Pular para o conteúdo principal

Em São Luís: Julgamento de recurso contra Edivaldo Júnior é adiado novamente

 
Pedido de vistas do juiz Eduardo Moreira levou ao adiamento do julgamento da ação de Eduardo Braide contra o prefeito de São Luís
O julgamento do recurso do deputado Eduardo Braide (PMN) contra o prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Júnior (PDT) foi suspenso mais uma vez. Na sessão da terça-feira, 12, o juiz Eduardo Moreira pediu vistas do processo.
Antes desse pedido, o relator do recurso eleitoral, desembargador Ricardo Duailibe, votou pela improcedência do pedido de Braide. Já votaram com o relator os magistrados Sebastião Bonfim e Kátia Coelho.
Votou a favor do pedido de Eduardo Braide o juiz Ricardo Macieira, que pediu para que o processo retorne para a Justiça de 1º grau.
Faltam votar Eduardo Moreira e Daniel Blume. A previsão é de que na próxima sessão, quinta-feira, 15, o julgamento do recurso contra o prefeito seja concluído.
Ação - Após ser derrotado no segundo turno da eleição de outubro do ano passado, Eduardo Braide entrou com ação acusando Edivaldo Júnior de abuso de poder político, econômico e de excessos no uso de emissora de rádio e televisão durante a campanha.
A ação foi indeferida pela juiz de base Ana Célia Santana. Ao decidir sobre o caso, a magistrada entendeu que a ação não poderia prosperar porque o parlamentar teria deixado “de incluir no polo passivo da lide, na qualidade de litisconsorte necessário, os agentes públicos apontados na inicial como envolvidos nos fatos anunciados”.
Os “liticonsortes”, segundo a magistrada, seriam os deputados Weverton Rocha (PDT) e Rogério Cafeteira (PSB) e o secretário de Estado da Comunicação e Assuntos Políticos, Márcio Jerry (PCdoB) – todos entrevistados pela Difusora um dia antes do segundo turno da eleição – e jornalistas e funcionários da emissora que participaram das entrevistas.
No recurso ao TRE, a defesa de Eduardo Braide sustenta que não havia necessidade de incluir todos esses agentes na ação: os funcionários porque apenas cumpriam sua obrigação profissional e os deputados e o secretário porque manifestaram opinião.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Prefeita de Rosário fica desesperada com 10 mil pessoas em caminhada e agride Willame Anceles.( Veja os Vídeos)

O gestor da Regional de saúde de Rosário Willame Anceles,  mostra força e Arrasta  uma multidão nesta tarde de quinta-feira 20,  em apoio aos candidatos, o deputado estadual Hélio Soares e o candidato a deputado federal  Josimar de Maranhãozinho. Cerca de   10 mil pessoas participaram da grande caminhada que começou as 17 horas na Praça do Coqueiro e tomou conta das ruas de Rosário.





A população rosariense abraçou os candidatos do ex-vereador Willame Anceles, e a população rosariense  foram em peso para  caminhada, deixando a prefeita de Rosário Irlahi Moares, descontrolada e desesperada, partindo para cima dos moradores  da Cidade Nova, querendo barrar o ônibus que iria para grande  caminhada de Hélio Soares candidato a deputado estadual  e Josimar candidato deputado federal.


A parti triste da tarde foi  a prefeita  Irlahi, que  agrediu o ex-vereador Willame Anceles,  onde rasgou a sua camisa toda  em um ato de fúria descontrolada.  A gestora  desesperada Irlahi, acabou levando  vaias d…

Prefeita de Rosário compra caixões para enterrar toda a população da cidade

A prefeita de Rosário Irlahi Moraes, não  investe na saúde da cidade onde no hospital SESP não tem uma agulha e agora a gestora  pretende  enterrar toda população da cidade literalmente lançando um mau agouro aos Rosariense.
De acordo como mostra o contrato  a prefeita Irlahi, determinou a compra de mais de R$ 280 mil em caixões para defunto,  com a fornecedora Deusimar R. Ferreira, nome de fantasia Pax Nossa Senhora do Rosário. O caso deve gera polêmica e revolta onde a prefeita Irlahi pretende enterrar toda a população como mostra o contrato com a fornecedora.
O caso é parecido com o da ex-prefeita de Bom Jardim, Lidiane Leite, que ficou famosa com o título de prefeita ostentação. Lidiane foi condenada por gastar R$ 130 mil em urnas funerárias… Veja o contrato abaixo:


Prefeitura de Rosário serve duas espigas de milho cruas para alunos em escola.

Os pais de alunos da escola municipal Maria da Mercês  Teixeira localizada no bairro Cidade Nova em Rosário, estão revoltados com a prefeita Irlahi Moraes, vários país  entraram em contato com o blog para denunciar que as crianças  da escola municipal  estão lanchando duas espigas  de milho onde muitas crianças ficam com fome.

A revolta do país é tão grande que as espigas de  milho até cruas estão sendo servidas na escola da rede municipal  de Rosário "Isso é uma vergonha uma maldade para com as crianças que estão passando fome na escola, como pode se servir duas espigas de milhos cruas para um criança que precisa  de uma merenda adequada de qualidade isso é uma vergonha um desrespeito" desabafa uma mãe ao blog .

A mãe que denunciou esse desrespeito da prefeita Irlahi mandou um vídeo que está rolando nas redes Sociais de uma outra mãe que está  revoltada para mostrar a veracidade do desrespeito que está acontecendo na escola Municipal Maria Mercês Teixeira.
A merenda tem que se…