Pular para o conteúdo principal

Deputado é suspeito de usar diploma falso no registro da candidatura

Será se o deputado Josimar (PR) sabe onde funciona a escola onde ele estudou em São Luís? Lembra, por exemplo, de algum amigo de turma? E quem foram seus professores
O diploma apresentado ao Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão (TRE-MA) pelo deputado estadual, Josimar Cunha Rodrigues, o ‘Josimar de Maranhãozinho’ (PR), comprovando a sua escolaritdade pode não ser verdadeiro. O documento expedido pelo Colégio Pentecostal Cândido Rodrigues, sediado na capital do Maranhão, São Luís, informa que o “Moral da BR”, como é mais conhecido, concluiu a 8ª do ensino fundamental na entidade em 1999. No entanto, um vídeo divulgado no YouTube mostrando a trajetória do politico, antes de se tornar prefeito e deputado, levanta suspeita para a compra do diploma.
Em 2008, Josimar declarou à Justiça Eleitoral possuir ensino médio completo
COMO FEZ PARA CONCILIAR O ESTUDO COM AS VIAGENS DAS VENDAS? Em 2008, Josimar declarou à Justiça Eleitoral possuir ensino médio completo

A Lei Eleitoral proíbe a candidatura de pessoas que não sabem ler e escrever. Em 2008, ao registrar candidatura para disputar a reeleição de prefeito da cidade de Maranhãozinho, Josimar afirmou ter ensino médio completo. Mas as contradições começam a surgir nas cenas que foram gravadas quando ele participou de um clip para comemorar o aniversário de 41 anos da cidade que administrava.

Deputado pode ter que explicar na Justiça o vídeo com declarações que mostram as contradições de sua escolaridade.
– Josimar saiu de sua terra natal, Várzea Alegre, interior do Ceará, aos 14 anos. Em 1992, foi vendedor ambulante em várias cidades, inclusive, Manaus [no Estado do Amazonas] – diz trecho do vídeo disponível na internet.
O histórico do diploma apresentado à Justiça Eleitoral, informa que em 1992, Josimar concluía a 1ª serie do ensino fundamental na capital maranhense. Se no vídeo, o deputado diz que nessa época ‘trabalhava como vendedor viajando’, como fez para conciliar o estudo em São Luís com as viagens pelo País de suas vendas, conforme o documento apresentado ao TRE-MA no ato do registro de sua candidatura?
Documento diz que deputado concluiu 1ª do ensino fundamental em 1992, mas nesse período, segundo declaração do próprio deputado no vídeo, ele trabalhava viajando como vendedor
Documento diz que deputado concluiu 1ª série do ensino fundamental em 1992, mas nesse período, segundo declaração do próprio deputado no vídeo, ele trabalhava viajando como vendedor pelo País
A suspeita de fraude fica mais evidente quando em determinado trecho, o documentário cita que o parlamentar chega ao Maranhão, em 1995.
– Em 1995, em sociedade com o irmão Aldir, Josimar compra uma fazenda no estado do Maranhão, no então povoado de Maranhãozinho – informa trecho da gravação. O problema é que o diploma usado no registro da candidatura diz que em 1995, Josimar concluía a 4ª série do ensino fundamental em São Luís.

CASO INÉDITO NO BRASIL
O caso sobre a escolaridade do deputado maranhense é um mistério para a lei da Física segundo a qual “um corpo não pode ocupar, ao mesmo tempo, dois lugares no espaço”. Talvez o “Moral da BR” tenha descoberto a saída para o problema do analfabetismo maranhense. Quem sabe ele seja reconhecido como o Prêmio Ideia, que está sendo promovido pelo MEC.
QUASE UM DOUTOR. Em 2014, ao registrar candidatura de deputado, afirmou que possui o 'superior incompleto'
QUASE UM DOUTOR. Em 2014, ao registrar candidatura de deputado, afirmou que possui o ‘superior incompleto’

QUASE UM ‘DOUTOR’
Em 2014, Josimar voltou a apresentar um documento indicando estar cursando o ensino ‘superior’ ao fazer o registro de sua candidatura para deputado. No entanto, o quase ‘doutor’ acabou contribuindo ainda mais com os indícios da suposta prática de  estelionato.
O caso fica mais evidente ao analisar um pronunciamento do parlamentar na tribuna da Assembleia Legislativa com o documento apresentado à Justiça Eleitoral. Em vários trechos de sua fala, o deputado não consegue pronunciar algumas palavras corretamente.

Por blog do Antônio Martins

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Em Rosário pura maldade: Empresária é perseguida pela prefeita Irlahi

A prefeita de Rosário Irlahi  Moraes, está perseguindo a empresária Lidiane Oliveira, onde a prefeita mandou construir um muro simplesmente para os frequentadores do seu estabelecimento que fica localizado na praça em frente a prefeitura que pertence a prefeita Irlahi, não frequente o estabelecimento da empresária fechando a passagem  do estabelecimento para ninguém passar  onde a empresária  vende sorvete em frente  a praça um desrespeito para o próximo que trabalha justo.

A empresária rosariense que vende sorvete está trabalhando honestamente e justamente para sustentar sua família e a prefeita ditadora Irlahi, além de não proporcionar geração de emprego e renda na cidade  através do concurso público, fica perseguindo as pessoas onde dona do empreendimento já acionou a prefeita Irlahi, na justiça onde a prefeita  se valoriza de bem público que é da população para realiza ganhos próprios. 
A praça da prefeitura de Rosário foi construída com emenda federal de 500 mil reais onde esse val…

TRAGÉDIA: Funcionário Rosariense terceirizado da Cemar morre eletrocutado em poste na cidade de Axixá.

Tragédia marca o começo do final de semana de setembro na cidade de Axixá. Onde foi registrado um acidente fatal de trabalho, no povoado Ruy Vaz, que aconteceu por volta das 16h00min, na sexta-feira (1º) com um funcionário de uma empresa terceirizada que presta serviço para Cemar na cidade de Rosário, que resultou na morte de um jovem identificado como José Anderson. O acidente de trabalho interrompeu os sonhos do jovem que era morador da cidade de Rosário. Segundo informações, o funcionário realizava um trabalho em uma rede baixa tensão, quando por motivos ainda desconhecidos recebeu uma descarga elétrica, ainda no poste que executava o serviço. José Anderson, era funcionário da empresa terceirizada há apenas uma semana. O gestor regional da Cemar, Demerson, que atende a região do Munim e lençóis maranhense, falou a imprensa localque os procedimentos foram feitos após o acidente. Sendorealizado a descida da vítima, depois o corpo foi encaminhado em uma ambulância para o hospital do mun…

Criança morre após negligência médica em Axixá

Uma  criança de   1 ano onze meses perdeu a vida na cidade de Axixá, após negligência médica a mãe Valeria Silva se deslocou até o hospital e Maternidade em Axixá nesta segunda-feira (19),   na busca de atendimento médico para seu filho que se chama Dierlison Ryan, a mãe estava desesperada quando chegou no hospital na hora ser atendida o médico de plantão olhou para criança e alegou que a criança estava era só com sono e para mãe não se preocupa, sendo que a criança estava chorando e mãe falou para o médico que seu filho estava sim passado mal mais médico voltou a dizer que era só sono uma omissão de socorro por parte do médico da cidade.
A mãe não foi atendida no hospital onde o profissional da saúde ser quer examinou a criança para ver se tinha algo a mãe acabou voltando para casa sem atendimento médico, com o seu filho quando chegou em sua casa a  criança não resistiu veio a óbito,  morrendo na casa em plena cama da mãe.

A prefeita de Axixá Sônia vem fazendo uma péssima gestão e se q…