não foi atendida no hospital onde o profissional da saúde ser quer examinou a criança para ver se tinha algo a mãe acabou voltando para casa sem atendimento médico, com o seu filho quando chegou em sua casa a  criança não resistiu veio a óbito,  morrendo na casa em plena cama da mãe.

A prefeita de Axixá Sônia vem fazendo uma péssima gestão e se q…