Pular para o conteúdo principal

Rodoviários dão 30 dias para SSP reduzir os assaltos a coletivos em São Luís

Reunião realizada na Secretaria de Segurança Publica
O Sindicato dos Rodoviários do Maranhão deu prazo de 30 dias, contados a partir de hoje, 15, para que a Secretaria de Segurança Pública do Estado do Maranhão (SSP) tome providências para diminuir os índices de assaltos a coletivos em São Luís. O acordo foi firmado, na tarde de ontem, entre representantes dos motoristas e cobradores de ônibus de São Luís e membros da cúpula de segurança do estado.
Após estes 30 dias, vamos novamente nos reunir para avaliar as estratégias adotadas e ver o que é preciso fazer para diminuir estes índices de assaltos na Grande Ilha”Isaias Castelo Branco, presidente do Sindicato dos Rodoviários do Maranhão
Durante o encontro, que reuniu também membros do comando da Polícia Militar do Maranhão (PM), foi apresentada uma série de medidas que serão adotadas, entre elas, a intensificação da força tarefa, com a colocação de barreiras policiais em pontos estratégicos, além do policiamento embarcado. “Após estes 30 dias, vamos novamente nos reunir para avaliar as estratégias adotadas e ver o que é preciso fazer para diminuir estes índices de assaltos na Grande Ilha”, disse o presidente do Sindicato dos Rodoviários do Maranhão, Isaias Castelo Branco.
Também presente ao encontro, o novo comandante da PM do Maranhão, José Frederico Pereira, informou a O Estado que, após assumir o posto, o que deverá acontecer na segunda-feira, dia 18, em ato no quartel da PM, irá se reunir com os responsáveis pelos comandos para a adoção das ações de segurança. “O que podemos garantir à população é que iniciamos nossa jornada como muita luta e dedicação, em prol do melhor para os cidadãos. Vamos tomar as medidas necessárias para evitar esta violência”, disse.
De acordo com dados do Sindicato dos Rodoviários, somente nos primeiros 13 dias deste ano, foram registrados 13 assaltos a coletivos na cidade, o que dá uma média exata de uma ocorrência deste tipo por dia. Ainda segundo a entidade, somente no ano passado, no primeiro mês do ano, foram registrados 43 assaltos a ônibus na capital maranhense.
Tragédia no Turu
Marciléia Furtado, de 34 anos, quebrou o pescoço ao se jogar pela janela de um coletivo que faz a linha Alto do Turu, para fugir de bandidos que haviam invadido o ônibus na noite de quarta-feira, 13, a vítima estava voltando do trabalho quando dois assaltantes, que teriam entrado no coletivo no Terminal da Integração da Cohab, e um terceiro que teve acesso ao ônibus em uma parada, nas proximidades da Maternidade Marly Sarney, na Cohab, anunciaram o assalto no momento em o ônibus chegava à Avenida Principal do Alto do Turu. Motivados pelo medo, os cerca de 20 passageiros que ainda estavam no coletivo, começaram a pular pela janela do ônibus. Marciléia Furtado, ao pular, acabou batendo a cabeça no chão, quebrando o pescoço.
Os Socorristas do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) ainda foram acionados, mas encontraram a passageira morta. O corpo dela foi removido para o Instituto Médico Legal (IML), para pericia e em seguida foi levado para o Município de Santa Helena, onde foi sepultado no cemitério do povoado Olho d’Água da Caema. Marciléia Furtado trabalhava em uma clínica e tinha dois filhos menores de idade.
O tenente Kleber, disse que após a passageira cair no chão os assaltantes exigiram que o motorista levasse o veículo para um terreno baldio, conhecido como Limpão, no Parque Jair, onde concluíram o assalto. Eles levaram o dinheiro da renda e os objetos de valor dos passageiros e em seguida fugiram.
O caso foi registrado no plantão de Polícia Civil do Cohatrac. O delegado plantonista Walber Braga afirmou que a passageira foi vítima de um latrocínio, ou seja, roubo seguido de morte e vai encaminhar o caso para o 20º Distrito Policial, no Parque Vitória. “Ela cometeu esse ato pelo fato de que seria assaltada e acabou morrendo. Os bandidos colocaram a arma de fogo na cabeça do motorista e levaram os pertences das pessoas que estavam no ônibus”, explicou o delegado.


OEstado 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Criança morre após negligência médica em Axixá

Uma  criança de   1 ano onze meses perdeu a vida na cidade de Axixá, após negligência médica a mãe Valeria Silva se deslocou até o hospital e Maternidade em Axixá nesta segunda-feira (19),   na busca de atendimento médico para seu filho que se chama Dierlison Ryan, a mãe estava desesperada quando chegou no hospital na hora ser atendida o médico de plantão olhou para criança e alegou que a criança estava era só com sono e para mãe não se preocupa, sendo que a criança estava chorando e mãe falou para o médico que seu filho estava sim passado mal mais médico voltou a dizer que era só sono uma omissão de socorro por parte do médico da cidade.
A mãe não foi atendida no hospital onde o profissional da saúde ser quer examinou a criança para ver se tinha algo a mãe acabou voltando para casa sem atendimento médico, com o seu filho quando chegou em sua casa a  criança não resistiu veio a óbito,  morrendo na casa em plena cama da mãe.

A prefeita de Axixá Sônia vem fazendo uma péssima gestão e se q…

MP notificou a prefeita Irlahi e Calvet Filho por campanhas irregulares e crimes eleitorais; Irlahi ainda responde por Showmício

Rosário-MA: Dois candidatos a prefeitos de Rosário foram notificados na Justiiça Eleitoral pelo Ministério Público, devido a irregularidade em suas campanhas e até crimes eleitorais.  As notificações foram assinadas pela juíza eleitoral Karine Lopes de Castro da 18ª Zona Eleitoral-MA.

Contra Irlahi Moraes (PMDB) pesa a representação Nº 795-46.2016.6.10.0094 e contra Calvet Filho (PSDB) a N° 746-31.2016.10.6.10.0094. É importante ressaltar que eles podem recorrer, mas por se tratar de ações ingressadas pelo próprio MP é bem possível que sejam punidos. Nos bastidores políticos já é esperado que ambas campanhas recebam multas pesadas.


Irlahi Moraes desde a sua convenção tem atropelado todos os protocolos eleitorais, por exemplo: realizando caminhada no dia da sua convenção pelas ruas da cidade a distâncias superiores a 100 metros do local do evento. Já Calvet Filho ates mesmo da eleição já fazia propaganda irregular desafiando a Justiça Eleitoral com comícios, carros adesivados com propaga…

Empresária morre após ser baleada durante assalto e populares pedem justiça e querem invadir a delegacia de Rosário e linchar os assassinos.

Empresária Adilce Silva  dona da academia Espaço Fitness  morreu após ser baleada durante um assalto na noite   deste domingo (21) .   De acordo com informações a vítima estava na padaria da família que fica localizada na rua Benedito Leite no centro de Rosário, quando foi abordada pelos dois criminosos que são menores de idade. Segundo informações Adilce  e familiares entregaram os celulares e os pertences mais mesmo assim um dos criminosos atirou na empresária um absurdo um ato de crueldade com uma pessoa de bem um dos criminoso chegaram aponta a arma para uma criança de 4 anos sendo que a criança neto de Adilce .
A empresaria foi levada ao hospital SESP mais não resistiu Adilce Silva era casada com Zondeck Anceles que é irmão do gestor da regional da saúde de Rosário Willame Anceles. a empresaria Adilce é um símbolo do mundo fitness e na cidade e região.
Os bandidos foram presos e a população cercou a delegacia e  a população esta revoltada e pedindo justiça.
A violência to…