Pular para o conteúdo principal

Patrocínio do Estado garante espetáculo da Via Sacra que emocionou fiéis no Anjo da Guarda

A Via Sacra é considerada um dos maiores espetáculos em referência ao calendário cristão maranhense e este ano contou com o apoio cultural do governo do Estado para que fosse realizado. Mesmo com todo o cenário e figurino prontos, a comunidade do Anjo da Guarda já lamentava a ausência do espetáculo se não houvesse o patrocínio master da gestão estadual.

A presidente do Grupo Grita, companhia de teatro responsável pela Via Sacra, afirma que o incentivo do governo foi fundamental para que a população pudesse assistir ao tradicional espetáculo. “Uma semana antes de ocorrer a Via Sacra nós estávamos desacreditados na realização do evento, mas fomos até o governo, explicamos a situação e prontamente em menos de uma semana conseguimos o incentivo estadual, e sem ele, não estaria aqui com toda essa alegria e satisfação em poder concretizar mais uma vez a beleza que é a Via Sacra”, explicou Geane Soares.

A secretária estadual de Cultura, Ester de Sá Marques garantiu que no próximo ano os trâmites de valorização dos calendários culturais serão bem mais fáceis, pois será feito um levantamento do calendário de eventos existente no estado. “A Via Sacra faz parte do calendário religioso do estado. A nossa ideia é nosso próximo ano recuperar esse calendário da semana santa de modo a estimular também o turismo religioso”, disse Ester assinalando que espetáculos como esse existem também em cidades do interior do estado e em outros bairros da capital.

Há quatro anos o jovem Vinícius de Sousa participa como ator do espetáculo, e para ele é um orgulho acompanhar toda a luta da comunidade em encenar a saga de Jesus Cristo. “Este ano eu já estava preocupado de não ocorrer o evento mais aguardado aqui do Anjo da Guarda, mas graças a Deus tivemos muito apoio para que a história de vida de Cristo fosse lembrada mais uma vez”, disse Vinicius.

Comércio local

Além de movimentar a comunidade e trazer religiosos de outros bairros, a Via Sacra aquece as vendas de quem aproveita para obter uma renda extra. Genival Andrade é vendedor de chapéus há cinco anos e não perde a oportunidade de ganhar um extra neste período. “Muitas pessoas passam por aqui e meus chapéus são de qualidade e baratos, todo mundo gosta, principalmente a criançada. Já vendi oito em três horas”, comemora Genival.

A vendedora de pipoca Maria Firmina está pela primeira vez no espetáculo como vendedora ambulante e já não ver a hora de chegar a Via Sacra de 2016. “Estava sem dinheiro, aí resolvi arriscar aqui. Está sendo muito bom, até porque todo mundo gosta de comer pipoca e as crianças quando olham pedem logo. Já quero que chegue o ano que vem pra vender mais”.
Policiamento


O evento contou com a presença efetiva de 200 homens da Polícia Militar e cerca de 70 do Corpo de Bombeiros. O comandante do policiamento, capitão Heldio, afirmou que o movimento estava tranquilo e que o evento era voltado para as famílias que buscam paz. “Não ocorreu nenhum tumulto na área e adjacências. A Via Sacra prega a paz e harmonia de Cristo, é um evento de família. Não temos nenhuma ocorrência até o momento”, disse o capitão.

História

Há 34 anos o Grupo GRITA realiza a Via Sacra do Anjo da Guarda, uma das maiores montagens da Paixão de Cristo realizadas no estado. O espetáculo já foi visto por cerca de 2 milhões de pessoas, desde sua primeira apresentação em 1981 e é um projeto que é, a um só tempo, fé, integração, socialização, valorização comunitária, criatividade, mobilização coletiva, versatilidade cultural, orgulho e resistência sociocultural, o que se resume no tema proposto para esse ano.

Na Semana Santa peregrinam pelas ruas do Anjo da Guarda, num percurso de dois quilômetros, milhares de pessoas arrebatadas pela força da fé e do mistério e, envolvidas na fruição da estética da encenação da Paixão de Cristo.

Fruto de um trabalho, que reúne toda a comunidade do Itaqui-Bacanga, em especial do Anjo da Guarda, a Via Sacra é motivo de orgulho para a cidade. Os números falam por si só: são mais de 1.800 pessoas entre produção, técnicos, elenco e figurantes. E todos estão empenhados em fazer um espetáculo ainda mais bonito que no ano passado. O público deste ano foi estimado em aproximadamente 250 mil pessoas.
Os cenários estão montados em quatro pontos: Recanto da Paixão, Largo do Teatro, Praça do Anjo e Praça da Ressurreição, com um cortejo passando pelas principais avenidas do bairro, totalizando 2 km de percurso. O espetáculo contou com uma grande estrutura de palco som e luz.

Além da valorização do talento e do trabalho dos moradores da região, o espetáculo propicia considerável impulso na economia local, contemplando desde os comerciantes que fornecem material para a montagem, a mão de obra, até os que atuam no comércio informal.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Em Rosário pura maldade: Empresária é perseguida pela prefeita Irlahi

A prefeita de Rosário Irlahi  Moraes, está perseguindo a empresária Lidiane Oliveira, onde a prefeita mandou construir um muro simplesmente para os frequentadores do seu estabelecimento que fica localizado na praça em frente a prefeitura que pertence a prefeita Irlahi, não frequente o estabelecimento da empresária fechando a passagem  do estabelecimento para ninguém passar  onde a empresária  vende sorvete em frente  a praça um desrespeito para o próximo que trabalha justo.

A empresária rosariense que vende sorvete está trabalhando honestamente e justamente para sustentar sua família e a prefeita ditadora Irlahi, além de não proporcionar geração de emprego e renda na cidade  através do concurso público, fica perseguindo as pessoas onde dona do empreendimento já acionou a prefeita Irlahi, na justiça onde a prefeita  se valoriza de bem público que é da população para realiza ganhos próprios. 
A praça da prefeitura de Rosário foi construída com emenda federal de 500 mil reais onde esse val…

TRAGÉDIA: Funcionário Rosariense terceirizado da Cemar morre eletrocutado em poste na cidade de Axixá.

Tragédia marca o começo do final de semana de setembro na cidade de Axixá. Onde foi registrado um acidente fatal de trabalho, no povoado Ruy Vaz, que aconteceu por volta das 16h00min, na sexta-feira (1º) com um funcionário de uma empresa terceirizada que presta serviço para Cemar na cidade de Rosário, que resultou na morte de um jovem identificado como José Anderson. O acidente de trabalho interrompeu os sonhos do jovem que era morador da cidade de Rosário. Segundo informações, o funcionário realizava um trabalho em uma rede baixa tensão, quando por motivos ainda desconhecidos recebeu uma descarga elétrica, ainda no poste que executava o serviço. José Anderson, era funcionário da empresa terceirizada há apenas uma semana. O gestor regional da Cemar, Demerson, que atende a região do Munim e lençóis maranhense, falou a imprensa localque os procedimentos foram feitos após o acidente. Sendorealizado a descida da vítima, depois o corpo foi encaminhado em uma ambulância para o hospital do mun…

Criança morre após negligência médica em Axixá

Uma  criança de   1 ano onze meses perdeu a vida na cidade de Axixá, após negligência médica a mãe Valeria Silva se deslocou até o hospital e Maternidade em Axixá nesta segunda-feira (19),   na busca de atendimento médico para seu filho que se chama Dierlison Ryan, a mãe estava desesperada quando chegou no hospital na hora ser atendida o médico de plantão olhou para criança e alegou que a criança estava era só com sono e para mãe não se preocupa, sendo que a criança estava chorando e mãe falou para o médico que seu filho estava sim passado mal mais médico voltou a dizer que era só sono uma omissão de socorro por parte do médico da cidade.
A mãe não foi atendida no hospital onde o profissional da saúde ser quer examinou a criança para ver se tinha algo a mãe acabou voltando para casa sem atendimento médico, com o seu filho quando chegou em sua casa a  criança não resistiu veio a óbito,  morrendo na casa em plena cama da mãe.

A prefeita de Axixá Sônia vem fazendo uma péssima gestão e se q…