Pular para o conteúdo principal

Governador Flávio Dino e prefeito Edivaldo assinam convênio para pavimentação de vias em São Luís


O governador Flávio Dino e o prefeito de São Luís, Edivaldo Júnior, assinaram na manhã desta quinta-feira (16), convênio para investimento de R$ 20,6 milhões em obras de melhoria de vias urbanas na capital maranhense, numa extensão de aproximadamente 120 quilômetros. O convênio faz parte do Programa ‘Mais Asfalto’ do Governo do Estado que já beneficiou mais de 10 municípios maranhenses com pavimentação.


Com a parceria entre governo do Estado e Prefeitura de São Luís, 296 ruas e avenidas, abrangendo 17 bairros da capital, passarão pelo processo de recapeamento asfáltico com o objetivo de melhorar a qualidade da pavimentação e a trafegabilidade nas pistas.

“Esse convênio é a prova de que há um trabalho conjunto entre o Governo do Estado e a Prefeitura de São Luís. O Governo do Estado está contribuindo para que os bairros da nossa cidade tenham melhoria da pavimentação”, destacou o governador Flávio Dino.

O convênio foi assinado pelo governador Flávio Dino; pelo prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Júnior; pelo secretário de Estado de Infraestrutura, Clayton Noleto; e pelo secretário municipal de Obras e Serviços Públicos, Antônio Araújo. A parceria entre Estado e Município beneficiará 17 bairros de São Luís.

O prefeito Edivaldo Holanda Júnior destacou o compromisso da gestão estadual em apoiar os municípios demonstrando a mudança na forma de gerir o estado. Edivaldo lembrou que nos seus dois primeiros anos de gestão à frente da Prefeitura de São Luís a administração anterior do Governo do Estado não firmou nenhuma parceria.

“Estamos trabalhando para garantir melhorias efetivas da mobilidade urbana de nossa capital. Durante os dois primeiros anos de mandato, a Prefeitura de São Luís foi perseguida pela gestão passada do Governo do Estado. Agora, com a chegada do governador Flávio Dino, o Maranhão e a cidade de São Luís passaram a viver um novo momento. São Luís passou a ter um governador amigo da cidade, que tem caminhado ao lado da cidade, enfrentado os problemas ao lado do prefeito”, frisou.

Na região Itaqui-Bacanga serão recapeados mais de 36 quilômetros de vias, abrangendo os bairros Vila Embratel, Anjo da Guarda, São Raimundo, Vila Bacanga, Vila Isabel, Vila Ariri, Vila São Luís, Vilas Mauro Fecury I, Vila Mauro Fecury II e Alto da Esperança.

Os demais bairros contemplados pelo convênio são Cidade Operária (42 quilômetros); Cohab (10,9 quilômetros); João de Deus/São Bernardo (7,4 quilômetros); Vila Luizão (9 quilômetros); Coroadinho (6,5 quilômetros) e Vila Nova República (6,7 quilômetros).

O secretário Clayton Noleto lembrou que foram priorizados bairros populosos da capital. “Esses são bairros com grande adensamento populacional. Estamos muito contentes em participar desse momento e vamos trabalhar com muito afinco para que outros momentos como este sejam concretizados”, afirmou.

Todas as vias são componentes do corredor de ônibus e foram incluídas no programa de requalificação devido às atuais condições do pavimento, bastante danificado. O processo de recapeamento consiste na aplicação de uma substância (pintura de ligação) sobre a superfície, para proporcionar aderência, sendo colocada em seguida uma nova camada de asfalto.

Além das autoridades que assinaram o convênio, o ato foi acompanhado pelos vice governador Carlos Brandão,p secretários estaduais Márcio Jerry (Articulação Política e Assuntos Federativos), Marcelo Tavares (Casa Civil), Robson Paz (Comunicação) e pelo presidente da Agência Estadual de Mobilidade Urbana, Artur Cabral; pelos secretários municipais Lula Fylho (Governo), Batista Matos (Comunicação), Geraldo Castro Sobrinho (Educação) e o controlador-geral do Município, Délcio Rodrigues; pelos deputados estaduais Humberto Coutinho, Rigo Teles, Levy Pontes e Léo Cunha.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Em Rosário pura maldade: Empresária é perseguida pela prefeita Irlahi

A prefeita de Rosário Irlahi  Moraes, está perseguindo a empresária Lidiane Oliveira, onde a prefeita mandou construir um muro simplesmente para os frequentadores do seu estabelecimento que fica localizado na praça em frente a prefeitura que pertence a prefeita Irlahi, não frequente o estabelecimento da empresária fechando a passagem  do estabelecimento para ninguém passar  onde a empresária  vende sorvete em frente  a praça um desrespeito para o próximo que trabalha justo.

A empresária rosariense que vende sorvete está trabalhando honestamente e justamente para sustentar sua família e a prefeita ditadora Irlahi, além de não proporcionar geração de emprego e renda na cidade  através do concurso público, fica perseguindo as pessoas onde dona do empreendimento já acionou a prefeita Irlahi, na justiça onde a prefeita  se valoriza de bem público que é da população para realiza ganhos próprios. 
A praça da prefeitura de Rosário foi construída com emenda federal de 500 mil reais onde esse val…

TRAGÉDIA: Funcionário Rosariense terceirizado da Cemar morre eletrocutado em poste na cidade de Axixá.

Tragédia marca o começo do final de semana de setembro na cidade de Axixá. Onde foi registrado um acidente fatal de trabalho, no povoado Ruy Vaz, que aconteceu por volta das 16h00min, na sexta-feira (1º) com um funcionário de uma empresa terceirizada que presta serviço para Cemar na cidade de Rosário, que resultou na morte de um jovem identificado como José Anderson. O acidente de trabalho interrompeu os sonhos do jovem que era morador da cidade de Rosário. Segundo informações, o funcionário realizava um trabalho em uma rede baixa tensão, quando por motivos ainda desconhecidos recebeu uma descarga elétrica, ainda no poste que executava o serviço. José Anderson, era funcionário da empresa terceirizada há apenas uma semana. O gestor regional da Cemar, Demerson, que atende a região do Munim e lençóis maranhense, falou a imprensa localque os procedimentos foram feitos após o acidente. Sendorealizado a descida da vítima, depois o corpo foi encaminhado em uma ambulância para o hospital do mun…

Prefeita de Rosário compra caixões para enterrar toda a população da cidade

A prefeita de Rosário Irlahi Moraes, não  investe na saúde da cidade onde no hospital SESP não tem uma agulha e agora a gestora  pretende  enterrar toda população da cidade literalmente lançando um mau agouro aos Rosariense.
De acordo como mostra o contrato  a prefeita Irlahi, determinou a compra de mais de R$ 280 mil em caixões para defunto,  com a fornecedora Deusimar R. Ferreira, nome de fantasia Pax Nossa Senhora do Rosário. O caso deve gera polêmica e revolta onde a prefeita Irlahi pretende enterrar toda a população como mostra o contrato com a fornecedora.
O caso é parecido com o da ex-prefeita de Bom Jardim, Lidiane Leite, que ficou famosa com o título de prefeita ostentação. Lidiane foi condenada por gastar R$ 130 mil em urnas funerárias… Veja o contrato abaixo: