Pular para o conteúdo principal

Partidos dos presidenciáveis se afastam do Clã Sarney no MA

O governo Roseana Sarney passou a ser questionado após a crise no sistema penitenciário. (Foto: Geraldo Furtado / Governo do Maranhão / Divulgação
A crise do sistema penitenciário e de segurança no Maranhão tem feito com que as três principais pré-candidaturas à presidência da República se afastem do Clã Sarney. O PT, que tem aliança com o PMDB a nível nacional e no Maranhão, vem ensaiando lançar candidatura própria no Estado para não compor nem com o candidato da governadora Roseana Sarney (PMDB), nem com o principal pré-candidato da oposição, o presidente da Embratur, Flávio Dino (PCdoB). O PSDB, que no Maranhão também discute uma aliança com o clã, se afasta de Roseana em função da crise. Já o PSB está mais próximo de uma aliança com Flávio Dino, mas também estuda compor com o PPS, que tem como pré-candidata a deputada estadual Eliziane Gama.
 

Em dezembro do ano passado, o vice-governador do Maranhão, Washington Oliveira (PT), renunciou ao cargo para assumir a vaga de conselheiro do Tribunal de Contas do Estado após pressão da governadora Roseana Sarney (PMDB). A intenção do clã era que Roseana se afastasse do governo antes de abril para concorrer ao Senado, e, via eleição indireta na Assembleia Legislativa, elegesse o secretário estadual de Infraestrutura Luís Fernando Silva (PMDB), governador interino. Deste modo, Luís Fernando, que já é pré-candidato, concorreria à reeleição em outubro já estando no cargo de governador. O afastamento do PT da linha sucessória causou constrangimento do partido e abalou as relações desde então.
 
Para o presidente estadual do partido, Raimundo Monteiro, que antes defendia com afinco e garantia a aliança com o PMDB, moderou o discurso após a crise no sistema penitenciário. Monteiro já não garante com tanta certeza que o PT fará dobradinha com o PMDB e adiou a decisão do partido no Estado. Para ele, o partido fará a aliança ou terá candidato próprio, dependendo do que for melhor para a eleição da presidente Dilma Rousseff (PT). “Nosso maior objetivo é a reeleição da presidenta Dilma. Esse é o ponto principal para a definição do PT no Maranhão. O que a direção nacional determinar com relação às alianças nós iremos encaminhar. Não podemos interromper este grande projeto nacional. Qualquer decisão parte deste princípio”.
 
Monteiro afirmou que, tradicionalmente, as definições petistas só saem de última hora. Assim, somente após o encontro da legenda, as alianças serão conhecidas. “Lógico que ainda está em aberto. Só o encontro irá definir isto daqui entre maio e junho. Mas estamos discutindo o caminho para que a Dilma continue na presidência”.
 
O PSDB, que no Maranhão também não tem aliança consolidada. Namora as três principais pré-candidaturas ao governo do estado: Luís Fernando Silva (PMDB), Flávio Dino (PCdoB) e Eliziane Gama (PPS). Após a crise no Maranhão, o pré-candidato à presidência, Aécio Neves, ligou para o presidente estadual do partido, deputado federal Carlos Brandão, preocupado com a possível aliança com o clã e a repercussão para o tucanato.
 
Brandão afirmou que Aécio o pediu para continuar conversando com todos os partidos, mas esperar a poeira baixar para avançar as conversas. “Hoje, todos que forem disputar a presidência se preocupam em levantar a mão de Roseana Sarney em um palanque e o efeito que isso pode ter. A situação hoje ainda é muito instável. Não podemos fechar hoje com Flávio (Dino), se amanhã o PT pode estar na coligação com o PCdoB. São variáveis que só depois que passar mais esse momento de crise veremos como fica o cenário e a avaliação da população sobre toda essa crise”, avaliou. A definição dos tucanos também deverá ficar para maio.
 
O PSB, de Eduardo Campos, está consolidado em não alinhar com a família Sarney no Maranhão. As conversas da legenda estão adiantadas para aliança com Flávio Dino (PCdoB) e o partido indicaria o vice-prefeito de São Luís, Roberto Rocha (PSB), como candidato a senador. Mas a preocupação de Campos é com uma possível aliança do comunista com o PT, que resultaria em dar palanque no Maranhão para Dilma Rousseff. Por isso, o PSB também mantém diálogo com a pré-candidata Eliziane Gama (PPS). Assim, se Dino coligar com o PT, o PSB deverá coligar com o PPS.
 
Do Jornal Pequeno

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Criança morre após negligência médica em Axixá

Uma  criança de   1 ano onze meses perdeu a vida na cidade de Axixá, após negligência médica a mãe Valeria Silva se deslocou até o hospital e Maternidade em Axixá nesta segunda-feira (19),   na busca de atendimento médico para seu filho que se chama Dierlison Ryan, a mãe estava desesperada quando chegou no hospital na hora ser atendida o médico de plantão olhou para criança e alegou que a criança estava era só com sono e para mãe não se preocupa, sendo que a criança estava chorando e mãe falou para o médico que seu filho estava sim passado mal mais médico voltou a dizer que era só sono uma omissão de socorro por parte do médico da cidade.
A mãe não foi atendida no hospital onde o profissional da saúde ser quer examinou a criança para ver se tinha algo a mãe acabou voltando para casa sem atendimento médico, com o seu filho quando chegou em sua casa a  criança não resistiu veio a óbito,  morrendo na casa em plena cama da mãe.

A prefeita de Axixá Sônia vem fazendo uma péssima gestão e se q…

MP notificou a prefeita Irlahi e Calvet Filho por campanhas irregulares e crimes eleitorais; Irlahi ainda responde por Showmício

Rosário-MA: Dois candidatos a prefeitos de Rosário foram notificados na Justiiça Eleitoral pelo Ministério Público, devido a irregularidade em suas campanhas e até crimes eleitorais.  As notificações foram assinadas pela juíza eleitoral Karine Lopes de Castro da 18ª Zona Eleitoral-MA.

Contra Irlahi Moraes (PMDB) pesa a representação Nº 795-46.2016.6.10.0094 e contra Calvet Filho (PSDB) a N° 746-31.2016.10.6.10.0094. É importante ressaltar que eles podem recorrer, mas por se tratar de ações ingressadas pelo próprio MP é bem possível que sejam punidos. Nos bastidores políticos já é esperado que ambas campanhas recebam multas pesadas.


Irlahi Moraes desde a sua convenção tem atropelado todos os protocolos eleitorais, por exemplo: realizando caminhada no dia da sua convenção pelas ruas da cidade a distâncias superiores a 100 metros do local do evento. Já Calvet Filho ates mesmo da eleição já fazia propaganda irregular desafiando a Justiça Eleitoral com comícios, carros adesivados com propaga…

Empresária morre após ser baleada durante assalto e populares pedem justiça e querem invadir a delegacia de Rosário e linchar os assassinos.

Empresária Adilce Silva  dona da academia Espaço Fitness  morreu após ser baleada durante um assalto na noite   deste domingo (21) .   De acordo com informações a vítima estava na padaria da família que fica localizada na rua Benedito Leite no centro de Rosário, quando foi abordada pelos dois criminosos que são menores de idade. Segundo informações Adilce  e familiares entregaram os celulares e os pertences mais mesmo assim um dos criminosos atirou na empresária um absurdo um ato de crueldade com uma pessoa de bem um dos criminoso chegaram aponta a arma para uma criança de 4 anos sendo que a criança neto de Adilce .
A empresaria foi levada ao hospital SESP mais não resistiu Adilce Silva era casada com Zondeck Anceles que é irmão do gestor da regional da saúde de Rosário Willame Anceles. a empresaria Adilce é um símbolo do mundo fitness e na cidade e região.
Os bandidos foram presos e a população cercou a delegacia e  a população esta revoltada e pedindo justiça.
A violência to…