Pular para o conteúdo principal

Coroadinho vai permanecer com ruas ocupadas por policiais militares

Secretário de Segurança Pública Jefferson Portela acompanha de perto a operação policial nas ruas do Coroadinho
A Operação ‘Coroadinho em Paz’ segue por tempo indeterminado em todas as ruas do bairro com a presença constante das equipes do Batalhão de Choque (BpChoque) e da Companhia Operações Especiais (COE), subordinados ao Comando de Policiamento Especial (CPE), que atuam 24 horas com rondas ostensivas garantindo a tranquilidade da população. 

Uma força tarefa foi montada para combater as práticas criminosas na região. Além dos militares que já atuam na Unidade de Segurança Comunitária (USC) do Coroadinho, equipes do 1º, 6º, 8º e 9º Batalhões de Polícia Militar (BPMs) reforçam o patrulhamento na área. O plantão da Polícia Civil está funcionando dia e noite para registrar as possíveis ocorrências na área. A Secretaria Adjunta de Inteligência da Secretaria de Segurança Pública e o Serviço de Inteligência da Polícia Militar trabalham para identificar e prender os integrantes dos grupos criminosos que assassinaram na última terça-feira (16) um comerciante do bairro, provocando a saída de algumas famílias na rua Vila Natal, local em que ocorreu o crime.

O secretário de Segurança Pública, Jefferson Portela, destacou que a ação no Coroadinho é dividida em duas vertentes: a primeira é para identificar os autores do assassinato do comerciante e a outra é operacional para garantir o direito de ir e vir de cada morador do bairro. “Estamos aqui de forma marcante e sem prazo de encerramento. Investigações e patrulhamento ostensivo estão ocorrendo em todo o bairro. A polícia já identificou os envolvidos no crime que ocorreu na terça-feira e age de forma silenciosa, não podemos revelar os próximos passos da investigação para não atrapalhar a captura dos bandidos”, afirmou o secretário Jefferson.

O comandante geral da Polícia Militar do Maranhão, coronel Marco Antônio Alves, destacou que os policiais realizam vistorias nas casas de moradores para identificar de forma mais rápida os envolvidos no crime e que mais de 40 militares estão nas ruas do bairro. “A tropa destacada para o Coroadinho é formada por 40 homens fortemente armados para assegurar a paz ao cidadão de bem. Vamos ficar o tempo que for necessário, é preciso que a paz se reestabeleça”, disse o coronel Alves.

A dona de casa, Ana Souza, 46 anos, não abandonou sua casa na Vila Natal e afirma se sentir segura com a presença da polícia. “Agora que vejo direto o carro da polícia não vou mais ter medo dos bandidos. Quem mora aqui na rua e nas outras localidades conta com segurança forte e espero que continue assim”, desabafou a moradora.

Prisões realizadas


Incursões em vários pontos do Coroadinho resultaram na prisão de cinco pessoas suspeitas de envolvimento com grupos criminosos e na apreensão de dois adolescentes de 16 e 17. Participaram da ação equipes do Serviço Avançado de Inteligência, Comando Geral da Polícia Militar, homens do Batalhão de Choque (BpChoque), do Comando de Policiamento Especializado (CPE), além de militares das Forças Táticas dos Batalhões da capital.

Em uma das abordagens realizadas na Pocinha, área do Coroadinho, foram detidos Agnaldo Sousa Rodrigues, conhecido como “Pé de boi”, 25 anos; Ítalo Henrique da Silva, 20; José Carlos Vieira Azevedo, o “Cacazinho”, 20. Durante a abordagem policial, os suspeitos Herberth Paulo dos Santos, 20; Enoque Lima Jesus, 23, e dois adolescentes de 16 e 17 anos Martins reagiram a ação policial e dispararam contra os policiais. No confronto, os quatro suspeitos foram atingidos.

Já durante a ação policial na Rua do Muro, Valdenir Ferreira da Silva, Edvan Castro e um homem identificado apenas como “ Nando” tombaram no confronto. De acordo com a PM, eles reagiram à abordagem policial e dispararam contra as guarnições da polícia.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Em Rosário pura maldade: Empresária é perseguida pela prefeita Irlahi

A prefeita de Rosário Irlahi  Moraes, está perseguindo a empresária Lidiane Oliveira, onde a prefeita mandou construir um muro simplesmente para os frequentadores do seu estabelecimento que fica localizado na praça em frente a prefeitura que pertence a prefeita Irlahi, não frequente o estabelecimento da empresária fechando a passagem  do estabelecimento para ninguém passar  onde a empresária  vende sorvete em frente  a praça um desrespeito para o próximo que trabalha justo.

A empresária rosariense que vende sorvete está trabalhando honestamente e justamente para sustentar sua família e a prefeita ditadora Irlahi, além de não proporcionar geração de emprego e renda na cidade  através do concurso público, fica perseguindo as pessoas onde dona do empreendimento já acionou a prefeita Irlahi, na justiça onde a prefeita  se valoriza de bem público que é da população para realiza ganhos próprios. 
A praça da prefeitura de Rosário foi construída com emenda federal de 500 mil reais onde esse val…

TRAGÉDIA: Funcionário Rosariense terceirizado da Cemar morre eletrocutado em poste na cidade de Axixá.

Tragédia marca o começo do final de semana de setembro na cidade de Axixá. Onde foi registrado um acidente fatal de trabalho, no povoado Ruy Vaz, que aconteceu por volta das 16h00min, na sexta-feira (1º) com um funcionário de uma empresa terceirizada que presta serviço para Cemar na cidade de Rosário, que resultou na morte de um jovem identificado como José Anderson. O acidente de trabalho interrompeu os sonhos do jovem que era morador da cidade de Rosário. Segundo informações, o funcionário realizava um trabalho em uma rede baixa tensão, quando por motivos ainda desconhecidos recebeu uma descarga elétrica, ainda no poste que executava o serviço. José Anderson, era funcionário da empresa terceirizada há apenas uma semana. O gestor regional da Cemar, Demerson, que atende a região do Munim e lençóis maranhense, falou a imprensa localque os procedimentos foram feitos após o acidente. Sendorealizado a descida da vítima, depois o corpo foi encaminhado em uma ambulância para o hospital do mun…

Criança morre após negligência médica em Axixá

Uma  criança de   1 ano onze meses perdeu a vida na cidade de Axixá, após negligência médica a mãe Valeria Silva se deslocou até o hospital e Maternidade em Axixá nesta segunda-feira (19),   na busca de atendimento médico para seu filho que se chama Dierlison Ryan, a mãe estava desesperada quando chegou no hospital na hora ser atendida o médico de plantão olhou para criança e alegou que a criança estava era só com sono e para mãe não se preocupa, sendo que a criança estava chorando e mãe falou para o médico que seu filho estava sim passado mal mais médico voltou a dizer que era só sono uma omissão de socorro por parte do médico da cidade.
A mãe não foi atendida no hospital onde o profissional da saúde ser quer examinou a criança para ver se tinha algo a mãe acabou voltando para casa sem atendimento médico, com o seu filho quando chegou em sua casa a  criança não resistiu veio a óbito,  morrendo na casa em plena cama da mãe.

A prefeita de Axixá Sônia vem fazendo uma péssima gestão e se q…