Pular para o conteúdo principal

Encerra quarta-feira (03) prazo para prefeituras apresentarem projetos para São João 2015

Para viabilizar a realização dos festejos juninos nos municípios maranhenses, o Governo do Estado vem articulando junto às prefeituras uma série de convênios, que irão garantir o fomento às festas de São João que acontecem no interior. Para isso, mantém, até a quarta-feira (3), o prazo de recebimento das propostas e submissão de documentação obrigatória para celebração dos convênios.

Da mesma forma como realizou durante o Carnaval deste ano, o governo Flávio Dino trabalha de forma conjunta à Assembleia Legislativa e as Secretarias de Cultura e a de Assuntos Políticos e Federativos, que estão responsáveis por gerenciar todo o processo, visando garantir que os investimentos do Estado cheguem à população de todo o Maranhão.

Oriundo do Tesouro Estadual, o recurso disponibilizado a cada parlamentar deverá ser distribuído de forma descentralizada e, para isso, o Governo do Estado implementa novidades no processo de convênio do São João. Dentre elas, destaque para a definição de que cada cidade somente poderá ser pleiteada duas vezes.

O secretário de Estado de Assuntos Políticos e Federativos, Márcio Jerry, destacou que o diálogo permanente com os municípios. “Desde o início, o Governo do Maranhão tem mantido diálogo permanente com os municípios, estabelecendo importantes parcerias em várias áreas, inclusive na cultura”.

Com prazo de submissão das propostas de convênio mantida até a próxima quarta-feira (3), o Governo do Estado planeja em seguida realizar ato coletivo de assinatura dos convênios aprovados.

“Com este investimento do governo Flávio Dino, as Prefeituras poderão investir de forma mais setorizada na promoção dos festejos juninos. É uma ação destinada à promoção de política pública estruturante, por se tratar de uma forma de proporcionar a salvaguardada de manifestações e grupos populares do interior do Maranhão, que deverão contar com o investimento estadual por meio do repasse a ser realizado para as prefeituras”, declarou a Secretária de Estado da Cultura, Ester Marques.

Critérios

Para formalização do convênio, a Prefeitura, por meio de seus representantes, deve protocolar na Secretaria de Estado da Cultura (Centro Histórico, São Luís), um projeto de aplicação do recurso, devidamente encaminhado junto a documento que demostre intenção de um parlamentar da Assembleia Legislativa em aplicar o recurso disponível.

Além do projeto, devidamente orientado com indicação parlamentar, as Prefeituras devem apresentar habilitação documental exigida, e que se encontra disponível no site da Secretaria de Estado da Cultura: www.cultura.ma.gov.br.

O procedimento de submissão das propostas de convênio pelas Prefeituras pode ser protocolado no horário das 13h30 às 19h.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Em Rosário pura maldade: Empresária é perseguida pela prefeita Irlahi

A prefeita de Rosário Irlahi  Moraes, está perseguindo a empresária Lidiane Oliveira, onde a prefeita mandou construir um muro simplesmente para os frequentadores do seu estabelecimento que fica localizado na praça em frente a prefeitura que pertence a prefeita Irlahi, não frequente o estabelecimento da empresária fechando a passagem  do estabelecimento para ninguém passar  onde a empresária  vende sorvete em frente  a praça um desrespeito para o próximo que trabalha justo.

A empresária rosariense que vende sorvete está trabalhando honestamente e justamente para sustentar sua família e a prefeita ditadora Irlahi, além de não proporcionar geração de emprego e renda na cidade  através do concurso público, fica perseguindo as pessoas onde dona do empreendimento já acionou a prefeita Irlahi, na justiça onde a prefeita  se valoriza de bem público que é da população para realiza ganhos próprios. 
A praça da prefeitura de Rosário foi construída com emenda federal de 500 mil reais onde esse val…

TRAGÉDIA: Funcionário Rosariense terceirizado da Cemar morre eletrocutado em poste na cidade de Axixá.

Tragédia marca o começo do final de semana de setembro na cidade de Axixá. Onde foi registrado um acidente fatal de trabalho, no povoado Ruy Vaz, que aconteceu por volta das 16h00min, na sexta-feira (1º) com um funcionário de uma empresa terceirizada que presta serviço para Cemar na cidade de Rosário, que resultou na morte de um jovem identificado como José Anderson. O acidente de trabalho interrompeu os sonhos do jovem que era morador da cidade de Rosário. Segundo informações, o funcionário realizava um trabalho em uma rede baixa tensão, quando por motivos ainda desconhecidos recebeu uma descarga elétrica, ainda no poste que executava o serviço. José Anderson, era funcionário da empresa terceirizada há apenas uma semana. O gestor regional da Cemar, Demerson, que atende a região do Munim e lençóis maranhense, falou a imprensa localque os procedimentos foram feitos após o acidente. Sendorealizado a descida da vítima, depois o corpo foi encaminhado em uma ambulância para o hospital do mun…

Prefeita de Rosário compra caixões para enterrar toda a população da cidade

A prefeita de Rosário Irlahi Moraes, não  investe na saúde da cidade onde no hospital SESP não tem uma agulha e agora a gestora  pretende  enterrar toda população da cidade literalmente lançando um mau agouro aos Rosariense.
De acordo como mostra o contrato  a prefeita Irlahi, determinou a compra de mais de R$ 280 mil em caixões para defunto,  com a fornecedora Deusimar R. Ferreira, nome de fantasia Pax Nossa Senhora do Rosário. O caso deve gera polêmica e revolta onde a prefeita Irlahi pretende enterrar toda a população como mostra o contrato com a fornecedora.
O caso é parecido com o da ex-prefeita de Bom Jardim, Lidiane Leite, que ficou famosa com o título de prefeita ostentação. Lidiane foi condenada por gastar R$ 130 mil em urnas funerárias… Veja o contrato abaixo: