Pular para o conteúdo principal

Governador Flávio Dino lança o programa ‘Água para Todos’ e anuncia investimento de R$ 270 milhões

 Governador Flávio Dino lança o programa ‘Água para Todos’ que beneficiará milhares de maranhenses.
O governador Flávio Dino lançou na manhã desta segunda-feira (15), o programa ‘Água para Todos’ e assegurou R$ 270 milhões para levar água tratada aos lares maranhenses. O programa que foi lançado na sede da Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão (Caema) pretende romper o problema histórico que afeta milhões de maranhenses: a falta d’água.

“Acreditamos que após esses R$ 270 milhões investidos teremos outro panorama neste tema tão agudo, que é o abastecimento de água no estado. Além disso, estamos investindo outros recursos no remanejamento da adutora do Italuís”, explicou o governador Flávio Dino relatando a preocupação com este tema, também nos municípios que integram o programa ‘Mais IDH’. “Destaco aqui a nossa preocupação com a população mais pobre, fazemos questão de garantir os direitos de todas as pessoas e esta é a meta: abastecimento pleno de água na sede dos 30 municípios mais pobres do estado”, afirmou.   

Através do programa ‘Água para Todos’ serão implantados Sistemas Plenos de Abastecimento de Água nos 30 municípios beneficiados com ações do ‘Mais IDH’. O primeiro sistema está previsto para ser inaugurado no município de Primeira Cruz, no próximo dia 20.

“Esses investimentos contemplam ações emergenciais para a população que está em situação mais grave de desabastecimento, como a que reside nos municípios do ‘Mais IDH’. Mas também contemplam a perfuração de seis poços na região central de São Luís, de oito poços no Sistema Paciência, que atende a região da Cohab/Cohatrac, sem contar os investimentos que serão realizados em Imperatriz, serão R$ 20 milhões investidos no biênio 2015/2016 para a segunda maior cidade do estado. Esse programa prevê, ainda, a recuperação de 12 sistemas dos mais sucateados do estado, incluindo cidades importantes como Barreirinhas”, frisou o diretor-presidente da Caema, Davi Telles, explicando os investimentos realizados para garantir o abastecimento de água no Maranhão.

Reforço de Vazão

Vinculada à Secretaria de Estado das Cidades, a Caema pretende por fim ao histórico rodízio de água na capital, em mais do que uma simples reforma, a administração estadual investirá R$ 100 milhões no reforço de vazão do Sistema Italuís, aumentando em 75% o fornecimento de água na Ilha. O que representa mais do que meros paliativos, resolvendo, em definitivo, o problema de intermitência. “Estamos trabalhando para reverter esse quadro que existe há muito tempo, prejudicando a população com a escassez de um bem tão precioso quanto a água. O governo agora tem toda essa disposição, está mostrando que quer fazer, estabeleceu todas as metas e vamos trabalhar para cumprir todas dentro do prazo”, disse a secretária das Cidades, Flávia Alexandrina.

O ‘Água para Todos’ prevê um reforçodevazãodoSistemaItaluís, com a instalaçãode uma         Elevatória Intermediárianaalturado Km 22 da BR-135, dividindo aadutora em doistrechos,         oque  proporcionará um         incremento devazãode   1.000 litros por segundo; o remanejamento da adutora do Italuís; a substituição dos trechos críticos de água de São Luís; o programa de novos poços de São Luís (Região Central e Paciência); o programa de reabilitação de poços da zona rural de São Luís; instalação de sistema pleno de abastecimento de água na sede dos 30 municípios com menor IDH; a perfuração de 23 poços no interior do estado; a reabilitação dos sistemas sucateados do interior; a elaboraçãodeprojetosbásicos e executivos  deáguaeesgoto para atendimento     dademanda de73  sedes municipais;o combate às perdas; e ainda redução progressiva e eliminação do déficit financeiro, com estimativa de aumentodo faturamento da Companhia.


Sistemas Simplificados

O ‘Água para Todos’ também prevê o emprego de R$ 20 milhões para a implantação de 92 sistemas simplificados de abastecimento de água nos 30 municípios do estado com menor IDH. Coordenado pela Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes), o projeto de implantação dos sistemas simplificados ampliará o abastecimento de água nessas cidades, em que apenas 45,7% da população têm acesso à água.

“Dependendo da natureza do município, como na ilha de São Luís, será reforçado o sistema Italuís para melhorar a vazão garantindo mais água à população da ilha. Quanto aos municípios do interior, sobretudo, são poços artesianos. Na Secretaria de Desenvolvimento Social teremos R$ 20 milhões para levar abastecimento para zona rural dos municípios do nosso estado e vamos iniciar pelos 30 municípios de menor IDH do Maranhão”, explicou o secretário Neto Evangelista.

Também estiveram na solenidade o prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Júnior,o presidente da Assembleia Legislativa, Humberto Coutinho, os deputados Marco Aurélio, Eduardo Braide, Levi Pontes e Stênio Rezende, o vereador Pedro Lucas Fernandes e os secretários Bira do Pindaré (Ciência e Tecnologia), Marcelo Tavares (Casa Civil), Gerson Pinheiro (Igualdade Racial) e Julião Amin (Trabalho e Economia Solidária).

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Em Rosário pura maldade: Empresária é perseguida pela prefeita Irlahi

A prefeita de Rosário Irlahi  Moraes, está perseguindo a empresária Lidiane Oliveira, onde a prefeita mandou construir um muro simplesmente para os frequentadores do seu estabelecimento que fica localizado na praça em frente a prefeitura que pertence a prefeita Irlahi, não frequente o estabelecimento da empresária fechando a passagem  do estabelecimento para ninguém passar  onde a empresária  vende sorvete em frente  a praça um desrespeito para o próximo que trabalha justo.

A empresária rosariense que vende sorvete está trabalhando honestamente e justamente para sustentar sua família e a prefeita ditadora Irlahi, além de não proporcionar geração de emprego e renda na cidade  através do concurso público, fica perseguindo as pessoas onde dona do empreendimento já acionou a prefeita Irlahi, na justiça onde a prefeita  se valoriza de bem público que é da população para realiza ganhos próprios. 
A praça da prefeitura de Rosário foi construída com emenda federal de 500 mil reais onde esse val…

TRAGÉDIA: Funcionário Rosariense terceirizado da Cemar morre eletrocutado em poste na cidade de Axixá.

Tragédia marca o começo do final de semana de setembro na cidade de Axixá. Onde foi registrado um acidente fatal de trabalho, no povoado Ruy Vaz, que aconteceu por volta das 16h00min, na sexta-feira (1º) com um funcionário de uma empresa terceirizada que presta serviço para Cemar na cidade de Rosário, que resultou na morte de um jovem identificado como José Anderson. O acidente de trabalho interrompeu os sonhos do jovem que era morador da cidade de Rosário. Segundo informações, o funcionário realizava um trabalho em uma rede baixa tensão, quando por motivos ainda desconhecidos recebeu uma descarga elétrica, ainda no poste que executava o serviço. José Anderson, era funcionário da empresa terceirizada há apenas uma semana. O gestor regional da Cemar, Demerson, que atende a região do Munim e lençóis maranhense, falou a imprensa localque os procedimentos foram feitos após o acidente. Sendorealizado a descida da vítima, depois o corpo foi encaminhado em uma ambulância para o hospital do mun…

Criança morre após negligência médica em Axixá

Uma  criança de   1 ano onze meses perdeu a vida na cidade de Axixá, após negligência médica a mãe Valeria Silva se deslocou até o hospital e Maternidade em Axixá nesta segunda-feira (19),   na busca de atendimento médico para seu filho que se chama Dierlison Ryan, a mãe estava desesperada quando chegou no hospital na hora ser atendida o médico de plantão olhou para criança e alegou que a criança estava era só com sono e para mãe não se preocupa, sendo que a criança estava chorando e mãe falou para o médico que seu filho estava sim passado mal mais médico voltou a dizer que era só sono uma omissão de socorro por parte do médico da cidade.
A mãe não foi atendida no hospital onde o profissional da saúde ser quer examinou a criança para ver se tinha algo a mãe acabou voltando para casa sem atendimento médico, com o seu filho quando chegou em sua casa a  criança não resistiu veio a óbito,  morrendo na casa em plena cama da mãe.

A prefeita de Axixá Sônia vem fazendo uma péssima gestão e se q…