Pular para o conteúdo principal

Agora Lascou: Problema em estação da Caema causa dano ao meio ambiente

Lingua Negra passa pela areia e entra no mar da Praia do Calhau 
Um problema em um equipamento na estação elevatória da Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão (Caema), situada no bairro Cohajap, causou um dano grave ao ambiente, registrado por meio das redes sociais e ontem por O Estado . Por causa do problema, resíduos de esgoto da estrutura integrante da rede de saneamento básico da cidade caíram no Rio Calhau, causando um forte odor e uma mancha escura na água, mais precisamente no início da praia do Calhau (na Avenida Litorânea, nas proximidades da área do parquinho).

Segundo a direção da Caema, o problema na estação foi solucionado, ainda na tarde de ontem, o que deverá cessar a partir de hoje o lançamento da sujeira no rio e, em consequência, na orla da cidade.

Segundo técnicos da Secretaria Municipal do Meio Ambiente (Semmam), que estiveram no local ontem, trata-se de um fato conhecido como "língua negra", composto pelo lançamento de resíduos sólidos, oriundos de redes sanitárias de esgoto, em afluentes de rios e lagos e que são despejados no mar. Após averiguarem o local, os técnicos da pasta municipal tiraram fotos e fizeram anotações que deverão constar em um relatório, a ser divulgado nos próximos dias.

Técnicos da Semmam observam a água de esgoto no Rio do Calhau


A Semmam informou ainda que não foi o primeiro registro, este ano, de lançamento de resíduos em rios que desembocam na orla ludovicense. "No início do ano mesmo tivemos denúncia de que um determinado condomínio, localizado nas proximidades, estava despejando esgoto diretamente no mar. Fizemos a averiguação e conseguimos conter o quadro, evitando, naquele momento, um dano maior ao meio ambiente", disse o biólogo Júlio Portela, biólogo da Semmam.

Ainda segundo o biólogo, além de ser um dano à orla, a mancha também se caracteriza por ser prejuízo ao bioma da região. "Por aqui, especialmente nas margens do rio incluido nesta poluição, há manguezais que, sem a fonte necessária para sobrevivência, estão condenados com tanta sujeira", disse.

Apesar dos resíduos sólidos sendo despejados livremente na orla de São Luís, ainda era possível ver banhistas, a poucos metros do local do lançamento dos resíduos. "A gente banha, mas de forma desconfiada. Por outro lado, como estou com o meu grupo de amigos e curtindo alguns dias de folga, não há como não vir aqui e não desfrutar de um banho como esse", disse o estudante Jonatas Oliveira, de 21 anos, natural da cidade de Viana.

SAIBA MAIS

De acordo com a Secretaria Estadual do Meio Ambiente e Recursos Naturais (Sema) - que periodicamente realiza estudos sobre as condições de balneabilidade da orla de São Luís -, todas as praias da cidade estão impróprias para banho. Segundo a pasta, os índices de coliformes fecais (considerando os níveis de água do mar colhida para os testes) estão acima das condições ideais estabelecidas pela legislação. No trecho em que há a "língua negra", ainda está fixada uma placa, instalada pela Sema, em que é informada sobre a interdição da área.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Em Rosário pura maldade: Empresária é perseguida pela prefeita Irlahi

A prefeita de Rosário Irlahi  Moraes, está perseguindo a empresária Lidiane Oliveira, onde a prefeita mandou construir um muro simplesmente para os frequentadores do seu estabelecimento que fica localizado na praça em frente a prefeitura que pertence a prefeita Irlahi, não frequente o estabelecimento da empresária fechando a passagem  do estabelecimento para ninguém passar  onde a empresária  vende sorvete em frente  a praça um desrespeito para o próximo que trabalha justo.

A empresária rosariense que vende sorvete está trabalhando honestamente e justamente para sustentar sua família e a prefeita ditadora Irlahi, além de não proporcionar geração de emprego e renda na cidade  através do concurso público, fica perseguindo as pessoas onde dona do empreendimento já acionou a prefeita Irlahi, na justiça onde a prefeita  se valoriza de bem público que é da população para realiza ganhos próprios. 
A praça da prefeitura de Rosário foi construída com emenda federal de 500 mil reais onde esse val…

TRAGÉDIA: Funcionário Rosariense terceirizado da Cemar morre eletrocutado em poste na cidade de Axixá.

Tragédia marca o começo do final de semana de setembro na cidade de Axixá. Onde foi registrado um acidente fatal de trabalho, no povoado Ruy Vaz, que aconteceu por volta das 16h00min, na sexta-feira (1º) com um funcionário de uma empresa terceirizada que presta serviço para Cemar na cidade de Rosário, que resultou na morte de um jovem identificado como José Anderson. O acidente de trabalho interrompeu os sonhos do jovem que era morador da cidade de Rosário. Segundo informações, o funcionário realizava um trabalho em uma rede baixa tensão, quando por motivos ainda desconhecidos recebeu uma descarga elétrica, ainda no poste que executava o serviço. José Anderson, era funcionário da empresa terceirizada há apenas uma semana. O gestor regional da Cemar, Demerson, que atende a região do Munim e lençóis maranhense, falou a imprensa localque os procedimentos foram feitos após o acidente. Sendorealizado a descida da vítima, depois o corpo foi encaminhado em uma ambulância para o hospital do mun…

Criança morre após negligência médica em Axixá

Uma  criança de   1 ano onze meses perdeu a vida na cidade de Axixá, após negligência médica a mãe Valeria Silva se deslocou até o hospital e Maternidade em Axixá nesta segunda-feira (19),   na busca de atendimento médico para seu filho que se chama Dierlison Ryan, a mãe estava desesperada quando chegou no hospital na hora ser atendida o médico de plantão olhou para criança e alegou que a criança estava era só com sono e para mãe não se preocupa, sendo que a criança estava chorando e mãe falou para o médico que seu filho estava sim passado mal mais médico voltou a dizer que era só sono uma omissão de socorro por parte do médico da cidade.
A mãe não foi atendida no hospital onde o profissional da saúde ser quer examinou a criança para ver se tinha algo a mãe acabou voltando para casa sem atendimento médico, com o seu filho quando chegou em sua casa a  criança não resistiu veio a óbito,  morrendo na casa em plena cama da mãe.

A prefeita de Axixá Sônia vem fazendo uma péssima gestão e se q…