Pular para o conteúdo principal

Vereadores cobram da SSP, mas esquecem de cobrar ações da Prefeitura de Rosário e o contrato de 200 mil do videomonitoramento que não saiu do papel

A população de Rosário que mais segurança mais os vereadores omissos continuam enganado a população sendo voz da prefeita Irlahi e o Estado continua sendo omisso. 
Os vereadores de Rosário não estão fazendo o seu papel que é reivindicar melhorias para população Rosariense  tanto nas áreas da saúde quando na infraestrutura e na segurança os vereadores não estão fiscalização nada a prefeita de Rosário Irlahi está deitando e rolando onde vereadores  estão sim sento a voz da prefeita de Rosário como mostra um contrato  feito pela  PREFEITURA MUNICIPAL DE ROSÁRIO/MA SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO-SEMAD. OBJETO Videomonitoramento Urbano, AMPARO LEGAL: inciso V Art. 24, Lei Federal 8.666/93 e suas Posteriores alterações e Proposta de Preços MODALIDADE: Pregão Presencial Nº 11/2014/CPL, Empresa CONTRATADA: R. P. RAMOS SERVIÇOS - ME CNPJ Nº 14.884.962/0001-65. O valor de R$: 182.296,80 (cento e oitenta e dois mil duzentos e noventa e seis reais e oitenta centavos). Vigência: 12 (doze) meses.ROSÁRIO (MA), 17 de fevereiro de 2014.CONTRATANTE: Alanna Abreu Calumbi, Secretária Municipal de Administração.


O blog e povo rosariense quer saber cadê as câmeras de videomonitoramento do projeto de Lei n° 011/2013, de autoria do vereador Pedrosa Filho Necó, discutido e aprovado em 2013 pela câmara Municipal de Rosário e sancionado recentemente pela Prefeita Irlahi Linhares Moraes, resulta na instalação de câmeras de monitoramento em diversas ruas e avenidas do município de Rosário, como prevê o objetivo do projeto que agora se tornou Municipal será que dinheiro sumiu foi para no bolso os recursos para segurança do povo rosariense.A instalação do equipamento eletrônico que nunca saiu papel poderia exercer ainda um efeito intimidativo sobre aqueles que se inclinam á pratica de atos infracionais, cumprindo assim, uma finalidade preventiva, possibilitando ainda a identificação de criminosos que por ventura venham a praticar atos delituosos na cidade.

Uma comitiva formada por 11 vereadores de Rosário,  e a Prefeita Irlahi na tarde desta segunda (05), foram  na sede da secretaria estadual de segurança Pública e foram cobra do governo do Estado através do secretário de Segurança o senhor Jefferson Portela mais segurança na cidade mais só esqueceram também de cobrar o contrato de quase 200 mil do videomonitoramento que nunca saiu do papel como Rosário como pode ter segurança em Rosário  se governo do Estado e a Prefeitura de Rosário e câmara municipal  são omissos.

Onde está o concurso público municipal que não sai do papel para aumentar a Guarda Municipal de Rosário onde que a prefeita deu condições de trabalho para os guardas municipais  para dar segurança para população Rosariense nunca amigos leitores.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Em Rosário pura maldade: Empresária é perseguida pela prefeita Irlahi

A prefeita de Rosário Irlahi  Moraes, está perseguindo a empresária Lidiane Oliveira, onde a prefeita mandou construir um muro simplesmente para os frequentadores do seu estabelecimento que fica localizado na praça em frente a prefeitura que pertence a prefeita Irlahi, não frequente o estabelecimento da empresária fechando a passagem  do estabelecimento para ninguém passar  onde a empresária  vende sorvete em frente  a praça um desrespeito para o próximo que trabalha justo.

A empresária rosariense que vende sorvete está trabalhando honestamente e justamente para sustentar sua família e a prefeita ditadora Irlahi, além de não proporcionar geração de emprego e renda na cidade  através do concurso público, fica perseguindo as pessoas onde dona do empreendimento já acionou a prefeita Irlahi, na justiça onde a prefeita  se valoriza de bem público que é da população para realiza ganhos próprios. 
A praça da prefeitura de Rosário foi construída com emenda federal de 500 mil reais onde esse val…

TRAGÉDIA: Funcionário Rosariense terceirizado da Cemar morre eletrocutado em poste na cidade de Axixá.

Tragédia marca o começo do final de semana de setembro na cidade de Axixá. Onde foi registrado um acidente fatal de trabalho, no povoado Ruy Vaz, que aconteceu por volta das 16h00min, na sexta-feira (1º) com um funcionário de uma empresa terceirizada que presta serviço para Cemar na cidade de Rosário, que resultou na morte de um jovem identificado como José Anderson. O acidente de trabalho interrompeu os sonhos do jovem que era morador da cidade de Rosário. Segundo informações, o funcionário realizava um trabalho em uma rede baixa tensão, quando por motivos ainda desconhecidos recebeu uma descarga elétrica, ainda no poste que executava o serviço. José Anderson, era funcionário da empresa terceirizada há apenas uma semana. O gestor regional da Cemar, Demerson, que atende a região do Munim e lençóis maranhense, falou a imprensa localque os procedimentos foram feitos após o acidente. Sendorealizado a descida da vítima, depois o corpo foi encaminhado em uma ambulância para o hospital do mun…

Prefeita de Rosário compra caixões para enterrar toda a população da cidade

A prefeita de Rosário Irlahi Moraes, não  investe na saúde da cidade onde no hospital SESP não tem uma agulha e agora a gestora  pretende  enterrar toda população da cidade literalmente lançando um mau agouro aos Rosariense.
De acordo como mostra o contrato  a prefeita Irlahi, determinou a compra de mais de R$ 280 mil em caixões para defunto,  com a fornecedora Deusimar R. Ferreira, nome de fantasia Pax Nossa Senhora do Rosário. O caso deve gera polêmica e revolta onde a prefeita Irlahi pretende enterrar toda a população como mostra o contrato com a fornecedora.
O caso é parecido com o da ex-prefeita de Bom Jardim, Lidiane Leite, que ficou famosa com o título de prefeita ostentação. Lidiane foi condenada por gastar R$ 130 mil em urnas funerárias… Veja o contrato abaixo: