Pular para o conteúdo principal

Governador Flávio Dino e secretários avaliam os seis primeiros meses do Programa ‘Mais IDH’


Governador Flávio Dino ao lado de secretários de Estado e presidentes de órgãos durante reunião de avaliação da primeira do Plano de Ações ‘Mais IDH’

Monitorar ações e projetos para alcançar bons resultados em cada etapa de execução do Plano de Ações ‘Mais IDH’. Esse foi um dos temas da reunião entre o governador Flávio Dino, técnicos e secretários do Governo do Estado sobre os projetos nas áreas da Saúde, Educação, Desenvolvimento Social e Agricultura para os municípios com o menor IDH no Maranhão.

A superação das primeiras metas estabelecidas pelo Mutirão Mais IDH, as ações realizadas pelas secretarias e a importância do acompanhamento permanente das ações foram alguns dos destaques da reunião. “Avaliar as ações do Governo é muito importante. Temos ações concretas já realizadas, que progressivamente elevam a qualidade de vida das pessoas. Esse é um modelo vitorioso que será instituído em outras cidades a partir dos passos concretos nas 30 cidades inicialmente selecionadas”, disse o governador.

O Instituto Maranhense de Estudos Socioeconômicos e Cartográficos (Imesc), utiliza os eixos “Cultura e Turismo”, “Educação”, “Saúde”, “Renda” e “Gestão e Meio Ambiente”, para conhecer, diagnosticar e monitorar a realidade de cada municípios com base nesses aspectos. Até o final de agosto serão apresentados os diagnósticos, os Atlas e os Mapas do ‘Mais IDH’ com informações sobre Saúde, Renda, Meio Ambiente, Educação, Infraestrutura e Gestão das 30 cidades do Plano.

O encontro foi um momento de avaliação e monitoramento dos prazos estabelecidos para as ações nos municípios com menor IDH do estado. O coordenador do Comitê Gestor do Plano de Ações ‘Mais IDH’, Francisco Gonçalves, destacou a importância do encontro e assegurou a concentração de esforços para que o cronograma dos trabalhos continue em plena execução no 2º semestre.

Estavam presentes os secretários estaduais Neto Evangelista (Desenvolvimento Social), Adelmo Soares (Agricultura Familiar), Áurea Prazeres (Educação), Francisco Gonçalves (Direitos Humanos e Participação Popular), Marcelo Tavares (Casa Civil), Flávia Alexandrina (Cidades), Márcio Jerry (Assuntos Políticos e Federativos), Julião Amin (Trabalho), Gerson Pinheiro (Igualdade Racial), o presidente da Caema, Davi Telles e técnicos das secretarias.

Balanço de Ações dos principais projetos do ‘Mais IDH’:

Projeto
Atuação
Status
Força Estadual de Saúde do Maranhão (FESMA)
Ações na área de Atenção Básica, combate à Mortalidade Infantil, Hanseníase, Diabetes, Hipertensão e Mortalidade Materna.
6 equipes de referência estão atuando em 6 municípios do Mais IDH;
Em processo licitatório para contratar a empresa responsável pelo concurso público para os cargos na área da Saúde.
Programa Escola Digna
Substituir as escolas de taipa e barro por prédios de alvenaria.
Foram elaborados projetos executivos para o início das obras; processo licitatório em andamento.

Jornada de Alfabetização (Programa Brasil Alfabetizado)
Execução de Programa de Alfabetização nas salas de aula.
22 municípios do Mais IDH já aderiram ao edital do Programa Brasil Alfabetizado (PBA)
Mobilização pela Alfabetização (Programa “Sim, eu posso”).
Campanha de Alfabetização em 8 municípios do Mais IDH.
Reuniões com os comitês municipais para implantação em agosto.
Cozinhas Comunitárias
Fornecimento de refeições aos moradores dos municípios; espaço para capacitação profissional, ensino de técnicas e cuidados com a alimentação.
Foram elaborados os Termos de Referência para compra de equipamentos, construção e contratação da empresa para fornecer as refeições.
Abastecimento de Água Simplificado
Criação de 92 sistemas de abastecimento de água simplificado para os municípios do Mais IDH.
Selecionadas as comunidades e famílias nos 30 municípios; os terrenos já foram doados; processo de licitação e elaboração de projetos e termos de referências.
Mais Bolsa Família Escola
Benefício que concede R$ 46,00 para as famílias com crianças e jovens em idade escolar ( 4 a 17 anos) para a compra de materiais escolares no mês de janeiro.
Lançamento do Programa; seleção do público beneficiário; estabelecimento de parcerias.
Minha Casa, Meu Maranhão
Construção de 1000 casas em 10 municípios do Mais IDH.
Fase de contratação e licitação para construção das casas nos 10 municípios.
Mais Agricultura Familiar
Formação, capacitação e assistência técnica aos pequenos produtores nos municípios do Mais IDH.
Formação de 118 técnicos para capacitar as famílias beneficiárias.
Abastecimento água tratada com rede plena de distribuição
Fornecer água tratada para os municípios, com instalação de poços que abasteçam os municípios.
Criado o Sistema de Abastecimento no município de Primeira Cruz; iniciadas as visitas de campo; tratativas sobre regularização fundiária dos lotes que serão utilizados nas obras.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Em Rosário pura maldade: Empresária é perseguida pela prefeita Irlahi

A prefeita de Rosário Irlahi  Moraes, está perseguindo a empresária Lidiane Oliveira, onde a prefeita mandou construir um muro simplesmente para os frequentadores do seu estabelecimento que fica localizado na praça em frente a prefeitura que pertence a prefeita Irlahi, não frequente o estabelecimento da empresária fechando a passagem  do estabelecimento para ninguém passar  onde a empresária  vende sorvete em frente  a praça um desrespeito para o próximo que trabalha justo.

A empresária rosariense que vende sorvete está trabalhando honestamente e justamente para sustentar sua família e a prefeita ditadora Irlahi, além de não proporcionar geração de emprego e renda na cidade  através do concurso público, fica perseguindo as pessoas onde dona do empreendimento já acionou a prefeita Irlahi, na justiça onde a prefeita  se valoriza de bem público que é da população para realiza ganhos próprios. 
A praça da prefeitura de Rosário foi construída com emenda federal de 500 mil reais onde esse val…

TRAGÉDIA: Funcionário Rosariense terceirizado da Cemar morre eletrocutado em poste na cidade de Axixá.

Tragédia marca o começo do final de semana de setembro na cidade de Axixá. Onde foi registrado um acidente fatal de trabalho, no povoado Ruy Vaz, que aconteceu por volta das 16h00min, na sexta-feira (1º) com um funcionário de uma empresa terceirizada que presta serviço para Cemar na cidade de Rosário, que resultou na morte de um jovem identificado como José Anderson. O acidente de trabalho interrompeu os sonhos do jovem que era morador da cidade de Rosário. Segundo informações, o funcionário realizava um trabalho em uma rede baixa tensão, quando por motivos ainda desconhecidos recebeu uma descarga elétrica, ainda no poste que executava o serviço. José Anderson, era funcionário da empresa terceirizada há apenas uma semana. O gestor regional da Cemar, Demerson, que atende a região do Munim e lençóis maranhense, falou a imprensa localque os procedimentos foram feitos após o acidente. Sendorealizado a descida da vítima, depois o corpo foi encaminhado em uma ambulância para o hospital do mun…

Prefeita de Rosário compra caixões para enterrar toda a população da cidade

A prefeita de Rosário Irlahi Moraes, não  investe na saúde da cidade onde no hospital SESP não tem uma agulha e agora a gestora  pretende  enterrar toda população da cidade literalmente lançando um mau agouro aos Rosariense.
De acordo como mostra o contrato  a prefeita Irlahi, determinou a compra de mais de R$ 280 mil em caixões para defunto,  com a fornecedora Deusimar R. Ferreira, nome de fantasia Pax Nossa Senhora do Rosário. O caso deve gera polêmica e revolta onde a prefeita Irlahi pretende enterrar toda a população como mostra o contrato com a fornecedora.
O caso é parecido com o da ex-prefeita de Bom Jardim, Lidiane Leite, que ficou famosa com o título de prefeita ostentação. Lidiane foi condenada por gastar R$ 130 mil em urnas funerárias… Veja o contrato abaixo: