domingo, 17 de junho de 2012

Rosário: Acusado de homicídio é condenado a 17 anos de prisão

Após 15 horas de julgamento, no Plenário do Tribunal Júri, realizado na Câmara dos Vereadores de Rosário, o réu Bernardo Martins foi condenado a 17 anos de reclusão, em regime fechado. Bernardo foi julgado pelo crime de homicídio duplamente qualificado, ocorrido na madrugada de 25 de outubro de 2009, próximo ao Hospital do Sesp, em Rosário, vitimando Rafael Correa Santos.

De acordo com a polícia, Rafael Santos foi assassinado com três tiros de revólver calibre 38, por volta das 3h, quando saiu da Fundação Nacional de Saúde, no Hospital do Sesp. O crime teria sido motivado devido à vítima ter se envolvido em uma briga com quatro pessoas. Rafael estava saindo do hospital com a cabeça enfaixada, quando foi surpreendido por homens que estavam à sua espera em um veículo Fiat vermelho.

Segundo as investigações, os suspeitos, ao notarem que Rafael seguia com destino à sua casa, jogaram farol alto, quando Bernardo se aproximou e efetuou um disparo no pescoço da vítima, que ao cair no chão foi atingida por mais dois tiros e morreu no local.

O crime gerou grande repercussão no município de Rosário, e somente na última quinta-feira (14), o principal acusado Bernardo Martins foi condenado a 17 anos de reclusão em regime inicialmente fechado, a ser cumprido no Complexo Penitenciário de Pedrinhas. A decisão foi proferida pela juíza de Direito e presidente do Tribunal do Júri Popular, Rosângela Santos Prazeres Macieira. No julgamento, que teve como autor o Ministério Público, esteve presente a promotora de Justiça de Rosário, Elisabeth Albuquerque Sousa Mendonça, e o advogado de acusação, Hilton Barbosa Goiabeira.

A magistrada Rosângela Santos Prazeres Macieira decretou a prisão do sentenciado e negou o direito de responder em liberdade, e ainda condenou Bernardo Martins ao pagamento das custas contratuais.


Postar um comentário

Vereadores de Rosário se calam sobre suposto elefante Branco na BR- 402

A população de Rosário até agora não engoliu a obra meia boca do Portal da Cidade na  BR 402,  de mais de meio milhão de reais, uma obra ...