Pular para o conteúdo principal

Campeonato Maranhense pode chegar ao fim com um escândalo envolvendo recursos do Governo do Estado


O Campeonato Maranhense de Futebol pode chegar ao fim na próxima quarta-feira (03 de maio) e para que isto ocorra basta o Cordino vencer a partida contra o Sampaio, times que empataram neste sábado (29) na primeira partida pelo título de campeão do segundo turno. Como conquistou o primeiro turno, se o Cordino ganhar também o segundo será declarado campeão da temporada.

Este jogo deve merecer atenção especial do Ministério Público, Tribunal de Contas do Estado e outras instituições que zelam pela boa aplicação do dinheiro público e direitos do consumidor, pois pode ser o único com transmissão pela TV, embora o Governo do Estado tenha liberado R$ 900 mil para esse tipo de cobertura ao longo da competição. Como ainda é uma possibilidade ( a emissora ainda não dá como certeza), o campeonato pode acabar sem transmissão pela televisão, o que pode colocar em suspeição o relacionamento entre o Governo do Estado e a TV Difusora (SBT), emissora que teria vencido o direito de transmitir os jogos junto à Federação Maranhense de Futebol (FMF).

Para que o leitor entenda o caso, vale lembrar que em fevereiro o governador Flávio Dino (PCdoB) liberou R$ 1,8 milhão para ajudar o Campeonato Maranhão. R$ 900 mil seriam partilhados entre os oito clubes e a outra metade para cobrir os custos de transmissão pela TV. Apesar de a TV Guará ter sido a emissora oficial do ano passado, desta vez os direitos foram dados à Difusora, arrendada pelo deputado Wewerton Rocha (PDT), que até agora não mostrou uma partida sequer, por isto desperta curiosidade saber como será feita a prestação de contas deste convênio.

A partida ainda depende de uma decisão do Tribunal de Justiça Desportiva, que deve julgar, terça-feira (02), as ações de Imperatriz e Moto, que podem modificar a decisão da disputa, mas desde já fica o alerta de que este poderá ser um dos maiores golpes dados com dinheiro público usado para patrocinar futebol. Leia reportagem em Maranhão Hoje.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Em Rosário pura maldade: Empresária é perseguida pela prefeita Irlahi

A prefeita de Rosário Irlahi  Moraes, está perseguindo a empresária Lidiane Oliveira, onde a prefeita mandou construir um muro simplesmente para os frequentadores do seu estabelecimento que fica localizado na praça em frente a prefeitura que pertence a prefeita Irlahi, não frequente o estabelecimento da empresária fechando a passagem  do estabelecimento para ninguém passar  onde a empresária  vende sorvete em frente  a praça um desrespeito para o próximo que trabalha justo.

A empresária rosariense que vende sorvete está trabalhando honestamente e justamente para sustentar sua família e a prefeita ditadora Irlahi, além de não proporcionar geração de emprego e renda na cidade  através do concurso público, fica perseguindo as pessoas onde dona do empreendimento já acionou a prefeita Irlahi, na justiça onde a prefeita  se valoriza de bem público que é da população para realiza ganhos próprios. 
A praça da prefeitura de Rosário foi construída com emenda federal de 500 mil reais onde esse val…

TRAGÉDIA: Funcionário Rosariense terceirizado da Cemar morre eletrocutado em poste na cidade de Axixá.

Tragédia marca o começo do final de semana de setembro na cidade de Axixá. Onde foi registrado um acidente fatal de trabalho, no povoado Ruy Vaz, que aconteceu por volta das 16h00min, na sexta-feira (1º) com um funcionário de uma empresa terceirizada que presta serviço para Cemar na cidade de Rosário, que resultou na morte de um jovem identificado como José Anderson. O acidente de trabalho interrompeu os sonhos do jovem que era morador da cidade de Rosário. Segundo informações, o funcionário realizava um trabalho em uma rede baixa tensão, quando por motivos ainda desconhecidos recebeu uma descarga elétrica, ainda no poste que executava o serviço. José Anderson, era funcionário da empresa terceirizada há apenas uma semana. O gestor regional da Cemar, Demerson, que atende a região do Munim e lençóis maranhense, falou a imprensa localque os procedimentos foram feitos após o acidente. Sendorealizado a descida da vítima, depois o corpo foi encaminhado em uma ambulância para o hospital do mun…

Criança morre após negligência médica em Axixá

Uma  criança de   1 ano onze meses perdeu a vida na cidade de Axixá, após negligência médica a mãe Valeria Silva se deslocou até o hospital e Maternidade em Axixá nesta segunda-feira (19),   na busca de atendimento médico para seu filho que se chama Dierlison Ryan, a mãe estava desesperada quando chegou no hospital na hora ser atendida o médico de plantão olhou para criança e alegou que a criança estava era só com sono e para mãe não se preocupa, sendo que a criança estava chorando e mãe falou para o médico que seu filho estava sim passado mal mais médico voltou a dizer que era só sono uma omissão de socorro por parte do médico da cidade.
A mãe não foi atendida no hospital onde o profissional da saúde ser quer examinou a criança para ver se tinha algo a mãe acabou voltando para casa sem atendimento médico, com o seu filho quando chegou em sua casa a  criança não resistiu veio a óbito,  morrendo na casa em plena cama da mãe.

A prefeita de Axixá Sônia vem fazendo uma péssima gestão e se q…