Pular para o conteúdo principal

Edilázio aponta insatisfação de base do Governo com declarações de Jerry

O primeiro secretário da Assembleia Legislativa, deputado Edilázio Júnior (PV), rechaçou a postura do secretário de Comunicação e Articulação Política, Marcio Jerry (PCdoB) em relação aos deputados estaduais – sobretudo governistas -, que reclamam da não liberação das emendas parlamentares.

Ele destacou uma nota, da coluna Estado Maior do fim de semana, que trata do tema. Edilázio lembrou que nos bastidores, Jerry afirma que a “zanga” dos deputados vai passar quando o Governo “liberar parte dos que eles esperam”.

“Meus colegas, aqui o todo poderoso do governo do estado simplesmente nos trata, nesta Casa, como prostitutas. Isso ele fala em alto e bom som. Nós temos que tomar uma atitude aqui nesta Casa, deputado Wellington do Curso, e acabar com isso. Nós temos que ser respeitados”, disse.

Edilázio avaliou como de amplo desgaste a relação entre Flávio Dino e a classe política no Maranhão. “Ele [Marcio Jerry] fala isso em público, em uma entrevista, dizendo que na hora que pagar parte acaba a zanga dos deputados. Ora, se ele fala isso em uma entrevista, se ele fala isso em público, imagine nas quatro paredes daquele palácio o que ele não fala e não comenta com o governador, o que esses secretários não falam desta Casa. Nunca o Maranhão teve um governador que tanto desprestigiou a classe política”, disse.

“Já virou moda secretário falar o que quer de parlamentar aqui. Foi assim já o secretário de Segurança, já foi assim o secretário de Infraestrutura e agora o secretário Márcio Jerry tratando com desdém todos os colegas aqui nesta Casa”, completou.

Edilázio também avaliou como causa do isolamento político de Dino, o insucesso na administração pública. E criticou a forma com a qual o comunista se reportou à classe política no último sábado.

“O próprio governador Flávio Dino, ainda no sábado, disse que aqueles que pulam do barco no momento de transição, os primeiros que pulam são os ratos, isso ele falou se referindo aos que um dia foram Dilma e hoje são Temer. De cara, ele atinge dois terços desta Casa que aqui pediram voto para Lobão Filho. Sabe como é que ele enxerga todos que pediram voto para Lobão Filho e agora estão lá no Palácio pedindo ajuda para o Estado do Maranhão? Ele enxerga como ratos”, completou.

Perseguição – O parlamentar também afirmou que a partir do momento em que o governador Flávio Dino rejeita o pagamento de emenda de deputados de oposição, ele acaba prejudicando a população.

“O governador Flávio Dino, quando não paga a emenda de um parlamentar, não está perseguindo o deputado Edilázio, ele está perseguindo o povo do Maranhão. As minhas emendas têm mais de seis ambulâncias, coisa que ele não está fornecendo para os municípios. Quando morre uma pessoa lá em São Vicente de Ferrer por falta de uma ambulância, ele não perseguiu o deputado Edilázio, ele perseguiu aquele cidadão que perdeu a vida”, completou.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Criança morre após negligência médica em Axixá

Uma  criança de   1 ano onze meses perdeu a vida na cidade de Axixá, após negligência médica a mãe Valeria Silva se deslocou até o hospital e Maternidade em Axixá nesta segunda-feira (19),   na busca de atendimento médico para seu filho que se chama Dierlison Ryan, a mãe estava desesperada quando chegou no hospital na hora ser atendida o médico de plantão olhou para criança e alegou que a criança estava era só com sono e para mãe não se preocupa, sendo que a criança estava chorando e mãe falou para o médico que seu filho estava sim passado mal mais médico voltou a dizer que era só sono uma omissão de socorro por parte do médico da cidade.
A mãe não foi atendida no hospital onde o profissional da saúde ser quer examinou a criança para ver se tinha algo a mãe acabou voltando para casa sem atendimento médico, com o seu filho quando chegou em sua casa a  criança não resistiu veio a óbito,  morrendo na casa em plena cama da mãe.

A prefeita de Axixá Sônia vem fazendo uma péssima gestão e se q…

MP notificou a prefeita Irlahi e Calvet Filho por campanhas irregulares e crimes eleitorais; Irlahi ainda responde por Showmício

Rosário-MA: Dois candidatos a prefeitos de Rosário foram notificados na Justiiça Eleitoral pelo Ministério Público, devido a irregularidade em suas campanhas e até crimes eleitorais.  As notificações foram assinadas pela juíza eleitoral Karine Lopes de Castro da 18ª Zona Eleitoral-MA.

Contra Irlahi Moraes (PMDB) pesa a representação Nº 795-46.2016.6.10.0094 e contra Calvet Filho (PSDB) a N° 746-31.2016.10.6.10.0094. É importante ressaltar que eles podem recorrer, mas por se tratar de ações ingressadas pelo próprio MP é bem possível que sejam punidos. Nos bastidores políticos já é esperado que ambas campanhas recebam multas pesadas.


Irlahi Moraes desde a sua convenção tem atropelado todos os protocolos eleitorais, por exemplo: realizando caminhada no dia da sua convenção pelas ruas da cidade a distâncias superiores a 100 metros do local do evento. Já Calvet Filho ates mesmo da eleição já fazia propaganda irregular desafiando a Justiça Eleitoral com comícios, carros adesivados com propaga…

Rosário:IRLAHI Moraes a nova prefeita ostentação do MA

O retrato verdadeiro do contraste social acontece no município de Rosário, de um lado o descaso e o desprezo com a população. E do outro lado, muita ostentação e curtição. Quem conhece a cidade de Rosário pode sentir na pele a falta de compromisso da atual gestão, comandada pela prefeita de Rosário Irlahi Moraes, com a precariedade da saúde, a falta de infraestrutura nos bairros da cidade  e nos povoados, as estradas na zona rural sem manutenção, falta de água em muitos povoados sem falar da água suja sem qualidade nos povoados.


Como se não bastasse todo esse caos e em plena crise administrativa que passa Rosário mostra que tem bastante dinheiro em caixa, pelo menos pra ostentar. A prefeita Irlahi Moraes foi flagrado  ostentando na companhia do Namorado o ex-deputado estadual Pedro Vasconcelos e família, numa  luxuosa Lancha no Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses com toda a família. O brasil desabando, o município sem dinheiro para pagar os fornecedores a saúde um caos, Irlahi viaj…