Pular para o conteúdo principal

Depois de oito dias parados, ônibus voltam a circular hoje

Após oito dias recolhidos às garagens das empresas, os ônibus voltaram a circular em São Luís à 0h de hoje. Em assembleia geral realizada na sede do Sindicato dos Trabalhadores em Transporte Rodoviário do Maranhão (Sttrema), na Rua Afonso Pena, na tarde de ontem, a categoria decidiu cumprir a determinação da Justiça do Trabalho de manter 70% da frota de ônibus em circulação. Mas os trabalhadores permanecem em estado de greve até o julgamento da ação de execução do Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) 004/2011 que prevê melhorias no sistema de transporte coletivo da capital.
Em reunião realizada na manhã de ontem, na Promotoria de Defesa do Consumidor, com o Sttrema e o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros de São Luís (SET), a promotora de Defesa do Consumidor, Lítia Cavalcanti, pediu aos rodoviários que recolocassem 70% da frota em circulação para garantir o transporte à população, aguardando o julgamento da ação de execução do TAC, pela 4ª Vara da Fazenda Pública. Também foi acordado, de forma temporária e paliativa, um reajuste salarial de 7% aos rodoviários.
Os sindicatos patronal e dos trabalhadores acordaram o abono das faltas e ficou assegurado o pagamento do salário referente ao mês de maio. Diante das propostas consideradas favoráveis, a diretoria do Sttrema convocou assembleia geral na tarde de ontem para repassar à categoria os pontos discutidos durante a reunião.
70% aprovado - Cientes da nova situação das negociações, a categoria decidiu, por unanimidade, pela retomada de 70% da frota de ônibus de São Luís a partir da 0h de hoje, conforme prevê determinação judicial da desembargadora Ilka Esdra, do Tribunal Regional do Trabalho (TRT), assinada em 21 de maio, um dia antes do início do movimento grevista. “A volta de parte da frota às ruas representa um avanço nas negociações, que até agora estavam travadas, já que os empresários, em todas as rodadas, não apresentavam propostas de reajuste, alegando não terem condições financeiras de arcarem com os novos valores dos salários”, disse Isaías Castelo Branco, secretário do Sttrema.
Mas a diretoria do sindicato destacou que o percentual colocado em circulação é relativo a 806 ônibus, que é o total da frota que efetivamente atende aos usuários do serviço de transporte coletivo da capital. “Desde a decisão da Justiça que determinou que 70% da frota continuasse em circulação, foi levado em consideração uma frota de 1.100 veículos, mas nós sabemos que não é esse o total que é colocado em circulação nas ruas de São Luís diariamente”, informou Gilson Coimbra, presidente do Sttrema.
Estado de greve – Apesar da retomada do serviço de transporte coletivo, a categoria permanece em estado de greve. “É importante destacar que a categoria permanece em estado de greve. Estamos atendendo ao pedido da promotora Lítia Cavalcanti, porque isso demonstra nossa disposição em avançar nas negociações e resolver o problema, além de contar como um ponto favorável durante o julgamento do dissídio”, afirmou Gilson Coimbra, presidente do Sttrema.
Os rodoviários vão manter 70% da frota em circulação até o julgamento da ação de execução do TAC. Segundo Lítia Cavalcanti informou aos diretores do sindicato durante a reunião, o mérito da ação deve ser julgado em até cinco dias. “Caso a decisão não seja favorável à categoria, podemos retomar o movimento grevista do ponto em que estava”, informou Gilson Coimbra.
Multa - O Sttrema informou ainda que recorreu da multa pelo descumprimento da decisão da desembargadora Ilka Estras, do TRT, que determinou que 70% da frota permanecesse em circulação durante o movimento grevista. Até ontem, o valor da multa dos rodoviários era de R$ 956 mil. A greve dos rodoviários teve início de forma parcial à 0h do dia 22 de maio e desde a 0h do dia 27 paralisou toda a frota de ônibus de São Luís, deixando 740 mil usuários do sistema de transporte coletivo sem locomoção. Hoje, a greve da categoria completa 14 dias e já é a segunda maior desde 2006. Em 2012, o movimento durou 17 dias.

O Estado do Maranhão

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Em Rosário pura maldade: Empresária é perseguida pela prefeita Irlahi

A prefeita de Rosário Irlahi  Moraes, está perseguindo a empresária Lidiane Oliveira, onde a prefeita mandou construir um muro simplesmente para os frequentadores do seu estabelecimento que fica localizado na praça em frente a prefeitura que pertence a prefeita Irlahi, não frequente o estabelecimento da empresária fechando a passagem  do estabelecimento para ninguém passar  onde a empresária  vende sorvete em frente  a praça um desrespeito para o próximo que trabalha justo.

A empresária rosariense que vende sorvete está trabalhando honestamente e justamente para sustentar sua família e a prefeita ditadora Irlahi, além de não proporcionar geração de emprego e renda na cidade  através do concurso público, fica perseguindo as pessoas onde dona do empreendimento já acionou a prefeita Irlahi, na justiça onde a prefeita  se valoriza de bem público que é da população para realiza ganhos próprios. 
A praça da prefeitura de Rosário foi construída com emenda federal de 500 mil reais onde esse val…

TRAGÉDIA: Funcionário Rosariense terceirizado da Cemar morre eletrocutado em poste na cidade de Axixá.

Tragédia marca o começo do final de semana de setembro na cidade de Axixá. Onde foi registrado um acidente fatal de trabalho, no povoado Ruy Vaz, que aconteceu por volta das 16h00min, na sexta-feira (1º) com um funcionário de uma empresa terceirizada que presta serviço para Cemar na cidade de Rosário, que resultou na morte de um jovem identificado como José Anderson. O acidente de trabalho interrompeu os sonhos do jovem que era morador da cidade de Rosário. Segundo informações, o funcionário realizava um trabalho em uma rede baixa tensão, quando por motivos ainda desconhecidos recebeu uma descarga elétrica, ainda no poste que executava o serviço. José Anderson, era funcionário da empresa terceirizada há apenas uma semana. O gestor regional da Cemar, Demerson, que atende a região do Munim e lençóis maranhense, falou a imprensa localque os procedimentos foram feitos após o acidente. Sendorealizado a descida da vítima, depois o corpo foi encaminhado em uma ambulância para o hospital do mun…

Criança morre após negligência médica em Axixá

Uma  criança de   1 ano onze meses perdeu a vida na cidade de Axixá, após negligência médica a mãe Valeria Silva se deslocou até o hospital e Maternidade em Axixá nesta segunda-feira (19),   na busca de atendimento médico para seu filho que se chama Dierlison Ryan, a mãe estava desesperada quando chegou no hospital na hora ser atendida o médico de plantão olhou para criança e alegou que a criança estava era só com sono e para mãe não se preocupa, sendo que a criança estava chorando e mãe falou para o médico que seu filho estava sim passado mal mais médico voltou a dizer que era só sono uma omissão de socorro por parte do médico da cidade.
A mãe não foi atendida no hospital onde o profissional da saúde ser quer examinou a criança para ver se tinha algo a mãe acabou voltando para casa sem atendimento médico, com o seu filho quando chegou em sua casa a  criança não resistiu veio a óbito,  morrendo na casa em plena cama da mãe.

A prefeita de Axixá Sônia vem fazendo uma péssima gestão e se q…