Pular para o conteúdo principal

Jornal revela que Flávio Dino pode ser alvo da Polícia Federal

O governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), é colocado na lista de possíveis alvo da Polícia Federal. Foi o que divulgou na edição desta quarta-feira, 17, do jornal Folha de São Paulo. Além de Dino, outros oito governadores também estarão nessa lista que será encaminhada pela Procuradoria Geral da República ao Superior Tribunal de Justiça (STJ).
Segundo notícia da Folha, os governadores que estão na lista da PGR são Beto Richa (PSDB-PR), Luiz Fernando Pezão (PMDB-RJ), Fernando Pimentel (PT-MG), Flávio Dino (PCdoB-MA), Geraldo Alckmin (PSDB-SP), Marcelo Miranda (PMDB-TO), Raimundo Colombo (PSD-SC), Marconi Perillo (PSDB-GO) e Paulo Hartung (PMDB-ES).
Segundo a reportagem, os ministros do STJ aguardam a lista que será encaminhada pelo vice-procurador da República, Bonifácio Andrada, responsável por assuntos remetidos ao STJ. Além do pedido de abertura de inquérito, ainda de acordo com reportagem da Folha, há até pedidos de prisão temporária ou de suspensão de mandatos envolvendo os governadores.
Os documentos ainda não chegaram ao STJ porque a PGR aguardava posição do Supremo Tribunal Federal (STF) sobre a necessidade de autorização das Assembleias Legislativas para abrir investigação contra governadores. Os ministros do STF definiram que não há tal necessidade, o que abriu caminho para o pedido de investigação de governadores citados em delação de executivos da Odebrecht.
Maranhão – O governador Flávio Dino é posto na lista como possível investigado do STJ porque em delação do ex-executivo da Odebrecht, José Filho, o comunista é acusado de ter recebido R$ 200 mil para contribuir positivamente em tramitação de projeto de lei de interesse da empreiteira.
O valor dado a Dino (cujo nome na lista da empresa era Cuba) foi destinado para a campanha eleitoral de 2010.
O governador nega que tenha recebido qualquer dinheiro da Odebrecht e apresentou documento da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara dos Deputados mostrando que não chegou a relatar a proposta de interessa da empreiteira.
A justificativa de Dino chamou mais atenção pela data de emissão. Ele pediu o documento em 17 de março deste ano. No entanto, a lista com citado na delação e também com os pedidos de investigação da PRG somente foram divulgados em 12 de abril.
O comunista alega que devido a boatos que vinham sendo divulgados em vários meios de comunicação, pediu antecipadamente a certidão a Câmara.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Moradora do povoado de São Miguel leva água suja para a prefeita Irlahi beber e depois a esculhamba

A prefeita de Rosário Irlahi Moraes (PMDB), foi esculhambada durante uma reunião realizada na terça-feira passada (14), em Casa Grande no povoado de São Miguel, segundo uma fonte que estava na reunião uma mulher conhecida como Rosa na hora do discurso da prefeita Irlahi no povoado entregou um presente para a prefeita embrulhado em um papel de presente quando a prefeita Irlahi Moraes, totalmente sorridente desembrulhou o presente viu que  era um litro de água que continha uma  água totalmente suja imprópria para o consumo a fisionomia da prefeita de Rosário Irlahi mudou quando os moradores do povoado gritaram para a prefeita Irlahi beber a água suja que estava no litro mais a prefeita recusou beber a água suja.
A moradora Rosa do povoado de São Miguel soltou o verbo e disse "olha isso Prefeita Irlahi está água que nós tomamos aqui no povoado uma água suja, imprópria para o consumo sem tratamento  a senhora abandonou o povoado de São Miguel e a resposta virá nas urnas no mês de outu…

MP notificou a prefeita Irlahi e Calvet Filho por campanhas irregulares e crimes eleitorais; Irlahi ainda responde por Showmício

Rosário-MA: Dois candidatos a prefeitos de Rosário foram notificados na Justiiça Eleitoral pelo Ministério Público, devido a irregularidade em suas campanhas e até crimes eleitorais.  As notificações foram assinadas pela juíza eleitoral Karine Lopes de Castro da 18ª Zona Eleitoral-MA.

Contra Irlahi Moraes (PMDB) pesa a representação Nº 795-46.2016.6.10.0094 e contra Calvet Filho (PSDB) a N° 746-31.2016.10.6.10.0094. É importante ressaltar que eles podem recorrer, mas por se tratar de ações ingressadas pelo próprio MP é bem possível que sejam punidos. Nos bastidores políticos já é esperado que ambas campanhas recebam multas pesadas.


Irlahi Moraes desde a sua convenção tem atropelado todos os protocolos eleitorais, por exemplo: realizando caminhada no dia da sua convenção pelas ruas da cidade a distâncias superiores a 100 metros do local do evento. Já Calvet Filho ates mesmo da eleição já fazia propaganda irregular desafiando a Justiça Eleitoral com comícios, carros adesivados com propaga…

Rosário:IRLAHI Moraes a nova prefeita ostentação do MA

O retrato verdadeiro do contraste social acontece no município de Rosário, de um lado o descaso e o desprezo com a população. E do outro lado, muita ostentação e curtição. Quem conhece a cidade de Rosário pode sentir na pele a falta de compromisso da atual gestão, comandada pela prefeita de Rosário Irlahi Moraes, com a precariedade da saúde, a falta de infraestrutura nos bairros da cidade  e nos povoados, as estradas na zona rural sem manutenção, falta de água em muitos povoados sem falar da água suja sem qualidade nos povoados.


Como se não bastasse todo esse caos e em plena crise administrativa que passa Rosário mostra que tem bastante dinheiro em caixa, pelo menos pra ostentar. A prefeita Irlahi Moraes foi flagrado  ostentando na companhia do Namorado o ex-deputado estadual Pedro Vasconcelos e família, numa  luxuosa Lancha no Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses com toda a família. O brasil desabando, o município sem dinheiro para pagar os fornecedores a saúde um caos, Irlahi viaj…