Pular para o conteúdo principal

Bomba contra a Rainha da cocada preta! Agentes de Trânsito registram boletim de ocorrência contra Irlahi

Quatro Agentes de Trânsito deram queixa na delegacia regional de Rosário em desfavor da prefeita Irlahi Linhares (PMDB), por, segundo eles, abuso de autoridade e constrangimento.
 
O boletim de ocorrência n° 291/2014 foi registrado no dia 03 deste mês, no mesmo dia em que teria acontecido o fato, conforme consta na imagem do boletim de ocorrência abaixo.
 
Entenda o caso
 
Segundo relato de um dos agentes que não quis se identificar por medo de represálias, estavam os quatro agentes em ronda rotineira, quando um caminhão teria partido em uma via no sentido contrário ou na contramão, pra ser mais claro. De acordo com o relato, os agentes teriam feito a orientação verbal ao motorista, alertando que o mesmo estava transitando em sentido proibido, quando foram surpreendidos pela prefeita da cidade, que teria passado no local na hora do ocorrido.
 
Ainda de acordo com relatos, Irlahi teria ameaçado descontar dos proventos dos agentes a multa não aplicada ao caminhoneiro na ocasião da “infração de trânsito”. “Ela gritou pra nós no meio da rua dizendo que queria ver a multa na sua mesa o mais rápido possível. Se nós não levássemos a multa, ela iria descontar do nosso salário. Isso foi um constrangimento para nós, funcionários públicos do município”. Disse o declarante.
 
A rua em questão (que passa em frente à prefeitura e Correios) teve uma recente modificação de trajeto. Antes era possível trafegar nos dois sentidos da via, mas, depois da mudança, a rua se transformou em mão única. É justamente aí que está firmada a tese dos agentes, em primeiro orientar os condutores de veículos acerca das mudanças que houve em alguns trechos do centro da cidade, algo que não foi sabiamente compreendido pela gestora maior do município, a prefeita.
 
Pelo que nos foi informado, o município de Rosário está em situação irregular para aplicar multas em condutores de veículos automotores. Segundo informações, o município ainda não regularizou a JARI (Junta Administrativa de Recursos de Infração) e ainda não teria firmado convênio com os Correios, para que, condutores multados, possam recorrer das aplicações de multas.
 
Os agentes de trânsito envolvidos no caso estão denunciando Irlahi por abuso de autoridade, constrangimento e desacato a autoridade.
 
O blog já havia tomado conhecimento do caso um dia após do ocorrido, e repudia qualquer atitude autoritarista de quem quer que seja.
 
Como o regime brasileiro é democrático e todos tem direito a ampla defesa ao contraditório, o blog aguarda a resposta de Irlahi sobre o caso.
 


 

Por Bacabeira em Foco

Comentários

Anônimo disse…
essa prefeita escrota não respeieta a população, muito menos os funcionários da prefeitura. Isso é ABUSO, ABSURDO.
Anônimo disse…
Concordo com eles apenas estavam fazendo seu trabalho.

Postagens mais visitadas deste blog

TRAGÉDIA: Funcionário Rosariense terceirizado da Cemar morre eletrocutado em poste na cidade de Axixá.

Tragédia marca o começo do final de semana de setembro na cidade de Axixá. Onde foi registrado um acidente fatal de trabalho, no povoado Ruy Vaz, que aconteceu por volta das 16h00min, na sexta-feira (1º) com um funcionário de uma empresa terceirizada que presta serviço para Cemar na cidade de Rosário, que resultou na morte de um jovem identificado como José Anderson. O acidente de trabalho interrompeu os sonhos do jovem que era morador da cidade de Rosário. Segundo informações, o funcionário realizava um trabalho em uma rede baixa tensão, quando por motivos ainda desconhecidos recebeu uma descarga elétrica, ainda no poste que executava o serviço. José Anderson, era funcionário da empresa terceirizada há apenas uma semana. O gestor regional da Cemar, Demerson, que atende a região do Munim e lençóis maranhense, falou a imprensa localque os procedimentos foram feitos após o acidente. Sendorealizado a descida da vítima, depois o corpo foi encaminhado em uma ambulância para o hospital do mun…

Prefeita de Rosário compra caixões para enterrar toda a população da cidade

A prefeita de Rosário Irlahi Moraes, não  investe na saúde da cidade onde no hospital SESP não tem uma agulha e agora a gestora  pretende  enterrar toda população da cidade literalmente lançando um mau agouro aos Rosariense.
De acordo como mostra o contrato  a prefeita Irlahi, determinou a compra de mais de R$ 280 mil em caixões para defunto,  com a fornecedora Deusimar R. Ferreira, nome de fantasia Pax Nossa Senhora do Rosário. O caso deve gera polêmica e revolta onde a prefeita Irlahi pretende enterrar toda a população como mostra o contrato com a fornecedora.
O caso é parecido com o da ex-prefeita de Bom Jardim, Lidiane Leite, que ficou famosa com o título de prefeita ostentação. Lidiane foi condenada por gastar R$ 130 mil em urnas funerárias… Veja o contrato abaixo:


Três pessoas são presas durante megaoperação contra pedofilia em Rosário, São Luís e Paço do Lumiar

A Polícia Civil do Maranhão deflagrou na manhã desta sexta-feira (20), a operação ‘Luz na Infância’ que tem como objetivo apurar crimes de exploração sexual e pedofilia contra crianças e adolescentes. Estão sendo cumpridos quatro mandados de busca e apreensão nos municípios de São Luís, Rosário e Paço do Lumiar. Três pessoas foram presas. Os alvos da operação foram identificados por meio de um levantamento de informações da Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp) e a Embaixada dos Estados Unidos no Brasil. Com base nas informações e evidências coletadas em ambientes virtuais, foi instaurado um inquérito policial que resultou nos mandados de busca e apreensão emitidos pelo Poder Judiciário. A operação visa apreender computadores e dispositivos onde estão armazenados conteúdos de pedofilia infantil. As investigações estão sendo realizadas há seis meses e a ação envolve 1.100 policiais. Em São Luís, no bairro Santa Cruz, foi preso o músico Oziel Franklin Estrela Gomes e o agente …