Pular para o conteúdo principal

Ex-sócio do marido de Roseana Sarney recebeu verba do Maranhão

Obra ainda em execução pela Nissi, que foi contratada por R$ 1 milhão e recebeu adiantado pelo serviço O Globo / Hans von Manteuffel
Empresa de Luiz Carlos Cantanhede Fernandes obteve R$ 12,9 milhões em 2013, sendo R$ 7,6 millhões só da Administração Penitenciária

A Secretaria de Administração Penitenciária do Maranhão contratou a Atlântica Segurança para atuar nos presídios. A empresa pertence a Luiz Carlos Cantanhede Fernandes, sócio de Jorge Murad, marido da governadora Roseana Sarney, numa pousada em Barreirinhas, nos Lençóis Maranhenses. Em 2002, quando a Polícia Federal apreendeu mais de R$ 1,3 milhão em dinheiro vivo na empresa Lunus, que pertencia a Murad, o marido de Roseana alegou que metade desse montante era de empresa de Cantanhede, que confirmou a versão.

A Atlântica recebeu no ano passado, somente da Secretaria de Administração Penitenciária, R$ 7,642 milhões, o dobro do ano anterior. Como presta serviço para outros órgãos do governo do estado, no total ela ganhou R$ 12,942 milhões da gestão de Roseana Sarney em 2013 — em 2012, foram R$ 7,428 milhões.
A terceirização do sistema carcerário é apontado pelo Sindicato dos Agentes Penitenciários do Maranhão como um dos grandes problemas nos presídios. Em 2009, quando Roseana voltou ao poder após a cassação do então governador Jackson Lago (PDT), o estado contratou a VTI Serviços, Comércio e Projetos para administrar o sistema. Sem nunca ter atuado no setor — pois tem como principal atividade locação de equipamentos de informática e desenvolvimento de softwares —, a VTI recebeu, desde então, R$ 153,9 milhões. Em 2012, foram R$ 48,9 milhões e, em 2013, R$ 66,3 milhões, sem que o governo tenha construído qualquer novo presídio.
O governo maranhense informou, em nota, que a terceirização dos presídios não tem qualquer relação com a atual onda de violência. Para o governo, a manutenção do sistema requer investimentos em infraestrutura, mão de obra e qualificação.
Pagamento antecipado
Uma empresa contratada para reformar o presídio de Pedrinhas, onde detentos foram mortos, recebeu adiantado pelo serviço, que ainda não foi concluído. A Nissi Construções foi contratada pela Secretaria de Administração Penitenciária em 4 de novembro do ano passado, com dispensa de licitação, por R$ 1,167 milhão.
Menos de um mês após a assinatura do contrato, em 28 de novembro, a empresa recebeu o primeiro pagamento, no valor de R$ 491,3 mil. Na véspera do Natal, foram mais R$ 526,3 mil, totalizando R$ 1,017 milhão. Os serviços ainda estão sendo executados. Operários disseram que ainda serão necessários mais cerca de 20 dias para a conclusão dos serviços.
Por Chico de Gois, Enviado – O Globo 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Prefeita de Rosário fica desesperada com 10 mil pessoas em caminhada e agride Willame Anceles.( Veja os Vídeos)

O gestor da Regional de saúde de Rosário Willame Anceles,  mostra força e Arrasta  uma multidão nesta tarde de quinta-feira 20,  em apoio aos candidatos, o deputado estadual Hélio Soares e o candidato a deputado federal  Josimar de Maranhãozinho. Cerca de   10 mil pessoas participaram da grande caminhada que começou as 17 horas na Praça do Coqueiro e tomou conta das ruas de Rosário.





A população rosariense abraçou os candidatos do ex-vereador Willame Anceles, e a população rosariense  foram em peso para  caminhada, deixando a prefeita de Rosário Irlahi Moares, descontrolada e desesperada, partindo para cima dos moradores  da Cidade Nova, querendo barrar o ônibus que iria para grande  caminhada de Hélio Soares candidato a deputado estadual  e Josimar candidato deputado federal.


A parti triste da tarde foi  a prefeita  Irlahi, que  agrediu o ex-vereador Willame Anceles,  onde rasgou a sua camisa toda  em um ato de fúria descontrolada.  A gestora  desesperada Irlahi, acabou levando  vaias d…

Prefeita de Rosário compra caixões para enterrar toda a população da cidade

A prefeita de Rosário Irlahi Moraes, não  investe na saúde da cidade onde no hospital SESP não tem uma agulha e agora a gestora  pretende  enterrar toda população da cidade literalmente lançando um mau agouro aos Rosariense.
De acordo como mostra o contrato  a prefeita Irlahi, determinou a compra de mais de R$ 280 mil em caixões para defunto,  com a fornecedora Deusimar R. Ferreira, nome de fantasia Pax Nossa Senhora do Rosário. O caso deve gera polêmica e revolta onde a prefeita Irlahi pretende enterrar toda a população como mostra o contrato com a fornecedora.
O caso é parecido com o da ex-prefeita de Bom Jardim, Lidiane Leite, que ficou famosa com o título de prefeita ostentação. Lidiane foi condenada por gastar R$ 130 mil em urnas funerárias… Veja o contrato abaixo:


Prefeitura de Rosário serve duas espigas de milho cruas para alunos em escola.

Os pais de alunos da escola municipal Maria da Mercês  Teixeira localizada no bairro Cidade Nova em Rosário, estão revoltados com a prefeita Irlahi Moraes, vários país  entraram em contato com o blog para denunciar que as crianças  da escola municipal  estão lanchando duas espigas  de milho onde muitas crianças ficam com fome.

A revolta do país é tão grande que as espigas de  milho até cruas estão sendo servidas na escola da rede municipal  de Rosário "Isso é uma vergonha uma maldade para com as crianças que estão passando fome na escola, como pode se servir duas espigas de milhos cruas para um criança que precisa  de uma merenda adequada de qualidade isso é uma vergonha um desrespeito" desabafa uma mãe ao blog .

A mãe que denunciou esse desrespeito da prefeita Irlahi mandou um vídeo que está rolando nas redes Sociais de uma outra mãe que está  revoltada para mostrar a veracidade do desrespeito que está acontecendo na escola Municipal Maria Mercês Teixeira.
A merenda tem que se…