Pular para o conteúdo principal

Deputada diz que Gil Cutrim, presidente da FAMEM deve entrar na justiça para custeio aos hospitais de 20 leitos

Deputada Andrea Murad volta a  cobrar  manutenção do governo de hospitais 20 leitos 
Nesta quinta-feira (27), a deputada Andrea Murad (PMDB) voltou a cobrar a manutenção do governo para os hospitais de 20 leitos que estão presentes em 44 municípios maranhenses. A preocupação se intensificou com as declarações do Secretário de Estado da Saúde, Marcos Pacheco, durante reunião com prefeitos e secretários municipais de saúde, que disse não saber o que fazer com os hospitais. "Aí as pessoas me perguntam: o que vc vai fazer com os hospitais de 20 leitos? Eu sei lá pô! Quem tem que dizer o que vai ser feito é a regional, não sou eu", declarou o gestor. A deputada sugeriu a intervenção da FAMEM para que o diálogo avance e os hospitais sejam mantidos. 

"Espero que o Presidente da FAMEM, o Gil Cutrim, assuma essa bandeira, que ele realmente represente os prefeitos, porque a maioria está insatisfeita com a proposta do Secretário Márcio Jerry e do Secretário Marcos Pacheco. Os hospitais de 20 leitos são uma grande conquista para o povo, não são para os prefeitos, não são para os políticos, são uma grande conquista para o povo maranhense. Enquanto o Governador Flávio Dino quer fechar os hospitais, o povo quer que eles estejam abertos atendendo a população nos seus municípios. Então, acho que o Presidente da FAMEM, o Gil Cutrim, deve lutar pelas causas dos prefeitos e não do governo. Eu realmente vou estar aqui na torcida para que o Gil Cutrim faça aquilo que ele foi eleito para fazer, que é defender os municípios maranhenses", discursou.

Para a deputada Andrea Murad, cada município merece ter seu próprio hospital e que a proposta do conglomerado, com o objetivo de ratear a saúde nas regiões, onde cada município vai oferecer um tipo de serviço, não tem a aprovação dos prefeitos que ainda se sentiram forçados a aderir à Portaria nº 113, que trata de repasses dos recursos de acordo com o número de habitantes e atendimentos, considerado pela deputada com o valor abaixo do necessário.

"Isso fica muito claro que o Governo do Estado não tem o menor interesse em manter os hospitais que foram feitos nos municípios. Tanta luta, tanto trabalho e o Governo acha que os municípios não devem ter os seus hospitais. Aí disse que poderia dar uma ajuda através da Portaria nº 113, só que ele diminui os repasses, ao mesmo tempo em que ele diz “eu sei lá, pô, o que eu vou fazer”. Quer dizer que a população não merece ter um hospital funcionando na sua cidade porque o Governo entende que não precisa, porque para o Governo basta um hospital regional e estaria tudo resolvido", disse Andrea Murad.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Prefeita de Rosário compra caixões para enterrar toda a população da cidade

A prefeita de Rosário Irlahi Moraes, não  investe na saúde da cidade onde no hospital SESP não tem uma agulha e agora a gestora  pretende  enterrar toda população da cidade literalmente lançando um mau agouro aos Rosariense.
De acordo como mostra o contrato  a prefeita Irlahi, determinou a compra de mais de R$ 280 mil em caixões para defunto,  com a fornecedora Deusimar R. Ferreira, nome de fantasia Pax Nossa Senhora do Rosário. O caso deve gera polêmica e revolta onde a prefeita Irlahi pretende enterrar toda a população como mostra o contrato com a fornecedora.
O caso é parecido com o da ex-prefeita de Bom Jardim, Lidiane Leite, que ficou famosa com o título de prefeita ostentação. Lidiane foi condenada por gastar R$ 130 mil em urnas funerárias… Veja o contrato abaixo:


Três pessoas são presas durante megaoperação contra pedofilia em Rosário, São Luís e Paço do Lumiar

A Polícia Civil do Maranhão deflagrou na manhã desta sexta-feira (20), a operação ‘Luz na Infância’ que tem como objetivo apurar crimes de exploração sexual e pedofilia contra crianças e adolescentes. Estão sendo cumpridos quatro mandados de busca e apreensão nos municípios de São Luís, Rosário e Paço do Lumiar. Três pessoas foram presas. Os alvos da operação foram identificados por meio de um levantamento de informações da Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp) e a Embaixada dos Estados Unidos no Brasil. Com base nas informações e evidências coletadas em ambientes virtuais, foi instaurado um inquérito policial que resultou nos mandados de busca e apreensão emitidos pelo Poder Judiciário. A operação visa apreender computadores e dispositivos onde estão armazenados conteúdos de pedofilia infantil. As investigações estão sendo realizadas há seis meses e a ação envolve 1.100 policiais. Em São Luís, no bairro Santa Cruz, foi preso o músico Oziel Franklin Estrela Gomes e o agente …

Prefeitura de Rosário serve duas espigas de milho cruas para alunos em escola.

Os pais de alunos da escola municipal Maria da Mercês  Teixeira localizada no bairro Cidade Nova em Rosário, estão revoltados com a prefeita Irlahi Moraes, vários país  entraram em contato com o blog para denunciar que as crianças  da escola municipal  estão lanchando duas espigas  de milho onde muitas crianças ficam com fome.

A revolta do país é tão grande que as espigas de  milho até cruas estão sendo servidas na escola da rede municipal  de Rosário "Isso é uma vergonha uma maldade para com as crianças que estão passando fome na escola, como pode se servir duas espigas de milhos cruas para um criança que precisa  de uma merenda adequada de qualidade isso é uma vergonha um desrespeito" desabafa uma mãe ao blog .

A mãe que denunciou esse desrespeito da prefeita Irlahi mandou um vídeo que está rolando nas redes Sociais de uma outra mãe que está  revoltada para mostrar a veracidade do desrespeito que está acontecendo na escola Municipal Maria Mercês Teixeira.
A merenda tem que se…