Pular para o conteúdo principal

Deputado é suspeito de usar diploma falso no registro da candidatura

Será se o deputado Josimar (PR) sabe onde funciona a escola onde ele estudou em São Luís? Lembra, por exemplo, de algum amigo de turma? E quem foram seus professores
O diploma apresentado ao Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão (TRE-MA) pelo deputado estadual, Josimar Cunha Rodrigues, o ‘Josimar de Maranhãozinho’ (PR), comprovando a sua escolaritdade pode não ser verdadeiro. O documento expedido pelo Colégio Pentecostal Cândido Rodrigues, sediado na capital do Maranhão, São Luís, informa que o “Moral da BR”, como é mais conhecido, concluiu a 8ª do ensino fundamental na entidade em 1999. No entanto, um vídeo divulgado no YouTube mostrando a trajetória do politico, antes de se tornar prefeito e deputado, levanta suspeita para a compra do diploma.
Em 2008, Josimar declarou à Justiça Eleitoral possuir ensino médio completo
COMO FEZ PARA CONCILIAR O ESTUDO COM AS VIAGENS DAS VENDAS? Em 2008, Josimar declarou à Justiça Eleitoral possuir ensino médio completo

A Lei Eleitoral proíbe a candidatura de pessoas que não sabem ler e escrever. Em 2008, ao registrar candidatura para disputar a reeleição de prefeito da cidade de Maranhãozinho, Josimar afirmou ter ensino médio completo. Mas as contradições começam a surgir nas cenas que foram gravadas quando ele participou de um clip para comemorar o aniversário de 41 anos da cidade que administrava.

Deputado pode ter que explicar na Justiça o vídeo com declarações que mostram as contradições de sua escolaridade.
– Josimar saiu de sua terra natal, Várzea Alegre, interior do Ceará, aos 14 anos. Em 1992, foi vendedor ambulante em várias cidades, inclusive, Manaus [no Estado do Amazonas] – diz trecho do vídeo disponível na internet.
O histórico do diploma apresentado à Justiça Eleitoral, informa que em 1992, Josimar concluía a 1ª serie do ensino fundamental na capital maranhense. Se no vídeo, o deputado diz que nessa época ‘trabalhava como vendedor viajando’, como fez para conciliar o estudo em São Luís com as viagens pelo País de suas vendas, conforme o documento apresentado ao TRE-MA no ato do registro de sua candidatura?
Documento diz que deputado concluiu 1ª do ensino fundamental em 1992, mas nesse período, segundo declaração do próprio deputado no vídeo, ele trabalhava viajando como vendedor
Documento diz que deputado concluiu 1ª série do ensino fundamental em 1992, mas nesse período, segundo declaração do próprio deputado no vídeo, ele trabalhava viajando como vendedor pelo País
A suspeita de fraude fica mais evidente quando em determinado trecho, o documentário cita que o parlamentar chega ao Maranhão, em 1995.
– Em 1995, em sociedade com o irmão Aldir, Josimar compra uma fazenda no estado do Maranhão, no então povoado de Maranhãozinho – informa trecho da gravação. O problema é que o diploma usado no registro da candidatura diz que em 1995, Josimar concluía a 4ª série do ensino fundamental em São Luís.

CASO INÉDITO NO BRASIL
O caso sobre a escolaridade do deputado maranhense é um mistério para a lei da Física segundo a qual “um corpo não pode ocupar, ao mesmo tempo, dois lugares no espaço”. Talvez o “Moral da BR” tenha descoberto a saída para o problema do analfabetismo maranhense. Quem sabe ele seja reconhecido como o Prêmio Ideia, que está sendo promovido pelo MEC.
QUASE UM DOUTOR. Em 2014, ao registrar candidatura de deputado, afirmou que possui o 'superior incompleto'
QUASE UM DOUTOR. Em 2014, ao registrar candidatura de deputado, afirmou que possui o ‘superior incompleto’

QUASE UM ‘DOUTOR’
Em 2014, Josimar voltou a apresentar um documento indicando estar cursando o ensino ‘superior’ ao fazer o registro de sua candidatura para deputado. No entanto, o quase ‘doutor’ acabou contribuindo ainda mais com os indícios da suposta prática de  estelionato.
O caso fica mais evidente ao analisar um pronunciamento do parlamentar na tribuna da Assembleia Legislativa com o documento apresentado à Justiça Eleitoral. Em vários trechos de sua fala, o deputado não consegue pronunciar algumas palavras corretamente.

Por blog do Antônio Martins

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Moradora do povoado de São Miguel leva água suja para a prefeita Irlahi beber e depois a esculhamba

A prefeita de Rosário Irlahi Moraes (PMDB), foi esculhambada durante uma reunião realizada na terça-feira passada (14), em Casa Grande no povoado de São Miguel, segundo uma fonte que estava na reunião uma mulher conhecida como Rosa na hora do discurso da prefeita Irlahi no povoado entregou um presente para a prefeita embrulhado em um papel de presente quando a prefeita Irlahi Moraes, totalmente sorridente desembrulhou o presente viu que  era um litro de água que continha uma  água totalmente suja imprópria para o consumo a fisionomia da prefeita de Rosário Irlahi mudou quando os moradores do povoado gritaram para a prefeita Irlahi beber a água suja que estava no litro mais a prefeita recusou beber a água suja.
A moradora Rosa do povoado de São Miguel soltou o verbo e disse "olha isso Prefeita Irlahi está água que nós tomamos aqui no povoado uma água suja, imprópria para o consumo sem tratamento  a senhora abandonou o povoado de São Miguel e a resposta virá nas urnas no mês de outu…

MP notificou a prefeita Irlahi e Calvet Filho por campanhas irregulares e crimes eleitorais; Irlahi ainda responde por Showmício

Rosário-MA: Dois candidatos a prefeitos de Rosário foram notificados na Justiiça Eleitoral pelo Ministério Público, devido a irregularidade em suas campanhas e até crimes eleitorais.  As notificações foram assinadas pela juíza eleitoral Karine Lopes de Castro da 18ª Zona Eleitoral-MA.

Contra Irlahi Moraes (PMDB) pesa a representação Nº 795-46.2016.6.10.0094 e contra Calvet Filho (PSDB) a N° 746-31.2016.10.6.10.0094. É importante ressaltar que eles podem recorrer, mas por se tratar de ações ingressadas pelo próprio MP é bem possível que sejam punidos. Nos bastidores políticos já é esperado que ambas campanhas recebam multas pesadas.


Irlahi Moraes desde a sua convenção tem atropelado todos os protocolos eleitorais, por exemplo: realizando caminhada no dia da sua convenção pelas ruas da cidade a distâncias superiores a 100 metros do local do evento. Já Calvet Filho ates mesmo da eleição já fazia propaganda irregular desafiando a Justiça Eleitoral com comícios, carros adesivados com propaga…

Rosário:IRLAHI Moraes a nova prefeita ostentação do MA

O retrato verdadeiro do contraste social acontece no município de Rosário, de um lado o descaso e o desprezo com a população. E do outro lado, muita ostentação e curtição. Quem conhece a cidade de Rosário pode sentir na pele a falta de compromisso da atual gestão, comandada pela prefeita de Rosário Irlahi Moraes, com a precariedade da saúde, a falta de infraestrutura nos bairros da cidade  e nos povoados, as estradas na zona rural sem manutenção, falta de água em muitos povoados sem falar da água suja sem qualidade nos povoados.


Como se não bastasse todo esse caos e em plena crise administrativa que passa Rosário mostra que tem bastante dinheiro em caixa, pelo menos pra ostentar. A prefeita Irlahi Moraes foi flagrado  ostentando na companhia do Namorado o ex-deputado estadual Pedro Vasconcelos e família, numa  luxuosa Lancha no Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses com toda a família. O brasil desabando, o município sem dinheiro para pagar os fornecedores a saúde um caos, Irlahi viaj…