Pular para o conteúdo principal

Suposto esquema de corrupção na Saúde Pública do Estado do Maranhão gera crise no governo e agora Flávio Dino que mudança é essa?

Genésio afirmar que a demissão de sua esposa se deu após ela ter denunciado suposto esquema no Hemomar,Márcio Jerry ficou calado sobre a denuncia e Rosângela Curado foi citada no envolvimento de esquema de propinagem na Saúde pública do Estado
O superintendente de Articulação Regional em Pinheiro, Luciano Genésio, acabou desmascarado em relação ao caso do seu rompimento com Flávio Dino.

Chateado pela demissão da esposa, Thayza Hortegal, do Hemomar, ele chegou a confirmar a sua saída do Governo. Horas depois, negou tudo por meio de nota.

Mas acabou confrontado com a publicação de uma conversa, pelo WhatsApp, com o blogueiro Luis Pablo em que confirmava o rompimento.

Grave

Na conversa, Genésio foi enfático ao afirmar que a demissão de sua esposa se deu após ela ter denunciado suposto esquema no Hemomar.

Ele afirmou que a delação foi feita ao secretário de Assuntos Políticos, Marcio Jerry, e assegurou que o comunista não havia tomado nenhuma providência.

As perguntas que ficam no ar: qual seria o esquema no Hemomar? Flávio Dino foi informado da denúncia? Por que o silêncio de Marcio Jerry? E qual o motivo do recuo de Genésio?

A  exoneração repentina de Rosângela Curado (PDT), como Secretária Adjunta da Secretaria de Estado da Saúde – SES e a saída de Taíza Hortegal, do Centro de Hemoterapia – Hemomar, esposa do suplente de Deputado Estadual Luciano Genésio (PSDB), abre um precedente muito grande e indagações que apenas o secretário de articulação política pode responder.

AS ACUSAÇÕES DE LUCIANO GENÉSIO DEVEM SER INVESTIGADAS PELO MINISTÉRIO PÚBLICO E O SECRETÁRIO MÁRCIO JERRY DEVE SER CONVIDADO / CONVOCADO, NO MÍNIMO, NA ASSEMBLEIA LEGISLATIVA PARA ESCLARECER ESTAS ACUSAÇÕES.

Segundo fontes do blog Genésio anunciou seu afastamento ontem (29) do  governo, em entrevista em TV na cidade de Pinheiro mas disse que iria romper com governador Flávio Dino. Disse ainda que decidiu se afastar por insatisfação de não ter sido reconhecido como aliado de primeira hora “Fiquei na expectativa de ser nomeado secretário no primeiro escalão do Governo Flávio Dino. Por que quando você olha para o passado, você ver quem realmente foram seus amigos. E o que vejo hoje é um governo ontem têm secretários que nunca suaram a camisa. São técnicos? são, é opção de fazer um governo técnico. Mas eu nunca vi levantar uma bandeira na rua, eu nunca vi fazer um calo no pé, eu nunca vi gastar o último centavo do seu bolso e botar na campanha como eu fiz nas duas eleições, gastando do meu dinheiro em todas as duas eleições e levando o nome do governador”, desabafou Luciano.

VEJA ABAIXO, A CONVERSA DO SUPERINTENDENTE DO GOVERNO DINO, EM UMA REDE SOCIAL.




Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Em Rosário pura maldade: Empresária é perseguida pela prefeita Irlahi

A prefeita de Rosário Irlahi  Moraes, está perseguindo a empresária Lidiane Oliveira, onde a prefeita mandou construir um muro simplesmente para os frequentadores do seu estabelecimento que fica localizado na praça em frente a prefeitura que pertence a prefeita Irlahi, não frequente o estabelecimento da empresária fechando a passagem  do estabelecimento para ninguém passar  onde a empresária  vende sorvete em frente  a praça um desrespeito para o próximo que trabalha justo.

A empresária rosariense que vende sorvete está trabalhando honestamente e justamente para sustentar sua família e a prefeita ditadora Irlahi, além de não proporcionar geração de emprego e renda na cidade  através do concurso público, fica perseguindo as pessoas onde dona do empreendimento já acionou a prefeita Irlahi, na justiça onde a prefeita  se valoriza de bem público que é da população para realiza ganhos próprios. 
A praça da prefeitura de Rosário foi construída com emenda federal de 500 mil reais onde esse val…

TRAGÉDIA: Funcionário Rosariense terceirizado da Cemar morre eletrocutado em poste na cidade de Axixá.

Tragédia marca o começo do final de semana de setembro na cidade de Axixá. Onde foi registrado um acidente fatal de trabalho, no povoado Ruy Vaz, que aconteceu por volta das 16h00min, na sexta-feira (1º) com um funcionário de uma empresa terceirizada que presta serviço para Cemar na cidade de Rosário, que resultou na morte de um jovem identificado como José Anderson. O acidente de trabalho interrompeu os sonhos do jovem que era morador da cidade de Rosário. Segundo informações, o funcionário realizava um trabalho em uma rede baixa tensão, quando por motivos ainda desconhecidos recebeu uma descarga elétrica, ainda no poste que executava o serviço. José Anderson, era funcionário da empresa terceirizada há apenas uma semana. O gestor regional da Cemar, Demerson, que atende a região do Munim e lençóis maranhense, falou a imprensa localque os procedimentos foram feitos após o acidente. Sendorealizado a descida da vítima, depois o corpo foi encaminhado em uma ambulância para o hospital do mun…

Prefeita de Rosário compra caixões para enterrar toda a população da cidade

A prefeita de Rosário Irlahi Moraes, não  investe na saúde da cidade onde no hospital SESP não tem uma agulha e agora a gestora  pretende  enterrar toda população da cidade literalmente lançando um mau agouro aos Rosariense.
De acordo como mostra o contrato  a prefeita Irlahi, determinou a compra de mais de R$ 280 mil em caixões para defunto,  com a fornecedora Deusimar R. Ferreira, nome de fantasia Pax Nossa Senhora do Rosário. O caso deve gera polêmica e revolta onde a prefeita Irlahi pretende enterrar toda a população como mostra o contrato com a fornecedora.
O caso é parecido com o da ex-prefeita de Bom Jardim, Lidiane Leite, que ficou famosa com o título de prefeita ostentação. Lidiane foi condenada por gastar R$ 130 mil em urnas funerárias… Veja o contrato abaixo: