Pular para o conteúdo principal

Professores de São Luís entram em greve e prefeito Edivaldo não abre negociação

Foram 60 dias aguardando uma posição da Prefeitura de São Luís, mas não houve nenhum diálogo e os professores acabaram entrando em greve nesta terça-feira (1). Aprovada ainda em junho durante Assembleia da categoria, os educadores aguardavam que o prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT) e o secretário Moacir Feitosa (PTC), pudessem negociar para impedir a paralisação que vai prejudicar milhares de crianças ludovicenses.
Moacir Feitosa que também é professor foi sempre um dos defensores do cumprimento do piso salarial dos docentes. Porém este ano, o secretário pede apenas paciência para a oferta de 0% de reajuste, ou seja, nem a compensação das perdas inflacionárias estão sendo ofertadas. O reajuste é lei, garantindo pela Lei do piso, e se baseia no mínimo…
Mas não é só por causa do salário que os professores protestam, a greve foi deflagrada também por conta da falta de  infraestrutura das escolas. Dezenas Unidades Básicas de Ensino estão caindo aos pedaços ou funcionando precariamente, as reformas caminham a passos lentos e o prefeito Edivaldo Holanda Júnior finge que tá tudo bem.

Ao invés de sentar e negociar com os professores, uma vez que ele já foi eleito Prefeito Amigo da Criança, Edivaldo prefere atacar e se trancar em seu gabinete. Holanda Júnior prefere colocar sua mídia alinhada para jogar a população contra os professores que estão reivindicando seus direitos.
Afinal, professor sem valorização e sem estrutura, não tem como oferecer uma boa educação para as crianças, adolescentes e todos aqueles que necessitam do sistema público de educação de São Luís.
A sociedade precisa reagir contra esse governo que tenta menosprezar e inferiorizar aqueles que vão proporcionar o futuro. Enquanto isso, Edivaldo Holanda Júnior segue ganhando o segundo maior salário de prefeito do Brasil: R$26 mil.

Por Diego Emir

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Prefeita de Rosário fica desesperada com 10 mil pessoas em caminhada e agride Willame Anceles.( Veja os Vídeos)

O gestor da Regional de saúde de Rosário Willame Anceles,  mostra força e Arrasta  uma multidão nesta tarde de quinta-feira 20,  em apoio aos candidatos, o deputado estadual Hélio Soares e o candidato a deputado federal  Josimar de Maranhãozinho. Cerca de   10 mil pessoas participaram da grande caminhada que começou as 17 horas na Praça do Coqueiro e tomou conta das ruas de Rosário.





A população rosariense abraçou os candidatos do ex-vereador Willame Anceles, e a população rosariense  foram em peso para  caminhada, deixando a prefeita de Rosário Irlahi Moares, descontrolada e desesperada, partindo para cima dos moradores  da Cidade Nova, querendo barrar o ônibus que iria para grande  caminhada de Hélio Soares candidato a deputado estadual  e Josimar candidato deputado federal.


A parti triste da tarde foi  a prefeita  Irlahi, que  agrediu o ex-vereador Willame Anceles,  onde rasgou a sua camisa toda  em um ato de fúria descontrolada.  A gestora  desesperada Irlahi, acabou levando  vaias d…

Prefeita de Rosário compra caixões para enterrar toda a população da cidade

A prefeita de Rosário Irlahi Moraes, não  investe na saúde da cidade onde no hospital SESP não tem uma agulha e agora a gestora  pretende  enterrar toda população da cidade literalmente lançando um mau agouro aos Rosariense.
De acordo como mostra o contrato  a prefeita Irlahi, determinou a compra de mais de R$ 280 mil em caixões para defunto,  com a fornecedora Deusimar R. Ferreira, nome de fantasia Pax Nossa Senhora do Rosário. O caso deve gera polêmica e revolta onde a prefeita Irlahi pretende enterrar toda a população como mostra o contrato com a fornecedora.
O caso é parecido com o da ex-prefeita de Bom Jardim, Lidiane Leite, que ficou famosa com o título de prefeita ostentação. Lidiane foi condenada por gastar R$ 130 mil em urnas funerárias… Veja o contrato abaixo:


Três pessoas são presas durante megaoperação contra pedofilia em Rosário, São Luís e Paço do Lumiar

A Polícia Civil do Maranhão deflagrou na manhã desta sexta-feira (20), a operação ‘Luz na Infância’ que tem como objetivo apurar crimes de exploração sexual e pedofilia contra crianças e adolescentes. Estão sendo cumpridos quatro mandados de busca e apreensão nos municípios de São Luís, Rosário e Paço do Lumiar. Três pessoas foram presas. Os alvos da operação foram identificados por meio de um levantamento de informações da Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp) e a Embaixada dos Estados Unidos no Brasil. Com base nas informações e evidências coletadas em ambientes virtuais, foi instaurado um inquérito policial que resultou nos mandados de busca e apreensão emitidos pelo Poder Judiciário. A operação visa apreender computadores e dispositivos onde estão armazenados conteúdos de pedofilia infantil. As investigações estão sendo realizadas há seis meses e a ação envolve 1.100 policiais. Em São Luís, no bairro Santa Cruz, foi preso o músico Oziel Franklin Estrela Gomes e o agente …